O Guia de referência da Linguagem SQL

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (7)  (2)

Veja neste artigo: O Guia de referência da Linguagem SQL

Guia de referência da Linguagem SQL

 

Alter Database

Permite a criação de arquivos secundários que são usados como armazenamento alternativo de um banco de
dados. Somente nos servidores Netware, ela permite a modificação do protocolo do registro de escrita
avançada (write-ahead log - WAL).

Sintaxe:

Alter {DATABASE | SCHEMA } add ;
= FILE " ] [ clausula ]
= LENGHT [=] [PAGES[S]] | STARTING [AT [PAGE]]
[]

Argumentos:

filespec : Lista de strings entre aspas de um ou mais arquivos secundários que irão receber as páginas do
banco de dados.

int : Valor inteiro.

Lenght : Especifica o tamanho do arquivo em páginas.

Schema : Sinônimo de DATABASE (banco de dados).

 

 

Alter Domain

Modifica os atributos de um domínio, com exceção do domínio de NOT NULL e seus tipos de dados.

Sintaxe:

Alter Domain {
[ADD [CONSTRAINT] check ()]
| [DROP CONSTRAINT]
| [DROP DEFAULT]
| [SET DEFAULT { | NULL | USER }] };

Argumentos:

ADD [ constraint] check : Acrescenta uma restrição CHECK ao domínio. Só pode haver uma restrição
CHECK por domínio.

DOMAIN : Nome do domínio.

DROP CONSTRAINT : Remove qualquer restrição CHECK do domínio.

DROP DEFAULT : Remove um padrão existente.

LITERAL : Inseri um valor de string, numérico ou de data.

SET DEFAULT : Especifica o valor padrão para a coluna.

SEARCH COND : Expressão da condição de procura do domínio padrão.

Exemplo:
Alter domain cpf drop default;

 

Alter exception

Modifica uma mensagem associada a uma restrição.

Sintaxe:

Alter exception "mensagem";

Argumentos:

NOME : Nome da exceção.

STRING : String da nova mensagem.

Exemplo:
Alter exception nome "nome já cadastrado." ;

 

 

Alter index

Permite a desativação e a ativação de um índice já criado. A ação de desativar e
ativar um índice refaz essa índice.

Sintaxe:

Alter index { ACTIVE | INACTIVE };

Argumentos:

ACTIVE : Ativa o índice.

INACTIVE : Desativa o índice.

nome : Nome do índice.

Exemplo:
Alter index ind_nome inactive;

 

Alter Procedure

Permite modificar uma rotina armazenada existente, inclusive os seus parâmetros de entrada, saída e o corpo
da rotina. A sintaxe é idêntica à sintaxe do comando CREATE PROCEDURE, com exeção da
palavra-chave CREATE que é substituída por ALTER.

Sintaxe:

ALTER PROCEDURE nome
[ ( PARAM [, PARAM ...] ) ]
[ RETURNS ( PARAM [, PARAM ...] ) ]
AS [ ];

Argumentos:

nome : Nome da rotina.

Param : Especifica os paramêtros de entrada para a rotina.

corpo da rotina : Corpo a rotina, incluindo as declarações das variáveis e os comandos.

returns param : Especifica os paramêtros de saída para a rotina.

terminacao : Assinala o final da rotina.

Exemplo:
Alter procedure proc_clientes
[Returns ( exc_nome )];

 

Alter Table

Permite a modificação das estruturas de uma tabela.

Sintaxe:

ALTER TABLE tabela [, ...];
= {ADD | ADD |
DROP | DROP CONSTRAINT }
= { | [COMPUTED [BY] () | }
[DEFAULT { | NULL | USER }
[NOT NULL]
[ ]
[COLLATE ]
= [ CONSTRAINT ] []
= {
PRIMARY KEY
| UNIQUE
| check {( )}
| REFERENCES [ (outra_col [, ...] ) ] }

Argumentos:

col : Nome único de coluna.
col_def : Definição de coluna, incluindo o nome e os tipos dos dados.

COLLATE intercalacao : Acrescenta uma intercalação na tabela.

COMPUTED [BY] : Especifica uma expressão para uma coluna calculada.

CONSTRAINT : Acrescenta uma determinada restrição a uma coluna.

constraint_def : Definição de coluna.

datatype : Tipo dos dados da coluna.

DEFAULT : Especifica um valor padrão para a coluna.

domain : Nome do domínio.

Drop constraint : Retira uma determinada restrição de uma tabela.

expr : Qualquer expressão válida para o tipo de dados da coluna.

NOT NULL : Cria uma coluna que não pode conter valores NULL.

operation : Operação a ser realizada na tabela (como ADD ou DROP uma coluna ou restrição).

tabela : Nome da tabela.

table_constraint : Restrição de tabela a ser acrescentada.

Exemplo:
Alter table produtos add descricao varchar(100);

Alter Trigger

Modifica um trigger existente. Argumentos omitidos levam o valor padrão.

Sintaxe:

ALTER TRIGGER
[ ACTIVE | INACTIVE ]
[AS ]
[ { BEFORE | AFTER } { DELETE | INSERT | UPDATE } ]
[POSITION ]
[ ]

Argumentos:

Active : Habilita o trigger.

After : Define a execução do trigger para que aconteça depois da operação com os dados.

Before : Define a execução do trigger para que aconteça antes da operação com os dados.

Delete : Especifica que as operações de DELETE vão fazer o trigger executar.

Inactive : Desliga o trigger.

Insert : Especifica que as operações de insert vão fazer o trigger executar.

nome : Nome do trigger.

numero : Número da posição POSITION (ordem de execução) de
0 a 32.767.

Position : Especifica a ordem de execução de triggers múltiplos.

terminação : Assinala o final do corpo do trigger (veja SET TERM).

corpo do trigger : Conjunto de declarações e comandos das rotinas na linguagem do trigger.

Update : Especifica que as operações de UPDATE vão fazer o trigger executar.

Exemplo:
SET Term ^ ;
CREATE TRIGGER trg_quant FOR produtos
[ACTIVE] BEFORE INSERT [POSITION 0]
AS
BEGIN
new.emp_no = gen_quant(quant, -1);
END ^

 

AVG

Calcula a média de um conjunto de valores, onde pode ser uma coluna numérica ou uma expressão
numérica passada como um parâmetro.

tipo:
Agregado

Sintaxe:
AVG ([ALL] | Distinct )

Argumentos:
ALL : O valor de retorno será a média de todos os valores.
Distinct : Suprime as duplicatas (os valores repetidos) antes de calcular a média.
nValor : Expressão numérica ou coluna.

Exemplo:
Select AVG(codigo) from clientes

O exemplo acima irá calcular a média de todos os valores do campo codigo da tabela de clientes.

 

CAST

Converte um valor de um tipo caractere de dados para outro tipo de dados.

Tipo:
Conversão.

Sintaxe:
CAST ( AS

Argumentos:
cValor : Expressão de caracteres ou coluna.
tipo_dos_dados : Um tipo válido de dado cujo deve ser convertido.

Exemplo:
Select CAST(data_venda AS DATE) from vendas

O exemplo acima resulta-rá o campo data_venda convertido em data da tabela de vendas.

 

 

Commit

Grava todas as atualizações pendentes, concretizando assim todas as transações atuais.

Sintaxe:

Commit
[Work]
[Transaction ]
[Release]
[Retain [Snapshot]]

Argumentos:

nome : Nome da tranasaoção.

Release : Palavra-chave de compatibilidade para versões mais antigas do Interbase.

Retain Snapshot : Retorna o contexto de transação depois da gravação de atualização.

Transaction : Nome da transação das atualizações pendentes.A omissão do nome da transação concretiza a
transação padrão.

Work : Palavra-chave exigida por alguns bancos de dados.

Exemplo:
Commit

 

 

 

COUNT

Usado em conjunto com o comando SELECT para contar todas as linhas de uma tabela ou as colunas que
casem com uma condição especificada (que excluam ou incluam valores NULL, ou que contenham valores
únicos).

Tipo:
Agregado.

Sintaxe:
COUNT ( * | ALL | Distinct )

Argumentos:
* : Conta todas as linhas de uma tabela inclusive valores NULL.
ALL : Conta somente os valores não NULL na coluna valor.
Distinct : Conta todos os valores únicos e não NULL na coluna valor.
valor : Coluna numérica ou expressão.

Exemplo:
Select COUNT(*) from clientes

O exemplo acima conta-rá todos os registros da tabela clientes e os retorna-rá em um campo o total de
registros da tabela de clientes.

 

Create Database

Cria um banco de dados e define seus atributos.

Sintaxe:

CREATE { DATABASE } ""
[Default CHARACTER SET ]
[Lenght [=] [PAGE[S] ] ]
[PAGE_SIZE [=] ]
[]
[USER "" [PASSWORD ""]];
= FILE "" [] [ ]
= Lenght [=] [PAGE[S]] | STARTING [AT [PAGE]]
[]

Argumentos:

con_caracteres : Nome do conjunto de caracteres entre aspas.

Default CHARACTER SET : Especifica o conjunto de caracteres a ser usado (o padrão e none (nenhum)).

FILE arquivo : Especifica um ou mais arquivos (secundários) de páginas do banco de dados.

arquivo : Especificação do arquivo do banco de dados.

int : Valor inteiro.

Lenght = int PAGES : Especifica o tamanho do arquivo primário ou do secundário do banco de dados.

Page_size = int : Tamanho da página do banco de dados em bytes (o padrão é 1024).

PASSWORD : Especifica a senha a ser usada.

senha : A senha a ser usada ao se criar o banco de dados.

STARTING AT PAGE int : Especifica o número inicial da página de um arquivo secundário.

USER : Especifica o nome do usuário a ser usado ao se criar o banco de dados.

nome do usuario : Nome do usuário.

Exemplo:
create database "teste" user sysdba password masterkey;

 

Create Domain

Cria uma definiçãoo de uma coluna a ser usada nos comandos CREATE TABLE e ALTER TABLE.

Sintaxe:

CREATE Domain [AS]
[default { | NULL | USER } ]
[CHECK ()]
[COLLATE ]
[NOT NULL];

Argumentos:

CHECK : Cria uma restrição CHECK no domínio.

COLLATE : Define a ordem de intercalação do domínio.

intercalacao : Ordem de intercalação.

tipo dos dados : Tipos dos dados.

default : Define o valor da coluna padrão.

dominio : Nome do domínio.

literal : Valor literal.

NULL : Valor NULL.

cond_pesquisa : Condição válida de pesquisa no domínio.

USER : Valor definido pelo usuário.

Exemplo:
CREATE DOMAIN quan_venda AS INTEGER CHECK (VALUE > 10);

 

Create Exception

Cria uma exceção definida pelo usuário com uma mensagem de erro associada.

Sintaxe:

CREATE EXCEPTION "";

Argumentos:

nome : Nome da exceção.

mensagem : String entre aspas contendo a mensagem de exceção.

Exemplo:
Create Exception exc_cliente "Cliente Cadastrado.";

 

 

Create Generator

Cria um gerador de números seqüenciais com um valor inicial de zero.

Sintaxe:

CREATE GENERATOR ;

Argumentos:

nome : Nome do gerador.

Exemplo:
Create Generator gen_cli;

 

 

Create Index

Cria um índice em uma coluna especificada. Os índices podem ser usados para aprimorar o desempenho
em
cláusulas WHERE
de um comando SELECT.

Sintaxe:

CREATE [ASC [ENDING] | DESC[ENDING] ]
[UNIQUE]
INDEX ON ([, ...]);

Argumentos:

ASCENDING : Cria um índice em ordem crescente.

col : Nome da coluna.

DESCENDING : Cria um índice em ordem decrescente.

indice : Nome do índice.

tabela : Nome da tabela.

UNIQUE : Somente valores únicos são acrescentados a chaves de índice.

Exemplo:
Create index iclientes on clientes(codigo)

 

Create Procedure

Cria uma rotina que deve ser armazenada no servidor.

Sintaxe:

CREATE PROCEDURE
[( [, ... ] ) ]
[RETURNS [, ... ] ) ]
AS
[ ]

Argumentos:

AS : Início do corpo da rotina.

tipo dos dados : Tipo dos dados do paramêtro.

DECLARE VARIABLES : Declara variáveis locais usadas dentro da rotina.

nome : Nome de rotina único.

parametro : Paramêtros de entrada da rotina.

RETURNS parametro : Paramêtros de saída da rotina.

comando : Rotina SQL ou comando da linguagem do trigger.

terminacao : Assinala o final da rotina (veja também SET TERM ).

var : Nome da variável.

Exemplo:
SET TERM ^ ;
CREATE PROCEDURE nome_da_procedure
(
ID INTEGER,
NOME VARCHAR(80),
ENDERECO VARCHAR(80),
TELEFONE VARCHAR(10),
CPF VARCHAR(11),
CASADO VARCHAR(2),
TIPO CHAR(1)
)
AS
begin
if (:tipo =I) then
begin
Insert into clientes (nome,endereco,telefone, cpf, casado)
values (:nome, :endereco, :telefone, :cpf, :casado);
end
if (:tipo = A) then
begin
Update clientes set nome = :nome, endereco = :endereco, telefone = :telefone,
cpf = :cpf, casado = :casado where codigo = :id;
end
if (:tipo = D) then
begin
Delete from clientes where codigo = :id;
end
end ^
SET TERM ; ^

 

 

Create Table

Cria uma nova tabela e define os seus atributos.

Sintaxe:

CREATE TABLE
[EXTERNAL [FILE] "" ]
( [, | ...]
);
= { | COMPUTED [BY] (expresao) | ]
[]
[COLLATE ]
[DEFAULT { | NULL | USER } ]
[NOT NULL]

Argumentos:

col : Nome da coluna.

col_def : Definição da coluna.

COLLATE : Especifica a ordem da intercalação na coluna.

intercalacao : Ordem de intercalação.

COMPUTED BY : Cria uma coluna calculada com base na expressão EXPR.

CONSTRAINT : Especifica as restrições a serem aplicadas em uma tabela ou coluna.

restricao : Regra aplicada em uma estrutura de tabela ou seu conteúdo.

tipo dos dados : Tipo dos dados ad coluna.

DEFAULT : Define um padrão para o valor de uma coluna.

expressao : Expressão usada para uma coluna calculada.

EXTERNAL FILE : Especifica que há dados em um arquivo que não pertence ao banco de dados.

arquivo : Especificação do nome do arquivo da tabela.

tabela : Nome da tabela.

Exemplo:
Create table usuarios (
codigo numeric not null,
nome varchar(30),
email varchar(80),
telefone varchar(15),
endereco varchar(50),
cep varchar(20),
Primary Key(codigo) );

 

Create Trigger

Define um trigger (disparador, gatilho) que pode ser executado quando ocorre uma determinada operação
com os dados.

Sintaxe:

CREATE TRIGGER FOR
[ACTIVE | INACTIVE]
{BEFORE | AFTER}
{DELETE | INSERT | UPDATE}
[ POSITION ]
AS


Argumentos:

ACTIVE : Habilita o trigger.

AFTER : Define o trigger para executar depois que a operação com os dados ocorrer.

BEFORE : Define o trigger para executar antes que a operação com os dados aconteça.

DELETE : Especifica que as operações DELETE de cancelamento vão executar o trigger.

INACTIVE : Desliga o trigger.

INSERT : Especifica que as operações de INSERT de inserção vão executar o trigger.

nome : Nome do trigger.

numero : Número da posição POSITION (ordem de execução), entre 0 e 32.767.

POSITION : Especifica a ordem de execução de múltiplos triggers.

tabela : Nome da tabela.

terminacao : Assinala o final do corpo do trigger (veja SET TERM).

corpo do trigger : Comandos na rotina e na linguagem do trigger.

UPDATE : Especifica que as operações de UPDATE vão executar o trigger.

Exemplo:
SET Term ^ ;
CREATE TRIGGER trg_id FOR usuarios
[ACTIVE] BEFORE INSERT [POSITION 0]
AS
BEGIN
new.emp_no = gen_id(emp_no_gen, 1);
END ^

 

 

Create View

Define um painel de visualização para os dados de uma ou mais tabelas.

Sintaxe:

CREATE VIEW
[ ( [, ...] ) ]
AS
[WITH CHECK OPTION];

Argumentos:

nome : Nome do painel visual.

view_col : Nome(s) das colunas do painel visual.

AS : Especifica as linhas que serão incluídas no painel visual.

selecao : Critério de seleção para a inclusão das linhas.

WITH CHECK OPTION : Assegura que as operações de INSERT e UPDATE que afetarem as linhas fora do
painel visual não serão permitidas.

Exemplo:
CREATE VIEW vw_usuarios (
codigo,
nome,
email,
telefone,
endereco,
cep
) AS
SELECT (codigo,nome,email,telefone,endereco,cep) FROM usuários

 

 

Delete

Permite o cancelamento de uma ou mais linhas de uma tabela ou painel de visualização.

Sintaxe:

DELETE FROM
[WHERE ];

Argumentos:

condicao : Condição válida de pesquisa.

tabela : Nome da tabela.

WHERE : Especifica a linha a ser cancelada. Se omitida, cancela todas as linhas da tabela ou painel de
visualização.

Exemplo:
Delete from clientes where id=3

 

 

Drop Database

Cancela o banco de dados atual.

Sintaxe:

DROP DATABASE;

 

 

Drop Domain

Remove a definição de um domínio de uma tabela.

Sintaxe:

DROP DOMAIN ;

Argumentos:

nome : Nome do domínio.

Exemplo:
Drop domain cpf;

 

 

Drop Exception

Remove a exeção definida pelo usuário de um banco de dados.

Sintaxe:

DROP EXCEPTION ;

Argumentos:

nome : Nome da exceção.

Exemplo:
Drop Exception exc_clientes;

 

Drop Index

Remove índice de um banco de dados.

Sintaxe:

DROP INDEX ;

Argumentos:

nome : Nome do índice

Exemplo:
Drop Index iclientes;

 

 

 

Drop Procedure

Remove uma rotina armazenada em um banco de dados.

Sintaxe:

DROP PROCEDURE ;

Argumentos:

nome : Nome da rotina armazenada em um banco de dados

Exemplo:
Drop Procedure proc_vendas;

 

Drop Trigger

Remove um trigger de um banco de dados.

Sintaxe:

DROP TRIGGER ;

Argumentos:

nome : Nome do trigger

Exemplo:
Drop Trigger trg_vendas;

 

 

Drop View

Remove uma painel de visualização de um banco de dados.

Sintaxe:

DROP VIEW ;

Argumentos:

nome : Nome do painel de visualização

Exemplo:
Drop view vw_usuarios;

 

 

Execute Procedure

Executa uma determianda rotina armazenada.

Sintaxe:

EXECUTE PROCEDURE [ [, ... ] ];

Argumentos:

nome : Nome da rotina.

parametro : Pasramêtro de entrada de rotina

Exemplo:
Execute Procedure proc_cli (2,delphi)

 

 

Grant

Atribui privilégios aos objetos do banco de dados.

Sintaxe:

GRANT {
{ALL [PRIVILEGES] | SELECT | DELETE | UPDATE | INSERT [( [, ... ] ) ] }
ON [TABLE] { | }
TO { | }
| EXECUTE ON PROCEDURE TO { | }
};
= PROCEDURE
| TRIGGER
| VIEW
| [USER]
| PUBLIC [, ]
= [USER] [, [USER] ...]
[WITH GRANT OPTION]

Argumentos:

col : Nome da coluna

nome da tabela : Nome da tabela

lista de usuarios : Lista de usuários com privilégios para

nome do usuario : Nome do usuário

nome do painel : Nome do painel de visualização

WITH GRANT OPTION : Ativa os privilégios dos usuários da lista de usuários.

Exemplo:
Grant all on clientes to sysdba

 

Insert

Insere uma ou mais linhas novas em uma tabela ou painel visual.

Sintaxe:

INSERT INTO |
[ ( [, ...] ) ]
{ VALUES ( [, ...] ) | };

Argumentos:

nome da tabela : Nome tabela

nome do painel : Nome do painel de visualização

INTO : Especifica uma tabela ou painel visual onde inserir dados

col : Nome da coluna

val : Valor

VALUES : Lista de valores a inserir

expressao de selecao : Expressão de seleção que retorna os valores a inserir nas colunas

Exemplo:
Insert into produtos (id,descricao) values (1,kitdelphishop);

 

 

MAX

Retorna o maior valor não-NULL de uma dada coluna. Retorna NULL se não houver colunas que atendam ãs
condições de pesquisa.

Tipo:
Agregado.

Sintaxe:
MAX ( ALL | Distinct )

Argumentos:
Distinct : Retorna o maior valor entre os valores únicos de uma coluna.
ALL : Retorna o maior valor entre todos os valores de uma coluna.
: Coluna numérica ou expressão.

Exemplo:
Select MAX(codigo) from clientes

O exemplo acima retorna-rá o maior valor do campo codigo da tabela de clientes.

 

 

MIN

Retorna o menor valor não-NULL de uma certa coluna. Retorna NULL se não houver linhas que atendan à
condição de pesquisa.

Tipo:
Agregado.

Sintaxe:
MIN ( [ALL | Distinct )

Argumentos:
ALL : Retorna o valor mínimo entre todos os valores de uma coluna.
nValor : Coluna numérica ou expressão.
Distinct : Retorna o menor valor entre os valores únicos de uma coluna.

Exemplo:
Select MIN(quantidade) from produtos

O exemplo acima retorna-rá o menor valor do campo quantidade da tabela de produtos.

 

 

Revoke

Remove os privilégios de um objeto do banco de dados.

Sintaxe:

REVOKE [ WITH GRANT OPTION] FOR
{ { ALL [PRIVILEGES] | DELETE | INSERT | UPDATE
[ ( [, ... ]
) ] }
FROM { | }
| EXECUTE ON PROCEDURE FROM { | } } ON [TABLE]
{ | };

Argumentos:

col : Colunas que terão seus privilégios revogados

GRANT OPTION FOR : Revoga autoridade para conceder privilégios

objeto : Nome do objeto do usuário ou do banco de dados

nome da tabela : Nome da tabela

lista de usuarios : Lista de usuários que terão seus privilégios revogados

nome do painel : Nome do painel de visualização

Exemplo:
Revoke all on clientes from sysdba

 

 

Rollback

Desfaz todas as declarações DML pendentes desde o último COMMIT.

Sintaxe:

ROLLBACK [WORK];


Argumentos:

WORK : Palavra-chave para compatibilidade

Exemplo:
Rollback

 

 

Select

Obtem (lê) dados de tabelas.

Sintaxe:

SELECT [DISTINCT | ALL] { * | [,
[,
[GROUP BY [COLLATE ] [, [COLLATE ] ...]
[ HAVING ]
[ORDER BY ]
[PLAN ]
[UNION ]
[WHERE ];


Argumentos:
* : Especifica que todas as colunas devem retornar

alias : Sinônimo de tabela ou painel de visualização

ALL : Retorna todos os valores (este é o padrão)

col : Colunas para agrupamento

COLLATE : Especifica a ordem em que os dados que retornam serão comparados

intercalacao : Ordem de intercalacao

DISTINCT : Garante que somente valores únicos serão retornados

FROM : Especifica a origem dos dados

GROUP BY : Especifica os subgrupos dos dados lidos com base com uma lista de colunas

HAVING : Condição de pesquisa para ser usada com GROUP BY

tipo de uniao : Especifica o tipo de JOIN (união) a ser realizada: INNER (interna) ou OUTER (externa)

tabela de uniao : Refere-se a uma tabela anexada

lista de ordem : Lista de colunas que especifica com o as linhas que retornamserão ordenadas

ORDER BY : Especifica as colunas cujos valores que elas retornam serão ordenadas

PLAN : Especifica a expressão de plano

expr do plano : Plano de acesso que o otimizador do Interbase usa para obter os dados

item do plano : Especifica uma tabela e um método de índice para um plano

rotina : Rotina armazenada que retorna valores como a declaração SELECT

cond de procura : Condição SQL válida de pesquisa

SELECT : Especifica os dados a retornar

tabela : Nome da tabela

tableref : Origem de onde obter dados

UNION : Cria uma tabela com colunas em comum com outras tabelas

val : Especifica as colunas a retornar

painel de visualizacao : Nome do painel de visualização

WHERE : Especifica uma condição de pesquisa


Exemplo:
SELECT * from clientes WHERE cod=1

 

 

Set Generator

Define um gerador com um determinado valor.

Sintaxe:

SET GENERATOR TO ;


Argumentos:

int : Valor do gerador a ser definido, entre -231 e +230

nome : Nome do gerador

Exemplo:
Set Generator gen_cod_cliente to 50;

 

 

Set Names

Permite substituir o conjunto de caracteres padrão de um banco de dados.

Sintaxe:

SET NAMES [];


Argumento:

conj_caracteres :Especifica o conjunto de caracteres a ser usado em um dado processo ( o padrão é NONE =
nenhum)

Exemplo:
Set names iso8859_1;

 

 

Set Statistics

Recalcula o valor de seletividade de um índice.

Sintaxe:

SET STATISTICS INDEX ;


Argumento:

nome : Nome do índice para o qual recalcular a seletividade

Exemplo:
Set statistics index ind_nome;

 

 

Set Transaction

Define os atributos e o comportamento da transação padrão.


Sintaxe:

SET TRANSACTION
[READ WRITE | READ ONLY]
[RESERVING ]
[WAIT | NO WAIT]
[ [ ISOLATION LEVEL]
{SNAPSHOT [TABLE STABILITY]
| READ COMMITTED [[no] RECORD_VERSION] } ];
= TABLE [, TABLE ...]
[FOR [SHARED | PROTECTED]
{READ | WRITE}
[, ]]


Argumentos:

ISOLATION LEVEL : Define o nível de isolamento da transação (o padrão é SNAPSHOT (instantâneo))

NO WAIT : Força um erro no caso de ocorrer um conflito de bloqueio em um registro

READ ONLY : Habilita operações de somente leitura
em tabelas

READ WRITE
: Habilita a leitura e a escrita
em tabelas

RESERVING
: Especifica bloqueios reservados para tabelas no início da transação

WAIT : Força uma transação a esperar, no caso de conflito em um bloqueio de registro (este é o valor
padrão)

Exemplo:
Set transaction;

 

 

SUM

Calcula o total de todos os valores de uma dada coluna, a função SUM funciona da seguinte maneira:
SUM(campo + (campo * 0.1)).

Tipo:
Agregado.

Sintaxe:
SUM ( [ALL] | Distinct )

Argumentos:
ALL : Retorna o menor valor entre todos os valores de uma coluna.
Distinct : Retorna o menor valor entre todos os valores únicos de uma coluna.
nValor : Coluna numérica ou expressão.

Exemplo:
Select SUM(codigo) from clientes

O exemplo acima retorna-rá o total de todos os valores do campo codigo da tabela de clientes.

 

 

Update

Permite a modificação de uma ou mais linhas de uma tabela.


Sintaxe:

UPDATE { TABELA | PAINEL }
SET = [, = ...]
WHERE ;


Argumentos:

col : Coluna(s) a ser(em) atualizada(s)

cond_de_procura : Condição válida de pesquisa SQL

SET : Especifica colunas e valores

TABELA : Nome da tabela a ser atualizada

PAINEL : Nome do painel de visualização a ser atualizado

val : Valores a atribuir a determinadas colunas

WHERE : Especificação de condição de pesquisa

Exemplo:
Update clientes set id=1, nome=clubedelphi

 

 

UPPER

Converte o valor em um valor de letra maiúscula.

Tipo:
Conversão.

Sintaxe:
UPPER ( )

Argumentos:
: Coluna de caracteres ou expressão.

Exemplo:
Select UPPER(nome) from fornecedores

O exemplo acima irá converter todos os registros do campo nome da tabela de fornecedores para caracteres
em maiúsculo e mostra-rá os resultados em um select.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?