Modelagem de processos na prática - Engenharia de Software Magazine 58

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (5)  (0)

Este trabalho apresenta o estudo sobre o framework de processo EPF-Composer, histórias de usuário e também o desenvolvimento do processo de requisitos focado nessas histórias, utilizando EPF-Composer.

Artigo do tipo Exemplos Práticos
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre Agilidade.
Autores: Arthur Ghideli e Rodrigo Pagliares

Modelagem de processos centrada em Histórias de usuário
Este trabalho apresenta o estudo sobre o framework de processo EPF-Composer, histórias de usuário e também o desenvolvimento do processo de requisitos focado nessas histórias, utilizando EPF-Composer.

O objetivo é apresentar as principais características das histórias de usuário, como uma técnica ágil de levantamento de requisitos. Mostrar a customização do OpenUP/Basic para a inclusão das histórias de usuário no ciclo de vida do processo, sendo utilizado o EPF-Composer para a implementação e integração das histórias. Sendo o OpenUp uma versão do processo unificado disponibilizado junto com o Eclipse Process Framework. Este processo, assim como o UP (Unified Process), fornece um conjunto de melhores práticas em desenvolvimento de software considerando as diferentes fases do desenvolvimento (desde requisitos até manutenção).

Por fim será apresentada a criação de um padrão de recurso para a disciplina de requisitos modelada.

Em que situação o tema útil
Com as contínuas mudanças no mercado, empresas desenvolvedoras de software que adotam processos de desenvolvimento e que buscam contemplar todas as possíveis necessidades para o desenvolvimento foram perdendo competitividade, devido ao custo, associado à execução de todas as atividades definidas pelo processo de desenvolvimento. Neste sentido surgiu a customização de processos de software, a fim de alterar um processo, que já não consegue suprir todas as necessidades de desenvolvimento, permitindo a criação de um processo atualizado, que supra as carências que empresas possam ter devido à evolução do mercado, ou devido a uma necessidade específica do projeto. Sendo a área de abrangência desse estudo, chamada engenharia de processos, que possui como objetivo construir, estender ou customizar processos. Permitindo que um novo processo possa ser desenvolvido a partir de um processo já existente ou pode ser desenvolvido do zero, dependendo dos requisitos vinculados ao projeto. Este artigo irá apresentar a customização do OpenUP/Basic, para suportar o levantamento de requisitos focado nas histórias de usuário, utilizando o EPF-Composer.

Nos dias de hoje, devido à evolução crescente dos programas de computadores, maneiras cada vez mais eficazes são trazidas pela engenharia de software, a fim de levantar mais informações de usuários sobre características a serem implementadas nos softwares. Sendo comum a implantação de processos mais eficientes e compatíveis com as tendências do mercado, para dinamizar e facilitar a integração das equipes e a comunicação entre os compradores e os desenvolvedores.

Existem vários modelos de ciclo de vida na engenharia de software. Podem ser citados como exemplos os modelos em cascata e espiral. Tais modelos são cada vez menos utilizados por empresas desenvolvedoras de software, de modo que o primeiro não se aplica à realidade do desenvolvimento, por não considerar mudanças de requisitos e o segundo por ser utilizado principalmente para prototipação. Além disso, desde 1970 há evidências que mostram que as empresas da época executavam o ciclo de vida sequencial várias vezes e procuravam evitar manter o foco na documentação, buscando aumentar a comunicação entre as equipes, também entre equipes e clientes, para alcançar melhores resultados.

Neste sentido, surgiram abordagens que priorizam a comunicação entre indivíduos, mais que processos e ferramentas, sendo esses os processos ágeis, abordados nesse artigo, que foca em técnica levantamento de requisitos ágil, histórias de usuário, e no funcionamento e integração ao processo de requisitos do OpenUP, utilizando o framework EPF-Composer.

Histórias de usuário

Casos de uso e histórias de usuário são similares, como é apresentado por Martin Fowler em seu texto “Casos de uso e Histórias de usuário”. Ambos são utilizados para organizar requisitos. Porém, enquanto casos de uso descrevem ações de iteração, segundo uma narrativa formal entre o usuário e o sistema, as histórias focam nos objetivos do usuário e como o sistema alcançará esses objetivos.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?