MySql Administrator Parte 3

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (6)  (1)

Veja neste artigo as funcionalidades do ítem Startup Variables.

 

Dando seqüência aos itens do menu do MySql Administrator, veremos agora as funcionalidades do ítem Startup Variables.

 

Startup Variables: Neste ítem do menu, podemos configurar as variáveis que serão lidas quando o MySql é iniciado, lembrando que qualquer mudança realizadas nestas configurações só terão efeito após a reinicialização do serviço.

Este item do menu possui 10 abas que são: General Parameters (parâmetros gerais), MyISAM Parameters ( parâmetros MyISAM), InnoDB Parameters ( parâmetros InnoDB), Performance (desempenho), Log Files (Arquivos de registro de operações), Replication (replicação), Advanced NetWorking (recursos avançados de rede), Security (Segurança), Advanced (Avançado), Administration & Security Advisor (Administração & advertências sobre segurança).

 

Aba General Parameters: Esta aba se subdivide em 4 áreas que são:

 

Networking

        

Disable networking: É um checkbox que quando marcado não permite conexões ao MySql via TCP/IP.


TCP port:
É um checkbox que quando marcado permite que o Administrador do Banco altere a porta TCP padrão para conexão com o MySql, quando desmarcada mantém a porta padrão que é 3306.

Enable named pipes: É um checkbox que quando marcado permite conexão através de named pipe (somente para sistemas operacionais da família Windows NT). O pipe name deve ser informado na aba advanced network.


Directories

Base directory:
Marcando este checkbox você poderá alterar o caminho padrão da instalação do mysql, este item é muito útil quando você move os arquivos instalados para outra pasta, não havendo necessidade de fazer uma nova instalação do MySql.

Data directoty:
Mancando este checkbox poderemos alterar o diretório raiz dos dados para gravação do arquivo, muito útil também quando você move os arquivos de dados para outra pasta ou outro HD para, melhorar o desempenho segurança, etc...

Temporary directory: Marcando este checkbox você poderá definir um diretório padrão para os arquivos temporários criados pelo MySql.


Memory Usage

Key buffer:
Esta opção permite-lhe alterar o tamanho do buffer usado para blocos de índices das tabelas MyIsam. Aumentando este valor você melhora a velocidade de manutenção dos índices (leitura e gravação), você pode aumentar este valor até 4GB conforme a memória física disponível no servidor, não é aconselhável que este valor         ultrapasse 25% do total desta memória, pois a partir daí o S.O.  pode vir a utilizar paginação e tornar o sistema lento.

Sort Buffer Size: Esta opção permitir alterar o tamanho do buffer usado para cada processo que exige ordenação de linhas no banco, como por exemplo Order By, Group By, dentre outros.


General


Default Storage:
Armazenamento padrão, esta opção permite configurar como padrão o tipo de armazenamento mais usado, que são: MyIsam, InnoDB, Falcon, BDB e Heap, significa que todas as tabelas criadas usarão o padrão definido em Default Storage, a não ser que o usuário ou adminstrador informe explicitamente o tipo de tabela que será usado.


Aba MyIsam Parameters: Esta aba se subdivide em 3 áreas que são:

General

 

Use concurrent insert: Esta opção marcada permite inserts concorrentes, reduzindo a “disputa” entre selects e inserts, caso uma tabela MyIsam não tenha linhas deletadas, instruções inserts podem ser executadas  para adicionar linhas na tabela ao mesmo tempo em que selects são executados.

Use External locking: Esta opção permite o uso de lock externo, isso lhe permite executar o MyIsamChk para testar (não reparar) tabelas enquanto o Serviço MySql estiver iniciado, pois para executar a reparação ou manutenção de tabelas MyIsam o Serviço MySql deve estar parado.

Full Text Search: Esta seção se refere ao busca em campos do tipo Text.

Minimum word: É o tamanho mínimo de uma palavra a ser considerada no índice FULL TEXT, o índice deve ser reconstruído sempre que este valor for alterado. Então por exemplo, se for definido que o tamanho mínimo seja 4 quando, eu executar uma busca através de uma coluna com tipo Text, só serão consideradas palavra com 4 caracteres ou mais até o valor máximo definido em outra variável. Este tamanho vai interferir em vários aspectos consideráveis, quanto menor for este tamanho mais lento e mais amplo será o processo de busca e quando maior for este tamanho mais rápido e menos amplo será o processo de busca.


Máximum word:
É o tamanho máximo de uma palavra a ser considerada no índice FULL TEXT, o índice deve ser reconstruído sempre que este valor for alterado. Então por exemplo, se for definido que o tamanho máximo seja 20, quando eu executar uma busca através de uma coluna com tipo Text, só serão consideradas palavras com até 20 caracteres ou menos até o valor mínimo definido em outra variável.

Query Expansion: Define o melhor número de equivalência para o Query Expansion. Query Expansion acrescenta recursos de busca no uso de indices Full Text em tabelas MyIsam.

Stopword file: Define um arquivo para Stopword (filtros), o MySql tem uma lista padrão para estes filtros, mas esta opção permite que você defina seu próprio arquivo de filtros.

Advanced Settings

Block Size:
Define tamanho do bloco de índices a ser usado pelo MyIsam.

Extra sort file size: Usado para auxiliar o MySql a decidir se será usado um método de  chave de índice mais lenta porém mais segura.

Max sort file size: Define o tamanho máximo do arquivo temporário que o MySql vai usar quando recriar os índices. Caso o tamanho do arquivo temporário ultrapassar este valor, será usado um cache para re-criação do índice.


Number of repair: Define o número de threads (processos) usadas para reparar tabelas MyIsam. O valor 1 desabilita reparações paralelas.

MyIsam Sort buffer: Define o tamanho do buffer que é alocado quando é feita uma reparação nas tabelas, quando um índice é criado através do CREATE INDEX ou ALTER TABLE.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?