Revista MSDN Magazine Edição 20 - Explore Controles no ASP.NET

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Artigo Originalmente Publicado na MSDN Magazine Edição 20

msdn20_capa.JPG

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Explore Controles no ASP.NET

por Rob Howard

Este artigo discute

Este artigo usa as seguintes tecnologias:

·          Controle de Paginação

·          Stored Procedures

·          Customização do controle de servidor

C# e SQL

 

Download:

 

Chapéu

Controles ASP.NET

 

 

Trabalhando há tantos anos no design e no desenvolvimento em ASP.NET na Microsoft, é estimulante ter agora um espaço no qual se possa falar sobre isso. Neste artigo Extreme ASP.NET, descreverei e demonstrarei técnicas e abordagens testadas ao longo do tempo para implementar aplicativos Web de alto desempenho, confiáveis, seguros e amigáveis ao usuário com o ASP.NET.

 

Controles de servidor

Quando você estiver aprendendo a usar o ASP.NET, descobrirá rapidamente que existem várias camadas na tecnologia. O HttpRuntime é a camada mais baixa e possui muitas semelhanças com o modelo de programação IIS ISAPI. Usando o HttpRuntime, você poderia na verdade criar muitas tecnologias, tais como ASP, PHP, Cold Fusion e assim por diante.

O HttpRuntime é simplesmente um mecanismo de processamento de solicitação/resposta. O modelo de página do ASP.NET é então uma implementação no topo do HttpRuntime — algo com o qual a maioria dos desenvolvedores está familiarizada. Dentro do modelo de página do ASP.NET, você se encontrará rapidamente usando controles de servidor para redigir funcionalidades de página ricas e complexas por meio de instruções de declaração simples.

Os controles ASP.NET, mais conhecidos como controles de servidor (porque são executados no servidor) consistem no conjunto de ferramentas do desenvolvedor para escrever rapidamente aplicativos Web. Na verdade, os controles de servidor são a essência do desenvolvimento de páginas em ASP.NET. Com eles, você pode facilmente obter maior funcionalidade para acesso ao banco de dados, calendários, caixas de texto, listas dropdown e muitas outras funcionalidades Web conjuntas comuns. Além disso, você pode fazer isso rapidamente através de programação declarativa.

Quanto mais cedo você perceber quão essenciais são os controles para o modelo de programação de página do ASP.NET, melhor. Por exemplo, no ASP.NET 2.0, existem praticamente 60 novos controles de servidor. O fato de a classe Page ser também um controle indica o quão importante são os controles de servidor para o ASP.NET.

Tanto pessoal quanto profissionalmente, sou a favor de escrever o mínimo de código possível em uma página, encapsulando a funcionalidade da interface do usuário em controles de servidor. Se fizer o download e examinar o Community Server (www.communityserver.org) você descobrirá que 99 por cento das páginas são containers de controles de servidor. Todo comportamento da UI, layout e outros aspectos da interface são acessados estritamente por meio de controles de servidor.

Na edição de março de 2005 da MSDN®Magazine, descrevi 10 dicas de desempenho para escrever aplicativos ASP.NET melhores. Uma dessas dicas consistia em reduzir a quantidade de dados enviada de/para o banco de dados, enquanto outra consistia em reunir vários resultsets juntos para reduzir o número de viagens de ida e volta (round-trips). Neste artigo, analisarei uma combinação dessas dicas e exporei sua funcionalidade por meio de um controle de servidor personalizado que lida com paginação.

 

A necessidade de data paging

Existem duas maneiras de criar um controle de servidor. Uma maneira é pegar qualquer página ASP.NET, fazer modificações secundárias no código e renomear a extensão de aspx para ascx. O controle de usuário pode ser então usado como declaração dentro de outras páginas. A segunda maneira é abrir seu editor de código favorito e escrever uma classe que, no final, derive da classe base Control."

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?