O que esperar das novas tecnologias OLAP da Microsoft e Oracle

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Nos últimos anos, os grandes fornecedores de bancos de dados, como Oracle e Microsoft, começaram a entrar no mercado de OLAP, fornecendo servidores OLAP juntamente com seus bancos de dados relacionais tradicionais.


capaSQL14.JPG


Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

O que esperar das novas tecnologias OLAP da Microsoft e Oracle

por Mark Rittman

A Oracle lançou recentemente a versão 10g do seu banco de dados, que agora vem com um servidor OLAP multidimensional integrado, conhecido como OLAP Option. A Microsoft, que notoriamente tomou o mercado OLAP com o Analysis Services, que era fornecido juntamente com o SQL Server 2000, está para lançar a nova versão do produto no SQL Server 2005. A Oracle e a Microsoft estão, a seu jeito, procurando remodelar a indústria de OLAP com esses lançamentos, e isso certamente terá grandes implicações para os DBAs que tenham data warehouses em execução em bancos de dados relacionais tradicionais.

Há pouco tempo atrás, o mercado OLAP era dominado por nichos de fornecedores, como Hyperion, Comshare, Microstrategy, com servidores OLAP com preços em geral de dezenas a centenas de milhares de reais, sendo os dados armazenados em bancos de dados multidimensionais, dedicados e autônomos. No entanto, nos últimos anos, os grandes fornecedores de bancos de dados, como Oracle e Microsoft, começaram a entrar no mercado de OLAP, fornecendo servidores OLAP juntamente com seus bancos de dados relacionais tradicionais. As versões iniciais desses servidores OLAP se equiparavam às dos fornecedores de OLAP dedicados, mas novas versões de cada um dos fornecedores a seu modo ameaçam redefinir o mercado OLAP e afastar do jogo os fornecedores de OLAP dedicados. Então, o que a Oracle e a Microsoft estão preparando?

Microsoft Analysis Services 2005

A Microsoft causou um grande impacto sobre o mercado de OLAP em 1998 quando lançou o OLAP Services, um servidor OLAP “gratuito” fornecido com o SQL Server 7.0. O OLAP Services baseava-se na tecnologia Microsoft obtida na aquisição da tecnologia OLAP da Panorama Software Systems. Apesar de seus preços competitivos e do conjunto de recursos, a adoção do servidor OLAP da Microsoft foi limitada até o lançamento do SQL Server 2000, onde foi disponibilizado o Analysis Services. Este incorporou alguns recursos de data mining, foi um enorme sucesso e agora é o servidor OLAP líder de mercado, com 23% do mercado em 2003, à frente do Hyperion que possui 22% e Cognos com 14%.

Apesar de ser fornecido com o SQL Server 2000, o Analysis Services é um produto de servidor a parte e é freqüentemente utilizado com bancos de dados que não são da Microsoft, como o IBM DB2 e o Oracle. No entanto, como o SQL Server foi lançado cinco anos atrás, a tecnologia Analysis Services está ficando ultrapassada e toda a atenção agora está voltada para a versão do Analysis Services que está sendo fornecida como parte do SQL Server 2005."

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?