MySQL: Quem é você?

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (5)  (1)

Veja neste artigo uma apresentação sobre o MySQL.

O objetivo principal deste artigo é desmistificar o MySQL. Para muitos este banco de dados ainda é bastante desconhecido ou gera dúvidas quanto a alguns detalhes como , por exemplo : desempenho , aplicabilidade, licença e até mesmo segurança . Com este artigo espero tirar todas essas dúvidas e mais algumas que venham a surgir.

O MySQL foi concebido por uma empresa chama TcX em 1996. Foi criado porque a empresa necessitava de um banco de dados relacional estável , seguro , rápido e ainda por cima pouco custoso , pois muitos outros SGBDs já possuem estas qualidades , porém com custos elevados demais . Além de tudo , o novo SGBD também precisava rodar em hardwares relativamente baratos.

MySQL surgiu, então, da idéia de se criar um banco de dados que tivesse todas estas características, primordiais tanto no mercado on-line (leia-se internet e outros meios) quanto no mercado corporativo (sistemas para uso em desktop), e que acima de tudo tivesse seu custo reduzido.

E porque o MySQL demorou tanto para expandir-se?

Na época da criação deste sistema , um dos objetivos era que ele rodasse em Linux, embora existam hoje versões para diversos Sistemas Operacionais , o que acabou popularizando o sistema em 1999, quando o S.O do Sr. Linus Torvalds e o Movimento Open Source deslanchou no mercado mundial.

O resultado disso foi que hoje, o MySQL, considerado o banco de dados mais rápido do mercado, tornou-se alternativa barata e viável para uma grande parte do mercado corporativo e on-line.

Mas, porque ele é tão bom?

Falemos então das principais características desta jóia da tecnologia.

O MySQL tem quase tudo que seus concorrentes mais renomados têm, com a vantagem de ser : gratuito ( não totalmente , falarei de sua licença ainda neste artigo ), seu código fonte é aberto , é leve , rápido , seguro e prático.

Principais Vantagens:

Desempenho:

Como dito acima : O MySQL é considerado o banco de dados mais rápido . Agilidade tem sido um ponto bastante relevante em matéria de sistemas , principalmente no quesito Internet . E para que os sonhos de muitos programadores se realizem, a equipe de desenvolvimento do MySQL tem se mostrado bastante calcada no que diz respeito à performance . Isso significa que cada dia que passa o SGBD mais rápido do mercado tende a ficar mais ágil e eficaz , dando conta do recado ao qual foi designado.

Segurança:

Outro ponto forte e decisivo em um banco de dados é a sua segurança . Com seus diversos tipos de tabelas , característica exclusiva do MySQL, é possível ter um banco de dados bastante seguro e estável contando com integridade referencial, backup e restore, controle de usuários e acessos , e ainda , se necessário , verificação e correção de corrompimento de tabelas.

Aplicabilidade:

Muitos me perguntam se o MySQL é usado somente para aplicações internet . A resposta é não. O MySQL pode ser utilizado como banco de dados desktop , ou seja, em aplicações corporativas; e o melhor de tudo : dá suporte a diversas linguagens de programação incluindo o Delphi da empresa Borland e o Java da Sun. Ambos podem acessar o MySQL através dos drivers MySQL ODBC e MySQL JDBC, respectivamente . Os drivers estão disponíveis para download no site do produto : www.mysql. com

Gratuito:

A pergunta que não quer se calar: O MySQL é gratuito?

Sim, o mesmo está inscrito no tipo de licenciamento GNU General Public License (ver licença no site do produto).

Atenção : o produto não pode ser comercializado junto ao sistema desenvolvido por você, ou seja, ele não pode fazer parte das mídias de instalação do produto vendido por sua empresa, a menos que o código-fonte do banco seja enviado junto com ele. E caso você deseje desenvolver um novo produto com base no código-fonte do MySQL e distribuí-lo como de sua propriedade, você deve adquirir uma licença para isso conforme as regras de licenciamento GNU. Veja maiores informações no site do produto.

Dica : Leiam os artigos do nosso colega Eber Duarte, ele preparou diversas matérias sobre MySQL.

Bibliografia:

SUEHRING, Steave - MySQL a Bíblia – Ed. Campus
PRATES, Rubens – MySQL Guia de Consulta Rápida – Ed. Novatec
Espero ter “desmistificado” o MySQL e qualquer dúvida entrem em contato

Próxima Matéria: PHP: Quem é você?

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?