DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login

SQL Server 2005 – Overview

Visão Geral do que será aprendido neste mini curso básico de SQL Server 2005.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo


 Olá pessoal, começo mais uma série de artigos. Desta vez, o assunto é SQL Server Básico.

Pretendo mais à frente fazer outra série de artigos falando sobre SQL Server Avançado.

 Irei falar desde a história do SQL Server, a origem, as versões lançadas, mostrar um tutorial para baixar e instalar o SQL Server 2005, mostrar os objetos do SQL Server, os databases previamente instalados, os comandos mais usados como Select, Insert, Update e Delete, os tipos de constraints, as regras de relacionamento, MER, DER. 

  Falarei também das cláusulas Where, Order By, Like, Inner Join, Group By e muito mais!


 Vocês podem me perguntar: porquê falar da versão 2005 e não da versão 2008, já que é mais nova? E eu lhes respondo: estou usando como base de meus artigos minha apostila da Impacta, onde fiz cursos de SQL Server 2005. Sem contar também que não há grande diferença entre as versões 2005 e 2008. De qualquer forma irei postar algumas coisas sobre SQL Server 2008, como um tutorial para instalação.

 Começando a partir de agora a falar sobre a introdução e origem do SQL e as diferenças entre versões 2000, 2005 e 2008. Veja:

 Introdução e origem do SQL Server – O SQL Server é um SGBD – Sistema Gerenciador de Banco de Dados criado pela Microsoft. Um banco muito robusto usado por sistemas corporativos de diversos segmentos. A sigla SQL significa Structured Query Language (Linguagem Estruturada de Consulta) e é um padrão ANSI desde 1986 e ISO desde 1987. Usada principalmente para alterar, consultar, incluir e excluir registros, com um leque muito variado de opções para manipular dados.

 Hoje em dia conta com três versões: o T-SQL (Transacted Structured Query Language - padrão Microsoft), PL/SQL (Procedural Language/Structured Query Language - padrão Oracle) e SQL PL (SQL Procedural Language - padrão IBM).

 A linguagem foi desenvolvida em meados da década de 70, com base nos trabalhos sobre bancos de dados relacionais de Edgar Francis Codd. Apesar de que, em 1969, uma versão “beta” já circulava nos corredores da IBM. Na década de 70, um grupo de IBM desenvolveu o sistema de banco de dados System R, tendo como base os trabalhos de Edgar F. Codd, como dito acima. A linguagem desenvolvida para manipular os dados deste modelo se chamou SEQUEL (Structured English Query Language), mais algum tempo depois mudou para SQL, pois uma marca da Inglaterra já usava o nome SEQUEL.

 No fim da década de 70, IBM e Oracle (na época com o nome de Relational Software Inc.) desenvolveram sistemas baseados nos conceitos do SQL.

 Em 1979, três empresas se juntaram (Sybase, Microsoft e Ashton-Tate) com o intuito de desenvolver um produto para concorrer com os bancos de dados da IBM e Oracle. Assim nasce o SQL Server 1.0 para OS/2.

 Somente em 1992, a Microsoft lança seu próprio banco de dados, chamado de Microsoft SQL Server 4.2. Após isso foram lançadas diversas versões: 4.21 para Windows NT, 6.0, 7.0 (com interface gráfica) e 2000 (o primeiro que teve uma versão para a plataforma de 64 bits da Intel.

 As versões mais recentes tiveram diversas alterações. Em Novembro de 2005 é lançado o SQL Server 2005 com aumento de performance e alterações na IDE, nos comandos, integração com a CLR, entre outras. A última versão teve mais alterações como novos tipos de dados, segurança e performance melhorados, etc.

Fontes de pesquisa:

Wikipediahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Sql-server

Blog 50 Minutoshttp://www.50minutos.com.br/blog/post/Algo-sobre-o-SQL-Server.aspx

 Diferenças entre versões –

- No SQL Server 2000, temos 6 tipos de versões que podem ser instaladas, vejam a seguir um breve descritivo de todas elas:

 1 – Enterprise Edition – Esta versão suporta todas as funcionalidades do SQL Server 2000 e pode ser utilizada tanto em um ambiente OLTP como em OLAP.

2 – Standard Edition – Esta versão suporta quase todas as funcionalidades da versão Enterprise, com algumas limitações e restrições ao serviço Analysis Services.

3 – Personal Edition – Esta versão possui quase tudo o que a versão Standard possui, com a exceção de que não podemos criar um Publicador/Distribuidor em uma replicação transacional. Há também uma limitação de performance quando mais de 5 usuários enviam instruções SQL ao mesmo tempo.

4 – Windows CE Edition – Versão para dispositivos portáteis que armazena temporariamente uma pequena quantidade de dados para depois transferir para outro SQL Server 2000. Possui diversas limitações.

5 – Developer Edition – Possui todas as funcionalidades da versão Enterprise. A única limitação é que, como o próprio nome diz, esta versão é exclusiva para o desenvolvimento de aplicações em ambiente de desenvolvimento e não em um ambiente de produção.

6 – Desktop Engine – Este é somente o engine do SQL Server, sem ferramentas gráficas. Não podemos criar um banco com mais de 2GB e possui a mesma limitação que a versão Personal. Esta versão é também chamada de MSDE e pode ser distribuída livremente sem a necessidade de licença.

- No SQL Server 2005, temos também 6 versões:

1 – Express Edition – Esta versão pode ser baixada gratuitamente e a mais utilizada por desenvolvedores e estudantes da área. Conta com uma limitação de 4GB para os arquivos de dados

2 – Workgroup Edition – Versão para empresas, que precisam utilizar bancos de dados sem limites quanto ao tamanho e à quantidade de usuários.

3 – Developer Edition – Versão para o desenvolvedor, permite desenvolver qualquer tipo de aplicação.

4 – Standard Edition – Oferece uma solução para pequenas e médias empresas que buscam uma solução fácil de utilizar e que seja capaz de suportar atividades comerciais.

5 – Enterprise Edition – Opção mais indicada para os usuários que buscam a versão com maior escalabilidade e disponibilidade.

6 – Mobile Edition – Com esta edição, o desenvolvimento de aplicações relacionadas à Business Inteligence e ao gerenciamento de dados pode ser implementado em dispositivos móveis.

- No SQL Server 2008, temos 5 versões:

1 – Enterprise Edition – Usada por grandes empresas que precisam de um fluxo maior de dados. Há outras duas versões, Developer e Evaluation, que tem as mesmas funcionalidades da Enterprise com algumas restrições em seu licenciamento. As diferenças entre as versões Standard e Enterprise são maiores no SQL 2008 do que na versão 2005.

2 – Standard Edition – Versão para pequenas e médias empresas, tem um maior poder em análise de dados e Reporting Services.

3 – Workgroup Edition – Inclui os recursos básicos dos bancos de dados relacionais, é muito usado para funções de replicação de dados. Mais apropriada para empresas que precisam de performance em sincronização remota ou para servidores geograficamente distantes.

4 – Express Edition – Versão gratuita do SQL Server, essencial para quem quer aprender a construer aplicações pequenas. Usada em larga escala por estudantes.

5 – Compact Edition – Mais uma versão gratuita do SQL Server, usada principalmente em aplicativos móveis, mais também em desktops e clientes.

Fontes de pesquisa:

IMasters – http://imasters.uol.com.br/artigo/263/sql_server/as_diferentes_versoes_do_sql_server/

DevBr.Net – http://devbr.net/blog/?p=6

 Aguardem a próxima parte do curso!

 Abraços. 




Tecnólogo em Análise de Sistemas, atua na área de Desenvolvimento .NET com aplicações Web a 2 anos, onde trabalha atualmente com a linguagem C# usando a tecnologia ASP.NET, no desenvolvimento em camadas usando o banco de dados SQL [...]

O que você achou deste post?
Conhece a assinatura MVP?
Serviços

Mais posts