Guia Introdução à Programação

Introdução ao VisuAlg

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (9)  (0)

Veja neste artigo uma breve apresentação da ferramenta VisuAlg, um editor e interpretador de pseudocódigos escritos em português estruturado, bastante utilizado por quem está aprendendo lógica de programação.

Sobre VisuAlg

É uma ferramenta na qual pode-se simular pseudocódigos, podemos dizer que é a interpretação de uma linguagem algorítmica, utilizando comandos e instruções em Português para representar as ações dos algoritmos, também conhecida como Portugol ou Português Estruturado.

O Portugol é uma versão portuguesa dos pseudocódigos que são realizados nos exemplos dos livros de introdução à programação ou lógica.

Instalação VisuAlg

Primeiramente devemos baixar o programa no link abaixo e seguir os passos demonstrados neste artigo.

http://www.baixaki.com.br/download/visualg.htm

Após baixar o arquivo execute-o.

Tela de apresentação clique em Avançar

Figura 1: Tela de apresentação clique em “Avançar”

src="http://videos.web-03.net/artigos/Thiago_Varallo/Introducao_VisuAlg/Introducao_VisuAlg2.jpg" alt="Caminho da instalação – clique em Avançar">

Figura 2: Caminho da instalação – clique em Avançar


Instalação de Componentes – clique em Avançar

Figura 3: Instalação de Componentes – clique em Avançar


Nome do grupo, pode editar ou deixar padrão – clique em Avançar

Figura 4: Nome do grupo, pode editar ou deixar padrão – clique em Avançar


Tarefas Adicionais – clique em Avançar

Figura 5: Tarefas Adicionais – clique em Avançar


Confirmação das configurações – clique em Instalar

Figura 6: Confirmação das configurações – clique em Instalar

Conclusão da Instalação – clique em Concluir

Figura 7: Conclusão da Instalação – clique em Concluir

A Tela Principal

Tela Principal do VisuAlg

Figura 8: Tela Principal do VisuAlg

Barra de Tarefas Padrão

Local onde tem os comandos mais utilizados, sendo possível acessá-los pelo menu ou pelos atalhos do teclado.

Barra de Tarefas

Figura 9: Barra de Tarefas

Teclas de Atalho

Abrir (Ctrl-A): Abre um arquivo anteriormente gravado, substituindo o texto presente no editor.

Novo (Ctrl-N): Cria um novo "esqueleto", substituindo o texto presente no editor.

Salvar (Ctrl-S): Grava o texto presente no editor, na primeira vez que um novo texto é gravado, é requisitado um nome e a localização para salvar o arquivo.

Imprimir(Ctrl+P): Imprime na impressora padrão o texto presente no editor. Para configurar a impressão, use o comando Imprimir do menu.

Cortar (Ctrl-X): Apaga texto selecionado, armazenando-o em uma área de transferência.

Copiar (Ctrl-C): Copia o texto selecionado para a área de transferência.

Colar (Ctrl-V): Copia o texto da área de transferência para o local em que está o cursor.

Gravar bloco de texto: Permite a gravação em arquivo de um texto selecionado no editor. A extensão sugerida para o nome do arquivo é .inc.

Inserir bloco de texto: Permite a inserção do conteúdo de um arquivo. A extensão sugerida para o nome do arquivo é .inc.

Desfazer (Ctrl-Z): Desfaz último comando efetuado.

Refazer (Shift-Ctrl-Z): Refaz último comando desfeito.

Localizar (Ctrl-L): Localiza no texto presente no editor determinada palavra especificada.

Substituir (Ctrl-U): Localiza no texto presente no editor determinada palavra especificada, substituindo-a por outra.

Corrigir Indentação (Ctrl-G): Corrige automaticamente a identação (formatação) do pseudocódigo, tabulando.

Numerar linhas: Ativa ou desativa a exibição dos números das linhas na área à esquerda do editor. A linha e a coluna do editor em que o cursor está em um determinado momento também são mostradas na barra de status .

Mostrar variáveis modificadas: Ativa ou desativa a exibição da variável que está sendo modificada.

Restaurar tela inicial: Retorna a divisão da tela ao formato inicial, caso você tenha mudado o tamanho da área do editor de texto, quadro de variáveis ou simulador de saída.

Barra de Tarefas para desenvolvimento

Botões para desenvolvimento

Figura 10: Botões para desenvolvimento

Executar (F9): Inicia (ou continua) a execução automática do pseudocódigo.

Executar com timer (Shift-F9): Insere um atraso que pode ser especificado no intervalo ao lado antes da execução de cada linha.

Intervalo do timer: Atrasa cada linha quando deseja executar o pseudocódigo com timer.

Passo (F8): Inicia ou continua a execução linha por linha do pseudocódigo, dando ao usuário a oportunidade de acompanhar o fluxo de execução, os valores das variáveis e a pilha de ativação dos subprogramas.

Parar (Ctrl-F2): Termina a execução do pseudocódigo.

Liga/desliga breakpoint (F5): Insere/remove um ponto de parada na linha em que esteja o cursor. Estes pontos de parada são úteis para a depuração e acompanhamento da execução dos pseudopseudocódigos.

Desmarcar todos os breakpoints (Ctrl-F5): Desativa todos os breakpoints que estejam ativados naquele momento.

Executar em modo DOS: Com esta opção ativada, tanto a entrada como a saída padrão passa a ser uma janela que imita o DOS, simulando a execução de um programa neste ambiente.

Gerar valores aleatórios: Ativa a geração de valores aleatórios que substituem a digitação de dados. A faixa padrão de valores gerados é de 0 a 100, mas pode ser modificada, basta alterar intervalo ao lado.

Intervalo dos valores aleatórios: Faixa de valores que serão gerados automaticamente, quando esta opção estiver ativada.

Perfil (F7): Após a execução de um pseudopseudocódigo, exibe o número de vezes que cada uma das suas linhas foi executada. É útil para a análise de eficiência (por exemplo, nos métodos de ordenação).

Mostrar pilha de ativação (Ctrl-F3): Exibe a pilha de subprogramas ativados num dado momento. Convém utilizar este comando em conjunto com breakpoints ou com a execução passo a passo.

Ajuda (F1): Possibilita acesso às páginas de ajuda e às informações sobre o VisuAlg.

Práticas

No exemplo da Listagem 1 estamos simulando a entrada dos salários digitados onde o programa irá gerar a saída esperada.

Digite o pseudocódigo da Listagem 1 e após isso aperte a tecla de atalho F9 (executar o pseudocódigo).

Listagem 1: Pseudocódigo “salario”.

algoritmo "salario"
// Seção de Declarações
var sal:real
i,contador:inteiro

inicio
// Seção de Comandos
i<-0;
contador<-0;
para i de 1 ate 5 passo 1 faca
   escreva("Digite o salario do funcionário ",i, ": ")
   leia (sal)
   se sal>500 entao
      contador<-contador+1
   fimse
fimpara
escreval(contador, " Funcionários recebem salários superiores a R$ 300,00." )
fimalgoritmo

Logo após ter executado o pseudocódigo, deve aparecer uma tela parecida com a Figura 11, onde terá que inserir alguns valores e pressionar a tecla “Enter”.

Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 1

Figura 11: Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 1

Agora é um exemplo da geração de uma média de uma aluno. Lembre-se após a inserir o psedocódigo aperte a tecla “F9” para rodá-lo.

Listagem 2: Pseudocódigo “Media”.

algoritmo "Média"
var
      Media, P1, P2, P3, P4: real
inicio
      Escreva("Digite a nota 1: ")
      Leia (P1)
      Escreva("Digite a nota 2: ")
      Leia (P2)
      Escreva("Digite a nota 3: ")
      Leia (P3)
      Escreva("Digite a nota 4:")
      Leia (P4)

      Media <- (P1 + P2 + P3 + P4) / 4
      Se (Media >= 7) entao
         Escreval (Media," Aluno Aprovado!")
      Senao
           Escreval (Media," Aluno Reprovado!")
      Fimse
      
fimalgoritmo
 
Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 2

Figura 12: Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 2

No exemplo da Listagem 3 será simulado a medida da temperatura.

Listagem 3: Medida da temperatura

Algoritmo "Celsius"
Var
  F,C:REAL
Inicio
  ESCREVAL ("Colocar a temperatura em Fahrenheit")
  LEIA (F)
  C <- (F-32)*(5/9)
  ESCREVAL ("Conversor de Temperatura")
  ESCREVAL ("A temperatura é ",C, " Graus Celsius")
Fimalgoritmo
Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 3

Figura 13: Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 3

Vamos trabalhar um pouco com condições e vetores, neste caso o que conhecemos como “for” no VisuAlg é “para”. Neste exemplo estamos mostrando um algoritmo que recebe o nome e as notas de um grupo de 3 alunos e no final emite um relatório contendo uma lista de classificação por nota.

Listagem 4: Pseudocódigo “condicaoNotas”.

Algoritmo "condicaoNotas"
Var
 nome:vetor [1..3] de caracter
 nota:vetor [1..3] de inteiro
 A,x,B:inteiro
 C:caracter

Inicio

 para A <- 1 ate 3 passo 1 faca
  escreva ("Nome do Aluno: ")
  leia (nome[A])
  escreva ("Nota do Aluno: ")
  leia (nota[A])
 Fimpara

 para A de 1 ate 3 faca
 para B  de A + 1 ate 3 faca
  se (nota[A] < nota[B]) entao
      X <- nota[A]
      C <- nome[A]
      nota[A] <- nota[B]
      nome[A] <- nome[B]
      nota[B] <- X
      nome[B] <-C
  fimse
 fimpara
 fimpara
 escreval ("Nota decrescente:")
 para A de 1 ate 3 faca
escreval (" Nome: ",nome[A]," Nota: ",nota[A])
fimpara

Fimalgoritmo
Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 4

Figura 14: Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 4

No exemplo da Listagem 5 é feito um algoritmo que recebe uma matriz 4 por 3 e multiplica os elementos da terceira coluna por uma constante X, que é lida e depois é exibida a matriz que foi modificada.

Listagem 5: Psedocódigo “matriz”.

Algoritmo "matriz"
Var
 A,B,C:inteiro
 tabela:vetor [1..4,1..3] de inteiro
Inicio
    escreval ("Entre com X:")
    leia (C)
    para A de 1 ate 4 faca
    para B de 1 ate 3 faca
    leia (tabela[A,B])
  fimpara
  fimpara
  para A de 1 ate 4 faca
   escreval (tabela[A,1],tabela[A,2],tabela[A,3])
  fimpara

  para A de 1 ate 4 faca
   tabela[A,3]<- C * tabela[A,3]
  fimpara
   escreval ("Resultado da multiplicação da coluna 3 pelo número X que é: ",C)
  para A de 1 ate 4 faca
   escreval (tabela[A,1],tabela[A,2],tabela[A,3])
  fimpara

Fimalgoritmo
Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 5

Figura 15: Resultado do pseudocódigo descrito na Listagem 5

Conclusão

Foram mostrado alguns exemplos de pseudocódigos no VisuAlg que é uma ferramenta para quem está começando a programar e aprender mais sobre a construção da lógica dos programas.

Espero que tenham gostado e até a próxima!.

Acessem o meu space para ver mais artigos: http://www.devmedia.com.br/ThiagoVaralloPalmeira.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?