Responsabilidades de um Scrum Master

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Este artigo descreve tarefas e responsabilidades do ScrumMaster junto ao projeto e a equipe, demonstrando como este papel pode auxiliar em um processo de desenvolvimento voltado realmente para uma metodologia ágil.

Artigo do tipo Teórico
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre Engenharia.
Responsabilidades de um ScrumMaster
Este artigo descreve tarefas e responsabilidades do ScrumMaster junto ao projeto e a equipe, demonstrando como este papel pode auxiliar em um processo de desenvolvimento voltado realmente para uma metodologia ágil.

Em que situação o tema é útil
Auxiliar o ScrumMaster a focar nas atividades desenvolvidas com o objetivo de ajudar a equipe de desenvolvimento a se adaptar ao processo Scrum, permitindo melhorar a eficiência e performance durante a execução do projeto.

Existem três funções fundamentais na metodologia ágil Scrum: o Product Owner, o ScrumMaster, e a equipe. O Product Owner é responsável por representar o interesse do cliente para o qual o produto está sendo desenvolvido. A equipe é a grande responsável pelo desenvolvimento do produto. Esses dois papéis em conjunto com o ScrumMaster estão envolvidos na execução do projeto; porém, cabe ao ScrumMaster as habilidades de direcionar e facilitar as tarefas realizadas tanto pelo Product Owner quanto pela equipe. Portanto, é um papel difícil e que requer um tipo de personalidade distinta para se ter sucesso.

Costuma-se dizer que o trabalho do ScrumMaster é facilitar as tarefas atribuídas à equipe com o intuito de melhorar sua auto-organização, remover impedimento e alinhar o desenvolvimento ao processo. Entretanto, há uma série de equívocos e desentendimentos sobre este papel. Quando o Scrum é introduzido em uma organização, uma das primeiras etapas decorrentes deste processo é discutir sobre os papéis do Scrum, em especial sobre o ScrumMaster, ao qual recai a afirmação de que ele “não tem autoridade”. Traçando um comparativo entre o papel do Gerente de Projetos e o ScrumMaster, pode-se observar que diversas atividades não devem ser atribuídas a este novo papel. Então, quem poderia desempenhar essas tarefas? Tudo está a cargo da equipe. Esta é uma das razões pela qual uma equipe auto-organizada é essencial para o sucesso de projetos que adotam o Scrum.

É fundamental que o gerente de projetos tradicional esteja convencido e entenda as tarefas que envolvem o ScrumMaster corretamente, caso deseje assumir este papel. Durante as fases do projeto, todo e qualquer mal-entendido levam não só ao seu fracasso, mas, também, ao fracasso de toda a equipe na implementação da metodologia ágil.

Assim, o ScrumMaster torna-se um dos papéis fundamentais do Scrum, tendo a responsabilidade de garantir que este processo seja realizado corretamente, existindo ainda uma gama muito grande de tarefas atreladas. Imagine, por exemplo, o ScrumMaster como se fosse um professor, pois, quando se cria uma equipe Scrum, esta, a princípio, não sabe como se administrar, como trabalhar em prol da equipe, como o cliente será inserido junto ao projeto ou, como se dará a priorização de prazos e tarefas. Então, como um professor, o ScrumMaster é responsável por ensiná-los a realizar isso até que se aprenda, levando-os no processo de tornar-se uma equipe auto-gerenciada. Além disso, o ScrumMaster é como um treinador, sendo responsável por incentivar toda a equipe, tornando seu guia e assegurando que as regras sejam seguidas.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?