QUICK TIPS: Variáveis no PHP - Parte 3

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Olá Pessoal, aqui estamos para mais uma quick tips. Na última tip iniciamos nossa jornada pelas SUPER GLOBAIS do php. Começamos a falar sobre a SUPER GLOBAIS e nesta tips vamos dar sequência falando sobre a SUPER GLOBAIS $_SERVER.



    Olá Pessoal, aqui estamos para mais uma quick tips. Na última tip iniciamos nossa jornada pelas SUPER GLOBAIS do php. Começamos a falar sobre a  SUPER GLOBAIS e nesta tips vamos dar sequência falando sobre a SUPER GLOBAIS  $_SERVER.
    
      Então vamos a ela:

$_SERVER - Informação do servidor e ambiente de execução

$_SERVER é um array contendo informação como cabeçalhos, paths, e localizações do script. As entradas neste array são criadas pelo servidor web. Não há garantia que cada servidor web proverá algum destes; servidores podem omitir alguns, ou fornecer outros não listados aqui.(Manual PHP)

    Para variar, esta também é uma SUPER GLOBAL estruturada em um array. Neste, como a definição do manual diz que nesta SUPER GLOBAL temos informação tanto do servidor onde o script está rodando como também do ambiente do lado do cliente, como por exemplo tipo de browser, linguagem, etc. O array desta SUPER GLOBAL é associativo, onde para a chave do array passamos o nome que irá indicar o informação que queremos acessar e o valor será a informação propriamente dita.

    Atente para o fato de que a chave do array tem que ser uma das chaves pré-definidas, abaixo seguem alguma das mais utilizadas:

echo $_SERVER['PHP_SELF'] - Retorna o nome do arquivo do script que está executando, relativa à raiz do documento. Por exemplo, $_SERVER['PHP_SELF'] em um script no endereço http://www.meusite.com.br/teste/script.php seria /test/script.php


echo $_SERVER['SERVER_ADDR'] - Retorna o endereço IP do servidor onde está o script em execução.

echo $_SERVER['REMOTE_ADDR'] - Retorna o endereço IP do usuário está acessando o site.

echo $_SERVER['HTTP_ACCEPT_LANGUAGE'] - Retorna o conteúdo do header Accept-Language. No header da requisição temos várias informações como por exemplo a linguagem no browser do cliente. Por exemplo, para linguagem Inglês o valor retornado será 'en'.

 
echo $_SERVER['HTTP_USER_AGENT'] - Retorna uma string que nos permite identidicar o browser pelo qual a página é acessada. Um exemplo típico é: Mozilla/4.5 [en] (X11; U; Linux 2.2.9 i586).

    Enfim, existem outras chaves que podem ser utilizadas, para saber mais consulte o manual PHP clicando aqui. Está é uma SUPER GLOBAL  muito utilizada, por exemplo para recuperar o idioma do usuário e redirecioná-lo para o site no seu idioma nativo quando trabalhamos com traduções.

    Quem por exemplo nunca acessou um site e visualizou a seguinte mensagem: "Seu ip de acesso é: 000.000.0.000", então, no PHP teremos que utilizar mais uma vez esta SUPER GLOBAL. Bem, são muitas as utilizadades desta SUPER GLOBAL, basta agora arregaçar as mangas e colocar em prática.

    Abraços pessoal, na próxima tip daremos sequência falando de mais algumas SUPER GLOBAIS. Até mais !!


 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?