Revista MSDN Magazine Edição 24 - Criando documentos PDF - intermediário

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (0)

Artigo Originalmente Publicado na MSDN Magazine Edição 24

msdn24_capa.jpg

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Criando documentos PDF - intermediário

 

Diversos recursos são encontrados no mercado para se criar arquivos do tipo PDF, alguns são pagos e outros livres com propaganda. Porém, há uma dúvida de como essas três letrinhas tão famosas funcionam. Elas são famosas pela grande aplicação no mercado, seja relatórios, contratos, manuais, formulários e diversos outros tipos de documentos no formato PDF que transitam pela Internet e até mesmo em disquetes.

Mais do que entender esse formato, esse artigo mostra como criar uma classe para gerar esses arquivos facilmente. A utilidade dessa proposta é inestimável, pois conhecimentos para gerar relatórios em PDF coloridos e com imagens serão adquiridos.

 

Entendendo o formato PDF

Antes de estudarmos esse formato precisamos entender a diferença entre arquivo e documento. O arquivo PDF é um conjunto de bits. Então, podemos dizer que um arquivo PDF é um arquivo que vemos como qualquer um outro no Windows. Já o Documento é a parte lógica contida no arquivo, é a interpretação dos conjuntos de bits que levarão ao resultado final esperado.

A estrutura de um arquivo PDF pode ser basicamente definida por, Cabeçalho, Corpo, Tabela Cross-Reference e Trailer como mostrado na Figura 1. O cabeçalho (Header) é a primeira linha do arquivo e indica a versão em que estamos trabalhando, por exemplo: %PDF-1.1. O Corpo (Body) consiste em uma seqüência indireta de objetos que são os elementos do Documento, sendo imagens, fontes, textos e outros que definem a forma visual do documento. A Tabela Cross-Reference contém informações que permitirá o acesso randômico dos objetos indiretos do Corpo. Na tabela, cada objeto é especificado linha a linha e é indicado sua posição dentro do arquivo, de acordo com a quantidade de bytes desde o inicio do arquivo. O Trailer ajuda as aplicações encontrarem rapidamente a Tabela Cross-Reference e o objeto Catalog, que é o objeto pai ou root. As aplicações iniciam a leitura do arquivo a partir do final e na última linha do arquivo contém uma marcação indicando o final do arquivo, exemplo: %%EOF

 

 

image002.jpg

Figura 1. Estrutura básica de um Arquivo PDF

 

O documento PDF tem uma hierarquia própria, é referenciado de um objeto indireto a outro, ou de um conteúdo de objeto a um outro objeto indireto. Para ficar simples de entender a hierarquia e a formação do documento observe a  Figura 2. Apenas os itens com fundo verde serão abordados neste artigo.

 

 

image004.jpg

Figura 2. Hierarquia do Documento PDF

 

Os objetos são formados por: um número identificador, propriedades e conteúdo. São delimitados por “obj” e “endobj” As propriedades por “<<” e “>>” e os conteúdos, não muito diferente quanto a forma, são delimitados por “stream” e ”endstream”.  Veja um exemplo de um objeto indireto, repare na sua identificação “7 0”:

 

7 0 obj<< /Length 0 >>

stream

endstream

endobj

 

Os objetos indiretos ainda podem ser identificados por um nome ou apelido (faremos isso nas imagens e fontes), mas isso não exclui a necessidade de um identificador numérico. Todos os objetos que formam o documento não precisam estar em ordem, mas precisam ser referenciados corretamente, principalmente quando se trata de sua hierarquia.

 

Criando a Classe

Agora que conhecemos um pouco do formato PDF vamos iniciar nosso trabalho. Crie um novo projeto do tipo Class Library, sugerimos o nome “GeradorPDF”. Adicione os namespaces e crie as variáveis como mostrada na Listagem 1.

 

Listagem 1. Início da Classe

using System;

using System.Collections.Generic;

using System.Text;

using System.Drawing;

using System.IO;

 

namespace GeradorPDF

{

    public class PDF: IDisposable

    {

        private int iPGX = 595; //Largura da Página do padrão A4

        private int iPGY = 841; //Altura da Página do Padrão A4

        private string sAutor; // Autor do documento

        private string sTitulo;// Título do documento

        private string XREF = ""; //Armazena a criação da Tabela Cross-Reference

        private List<string> ConteudoPagina = new List<string>();//Armazenará o conteúdo de cada página do documento

        private List<byte[]> XObjetos = new List<byte[]>();//Onde serão armazenadas as imagens JPG.

        private StringBuilder sbAPDF = new StringBuilder();//Para gerar o documento

 

        public const byte FTimes = 1;

        public const byte FHelvetia = 5;

        public const byte FCourier = 9;

        public const byte FSymbol = 13;

        public const byte FZapfDingbats = 14;

        public const byte SNormal = 0;

        public const byte SNegrito = 1;

        public const byte SItalico = 2;

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?