Morfik usando Object Pascal - Revista ClubeDelphi 132

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

O artigo trata da apresentação do IDE Morfik, inspirada em Delphi, onde são mostrados os principais recursos de uma solução completa para o desenvolvimento de sistemas web. Uma única plataforma que permite integração com banco de dados.

De que se trata o artigo

O artigo trata da apresentação do IDE Morfik, inspirada em Delphi, onde são mostrados os principais recursos de uma solução completa para o desenvolvimento de sistemas web. Uma única plataforma que permite integração com banco de dados, Web Services, construção de design, codificação de regras de negócio Client/Server e sua publicação, utilizando linguagem Object Pascal, C# ou Visual Basic.


Em que situação o tema é útil

É útil para desenvolver sites tanto para navegadores desktop quanto para dispositivos móveis e principalmente que sejam compatíveis com os servidores mais utilizados como IIS e Apache em Windows ou Linux e ainda nas nuvens. Partindo do zero, reutilizando seus produtos desktop, criando integrações com sistemas de terceiros, consumindo e publicando serviços web.

Morfik IDE Web Object Pascal

As aplicações web estão tomando cada vez mais o lugar de muitas soluções desktop. O profissional desktop muitas vezes tem dificuldade para entrar no mundo de aplicativos web, devido à falta de conhecimento em conceitos e linguagens web, que embora estejam cada vez mais poderosas, ainda assim não se comparam a produtividade do desenvolvimento desktop. A plataforma Morfik tem um conceito muito diferente, pois permite ao profissional desenvolver uma solução web sem se preocupar com estas barreiras. Tudo se torna fácil e seguro quando se pode aplicar o conhecimento comprovado em desktop. Principalmente para o desenvolvedor que utiliza o IDE do Delphi, os primeiros contatos com as soluções do mercado, desestimulam o profissional logo ao perceber que é preciso uma série de linguagens, frameworks, conceitos e tecnologias o que tornam um investimento alto e uma alta curva de aprendizado. Já o primeiro contato com Morfik é algo extraordinário, pois seu modo de construir soluções web dá ao profissional uma sensação de liberdade, produtividade e um resultado imediato. Nos dias de hoje, precisamos focar na solução para nossos produtos e nada melhor do que utilizando a melhor linguagem, “a que dominamos”, por isso, Morfik é a única solução que irá nos atender em todos os requisitos.

A capacidade de adaptar-se rapidamente é tudo hoje em dia, mas as ferramentas e tecnologias utilizadas para desenvolver aplicativos sofisticados baseados na web estão cada vez mais mostrando fraquezas com a crescente demanda de aplicativos e funcionalidades web. Um processo que já não é fácil nem rápido vem se tornando cada vez mais difícil.

Pensando nisso, Morfik está redefinindo-a partir do zero, como os aplicativos web são construídos. Morfik introduz em seu IDE tecnologias de outras áreas de especialização de TI, tais como o desenvolvimento de aplicativos tradicionais, design gráfico, animações gráficas e aplicativos de produtividade. Morfik é uma combinação de elementos de todas estas áreas para o desenvolvimento de aplicações web, a fim de tornar todo o processo mais produtivo.

O conceito de Morfik

Diferente do modo feito pelas ferramentas tradicionais, Morfik introduz uma nova forma de criar aplicações web de alto-nível, linguagens orientadas a objetos e ferramentas de design visual. Com este novo conjunto de ferramentas, os desenvolvedores podem construir suas aplicações utilizando as práticas de desenvolvimento de software utilizando o que há de melhor e seja de seu domínio. Podem aproveitar a sua experiência enquanto se beneficiam de um design visual moderno e produtivo. Isso faz com que a criação de web, interfaces interativas, sejam leves e muito fáceis.

Ao utilizar Morfik 3.x, os desenvolvedores podem ter a mesma produtividade como eles têm utilizando suas habilidades e conhecimentos já adquiridos com a prática de desenvolvimento de software desktop ou mesmo web. Os desenvolvedores podem usar sintaxes de linguagens familiares de alto nível, como Pascal, C# e Basic, no modo procedural ou orientado a objetos, então Morfik irá compilar, interpretando e gerando a aplicação final. Ao lado do navegador o aplicativo é compilado em uma combinação de HTML, XML, CSS e JavaScript, enquanto o código destinado a parte de controle de aplicativos (servidor) do aplicativo é compilado em um binário nativo executável, plugins para servidores IIS/Apache, ou bibliotecas DLLs. Para tornar as coisas ainda mais fáceis, o compilador Morfik também leva em conta as informações de design visual e gera as imagens necessárias para mostrar os efeitos desejados.

Suporte aos principais navegadores do mercado

O conteúdo HTML/XML/CSS combinado com código JavaScript gerado pelo Morfik para executar no navegador é inteiramente baseado em padrões de compatibilidades, a comunicação entre os componentes do servidor Morfik é feita através de solicitações HTTP nos padrões de serviço web.

As aplicações criadas em Morfik podem ser usadas para fazer interface com os diferentes serviços que estão disponíveis na Web ou simplesmente para dividir projetos complexos envolvendo diferentes equipes trabalhando na interface (camada de apresentação) e na lógica da aplicação em projetos separados. Isso também pode ser conseguido usando aplicações intermediárias em Morfik que consomem serviços publicados por outros aplicativos, independentemente de eles serem construídos com Morfik ou não.

Nota do DevMan

XML (eXtensible Markup Language) é uma recomendação da W3C para gerar linguagens de marcação para necessidades especiais. É um subtipo de SGML (acrônimo de Standard Generalized Markup Language, ou Linguagem Padronizada de Marcação Genérica) capaz de descrever diversos tipos de dados. Seu propósito principal é a facilidade de compartilhamento de informações através da Internet. A principal característica do XML, de criar uma infraestrutura única para diversas linguagens, é que linguagens desconhecidas e de pouco uso também podem ser definidas sem maior trabalho e sem necessidade de serem submetidas aos comitês de padronização.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?