Os perigos por trás do ScrumBut

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

ScrumBut ocorre quando o Scrum expõe uma disfunção ou uma falha difícil de ser corrigida e que leva a empresa a modificar o Scrum com o intuito de tornar invisível o problema.

De que se trata o artigo?

ScrumBut ocorre quando o Scrum expõe uma disfunção ou uma falha difícil de ser corrigida e que leva a empresa a modificar o Scrum com o intuito de tornar invisível o problema, em outras palavras, tirar a pedra do sapato ou varrer a sujeira para debaixo do tapete.


Em que situação o tema é útil?

É comum encontrar empresas insatisfeitas com os resultados obtidos ao adotarem o framework Scrum para auxiliá-las no gerenciamento do desenvolvimento de produtos complexos. Elas alegam continuar sofrendo os mesmos problemas e dificuldades que enfrentavam antes de adotarem a nova metodologia. No entanto, ao fazer algumas perguntas básicas sobre como a empresa está utilizando o Scrum, logo percebe-se que o método adotado não é Scrum, mas sim, ScrumBut.

Resumo DevMan:

Cada vez mais os gestores de TI são pressionados para entregarem produtos e serviços em tempo recorde. Essa constante exigência faz com que a procura por metodologias ágeis aumente diariamente. No entanto, a decisão de adotar um método ágil de desenvolvimento não garante a eficiência do trabalho.

Nas empresas que adotam Scrum para o gerenciamento no desenvolvimento de produtos complexos, vem se notando um crescimento significativo do termo ScrumBut, ou seja, "Nós usamos Scrum, mas ... ".

Esse artigo aborda o tema ScrumBut, através de diferentes perspectivas de uso do Scrum além de mostrar exemplos, riscos e consequências por trás do ScrumBut. Finalmente, sugere alternativas e técnicas de como evitar modificações no framework Scrum.

Não é mais novidade que TI deixou de ser uma simples ferramenta ou um suporte operacional para virar um importante componente de negócio para as empresas. É comum hoje em dia gestores de TI participarem e até mesmo influenciarem nos planejamentos corporativos. Porém, essa responsabilidade se torna ainda mais pesada quando o mercado exige agilidade, flexibilidade e qualidade nos serviços prestados pelas equipes de TI. Além disso, os modelos de negócios de hoje estão cada vez mais globalizados e inovadores.

Com isso, a competitividade do mercado faz com que o negócio demande ferramentas tecnológicas que facilitem a execução de atividades que compõem seus processos, além de auxiliarem na tomada de decisão. Logo, essa demanda requer um time ágil e eficiente para desenvolver essas ferramentas. Isso levou a uma série de adaptações nos diferentes modelos de engenharia de software, dando origem aos famosos processos ágeis, como o Scrum, por exemplo.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?