Subir uma base de dados MySQL com a estrutura e os dados

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (1)

Veja como subir uma base de dados MySQL com a estrutura e os dados.



Miguel Angel Alvarez
Artigo publicado no site Criaweb: www.criarweb.com

Como transferir uma base de dados MySQL que temos em local ao nosso servidor remoto, incluindo tanto a estrutura das tabelas como os seus dados.


Se a base de dados que queremos subir está cheia de informação e desejamos que se conserve uma vez subida a base de dados a remoto, temos de realizar um backup da base de dados e restaura-lo em remoto.

Nota: Estas recomendações pensadas para subir uma base de dados MySQL que esteja em local a uma base de dados MySQL que tenhamos contratado em remoto. Se a base origem não é MySQL estaríamos a falar de uma migração de bases de dados, mas isto será visto num artigo mais a frente.


Neste caso o processo seria muito parecido ao de subir uma base de dados vazia, relatado anteriormente, excepto que agora temos de extrair não só a estrutura da base de dados, mas também os registos que contém.

Para fazer isto podemos utilizar mysqldump ou PhpMyAdmin, seleccionando a opção que indica que o backup contem a estrutura e os dados (Structure and data).

A estrutura e os dados vêem num ficheiro de texto com uma serie de sentenças SQL para criar as tabelas e os insert necessários para introduzir cada um dos dados.

Para restaurar a base de dados, vamos seguir os mesmos passos como para o caso em que a base de dados está vazia, com a ajuda de uma instalação de PhpMyAdmin em remoto ou MyCC, que se conecte a base de dados contratada no servidor de Internet.

Se temos problemas para subir o ficheiro de backup da base de dados é possível que o nosso provedor de alojamento nos possa ajudar a subir o ficheiro e restaura-lo. Como o provedor dispõe dos serviços nas suas próprias instalações, tem muitas mais possibilidades para trabalhar com as bases de dados do que nós, sem temor a que as lentas comunicações pela internet nos dêem erros na restauração dos dados.

Se o nosso provedor não pode ajudar-nos, de certeza que dispõem ou nos pode indicar algum mecanismo para realizar a tarefa sem erros. Pode acontecer que algum provedor nos diga que se encarrega de tudo mas que nos exige um pagamento pelas horas de trabalho da pessoa que vai restaurar o backup da base de dados. Se não dispõe de facilidades nem sequer nisto, provavelmente seja melhor ir pedindo-lhe o dinheiro de volta porque o seu serviço quase de certeza não vai ser de qualidade.

 Miguel Angel Alvarez

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?