Introdução ao desenvolvimento em Windows Phone - Revista .NET Magazine 103

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Neste artigo serão apresentados os novos recursos no Windows Phone, falando sobre sua integração ao Xbox e Windows 8, o diferencial do visual em relação aos seus concorrentes e o que é necessário para iniciar o desenvolvimento.

Artigo do tipo Tutorial
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre novidades.
Introdução ao desenvolvimento em Windows Phone
Neste artigo serão apresentados os novos recursos no Windows Phone, falando sobre sua integração ao Xbox e Windows 8, o diferencial do visual em relação aos seus concorrentes e o que é necessário para iniciar o desenvolvimento, desde a criação da conta na Microsoft até a publicação de um aplicativo.


Em que situação o tema é útil

Este tema é útil para desenvolvedores que ainda desconhecem o Windows Phone e estão interessados em explorar o mercado mobile, visto que o artigo falará sobre os principais conceitos sobre a plataforma do mesmo.

Após muito investimento da Microsoft finalmente o desenvolvimento para Windows Phone está enchendo os olhos de muitos desenvolvedores, lançado no dia 21 de outubro de 2010 para concorrer diretamente com o IOS e Android o Windows Phone ao contrário do que muitos pensam, não é uma continuação do Windows Mobile. Entrando em completa ruptura com as antigas versões, a Microsoft tem agora o foco direto no mercado consumidor, apresentando uma nova interface gráfica.

O principal foco da Microsoft no Windows Phone é a personalização do aparelho, tornando-o bem pessoal e com uma identidade visual distinta para cada usuário. Por isso, temos as Live Tiles, que garantem que o usuário esteja sempre atualizado e conectado com as coisas que mais lhe interessam que vão desde os textos e fotos publicados pelos amigos nas redes sociais, até o horário de sua próxima reunião.

Recursos

Os recursos e experiências dos usuários variam de acordo com o idioma, localidade, operadora, fabricante de hardware, modelo de aparelho e a versão do sistema. Alguns dos recursos do Windows Phone são: Exibição do teclado na tela em diversas línguas, sugestão inteligente de palavras (o Windows Phone passa a aprender o que o usuário mais digita), músicas, vídeos e podcasts, pesquisa direta no Bing, pesquisa local, pesquisa visual e por voz, mapas, controle por voz, conexão com rede e serviços Xbox Live.

O Windows Phone tem várias aplicações nativas excelentes como gerenciador de fotos integrado com as redes sociais, Facebook e Windows Live, agenda de contatos e calendário, sistema de mapas, localização via GPS, Navegador Internet Explorer, Xbox Live e MarketPlace.

Os usuários do Facebook e Windows Live Messenger sentirão a facilidade da utilização do sistema, pois os contatos de ambas as redes sociais são sincronizados no dispositivo e associados na agenda de contatos, unindo fotos, e-mail e todos os dados possíveis.

Figura 1. Integração do Xbox, com o Windows Phone e o Windows 8.

Para conectar o Windows Phone ao Xbox, o usuário deve fazer o download de um aplicativo chamado SmartGlass, disponível gratuitamente na Store do Windows Phone. Para que a conexão seja efetuada com sucesso o perfil no Xbox e no Windows Phone devem ser configurados e assim será possível acessar o Xbox e controlá-lo através do Windows Phone, no caso da Figura 1 temos uma ilustração de uma conexão ao Xbox Music, que é um serviço anunciado pela Microsoft para concorrer com o iTunes, sendo uma biblioteca musical para acessar tanto no console, quanto no computador e no smartphone.

Live Tiles e Templates do Windows Phone

Figura 2. Nokia Lumia com o Windows Phone 8 mostrando a nova tela inicial com as live tiles personalizáveis.

A visão da Microsoft é que o Windows Phone deve ser intensamente pessoal. Ao ligar o aparelho o usuário deve visualizar exatamente o que é do seu interesse, o que ele faz o que ele gosta e o seu dia a dia. Para causar este impacto a Microsoft reinventou a tela inicial para permitir uma maior personalização. Os Live Tiles, disponíveis em três tamanhos, são blocos dinâmicos que atualizam informações constantemente sobre o que está acontecendo no “seu mundo”, como mostra a Figura 2.

Figura 3. Template Panorama do Windows Phone mostrando o Market place

O Windows Phone possui dois tipos de templates padrões que são o Pivot e o Panorama, apesar de serem muito parecidos eles possuem objetivos bem diferentes. O Panorama como mostra a Figura 3, tem o objetivo de apresentar o aplicativo ao usuário. O controle do panorama é composto pelo Panorama Control e pelos PanoramaItems, sendo que cada Item do Panorama representa um segmento da tela que possuirá parte das informações do aplicativo. Já o pivot organiza o conteúdo da aplicação de forma com que fique uma sequência de instruções para ao usuário, como mostrado na Figura 4.

Para compreender esta diferença podemos citar, por exemplo, um aplicativo que seria o menu de um restaurante iniciando com uma tela panorâmica, ficaria uma bela apresentação de todas as opções de pratos e bebidas do restaurante em um aplicativo, e ao escolher o prato a montagem do mesmo seria feita através do template Pivot, em que o usuário escolheria o acompanhamento, molhos e a bebida de sua refeição.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?