Técnicas de Search Engine Optimization

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Algumas dicas do que fazer e não fazer para que seu site suba no rank dos principais mecanismos de busca.

Se você trabalha com desenvolvimento de portais web e não sabe o que é Search Engine Optimization (SEO), é melhor começar a se preocupar com isso, pois o trem já partiu faz tempo e você está ficando perigosamente para trás. Mas em que consiste o SEO? SEO nada mais é do que práticas a serem seguidas na criação e manutenção de sites, tendo em vista uma melhor colocação no rank de sites de buscas, e nesse artigo eu vou explicar algumas técnicas básicas, com coisas simples que você pode fazer para melhorar o rank do seu site. Mas não espere nenhuma fórmula milagrosa para ficar no topo, pois isso não existe e a mudança é sentida de forma gradual, não adianta  fazer algumas mudanças e achar que você vai subir no rank na mesma hora.

Palavras chaves

A coisa mais importante de se fazer na hora de otimizar um site para mecanismos de busca é definir quais são as palavras chaves importantes que os visitantes e futuros visitantes de seu site usam para achar o site. Todo serviço de hospedagem decente tem uma ferramenta que mostra os acessos de seu site e, o mais importante para nós agora, quais palavras chaves e quais ferramentas de busca que levaram o visitante ao seu site. Gaste um bom tempo nessa fase, navegue um pouco pelas principais ferramentas de busca (lembre-se de sempre visitar o google.com e o google.com.br, pois as páginas aparecem em rank diferente em cada uma delas) e veja como seu site está posicionado, procure pensar em outras formas que a pessoa pode procurar o seu site. Se o seu site é uma vitrine para um serviço que atende apenas à uma determinada região, faça buscas levando isso em conta, procurando pelo serviço e o nome da região, por exemplo. E o mais importante, tente descobrir por que você está bem com uma palavra chave e não está bem com outra, existem mais concorrentes aparecendo antes de você quando você muda a palavra chave para algum sinônimo? Procure também conversar com outras pessoas leigas no assunto que seu site aborda, sobre como elas procurariam seu site nos mecanismos de busca, quais palavras chaves usariam para procurar um serviço como o oferecido pelo site que você está otimizando. Basta lembrar que o que é uma prótese dentária para o especialista, é uma dentadura para o leigo que precisa dela.

Estrutura e formatação da página

Tente sempre manter o seu código o mais simples possível, use e abuse de CSS para manter sempre o código enxuto, leve em conta  que os spiders (programa/script que navega pela Internet de forma automática coletando informações sobre os sites por onde passa) lêem o código do seu site, eles não ligam se o site é bonitinho ou não. Procure sempre usar links simples, nada de menus em Flash, dhtml, JavaScript, etc.

Use bem as tags bold, header, etc para definir quais os conteúdos relevantes em sua página, só tome cuidado para não abusar muito pois ao invés de valorizar o conteúdo que realmente importa você vai mostrar para o spider que só usa essas tags como formatação visual, não de conteúdo.

Também procure sempre usar as tag alt e title nas imagens, assim o spider sabe sobre o que é aquela imagem.

Uma dica, que o próprio Google dá, é sempre é testar sua página com um navegador de texto, como o Lynx. Se estiver muito ruim de navegar então o spider também vai ter dificuldades para navegar em seu site.

Flashes

As maiorias dos spiders bons já conseguem ler textos simples dentro de arquivos SWF, mas tente evitar usar flash em conteúdo relevantes de seu site, pois se você vetorizar um texto importante para usá-lo em alguma animação, o spider já não vai mais conseguir ler esse texto e não vai indexá-lo. Por esse mesmo motivo tome cuidado com as imagens, não use imagens para colocar apenas textos, principalmente em títulos importantes, pois o spider não vai conseguir ler o texto dentro da imagem.

Tags meta

Sempre defina as tags meta description e meta keywords, e não tenha preguiça de fazer descrições diferentes e que realmente descrevam o conteúdo da página, principalmente para as páginas relevantes. Também não entupa o meta keywords com palavras chaves que não estão relacionadas com o seu site, faça uma seleção consciente das palavras chaves importantes para a página, não adianta simplesmente jogar algumas dúzias de palavras e achar que isso vai ajudar em seu rank.

Links, titles e afins

Outra coisa que você deve levar em consideração na hora de otimizar um site são os títulos da pagina (title), procure usar palavras chaves no title da página também, mas sempre tendo um bom gosto de não exagerar e entupir o titulo com uma dúzia de palavras chaves. Um exemplo disso é a empresa Fulanex Movéis, que no titulo de sua pagina tem apenas Fulanex Movéis o ideal seria mudar isso para Movéis sobre medida Fulanex ou até aumentar um pouco colocando outra informação relevante.

Também devemos levar em conta o nome do arquivo da página, ao invés de usar nomes sem sentido como 01.html, qwerty.html, use nomes que tenham a ver com o que a pagina oferece, como lojas.html, contato.html, ou até mesmo nomes grandes como chingling_cortador_de_cabelos.html. Leve os nomes em conta quando for criar subdiretórios e também nos nomes de imagens. E caso você esteja começando um site agora, tente conseguir um domínio com algumas palavras chaves embutida. Por exemplo, se você está criando um site para uma companhia de radio táxi, pq não incluir no domínio a palavra táxi?

Textos e páginas dinâmicas

Uma das coisas mais importantes que você deve ter em mente na hora de otimizar o site é ver se os textos estão realmente bons. Você sempre deve se perguntar, se o texto do seu site é realmente relevante sobre esse assunto, se ele tem todas as palavras chaves relevantes sobre o assunto. Mas tome cuidado para não criar um texto Frankenstein cheio de palavras chaves misturadas, mas que não se encaixam direito para formar um bom texto.

Caso o seu site seja totalmente dinâmico, é recomendável fazer algumas páginas estáticas com as principais palavras chaves de seu interesse diretamente na home. Um exemplo prático disso seria um site de alguma ONG que ajuda na alfabetização de adultos. Pode-se fazer no primeiro nível alguns links estáticos que expliquem sobre a ONG, seu trabalho, etc que seriam indexados pelos mecanismos de buscas, enquanto o restante do site continua dinâmico.

Mas isso quer dizer que os spiders não navegam por sites dinâmicos? Não, a maioria dos spiders navegam sim por páginas dinâmicas, mas algumas vezes eles podem ter problemas, como não conseguir passar por formulários. Muitos spiders também estão configurados para não entrarem profundamente em páginas dinâmicas que possuam muitas variáveis na URL. Por isso é sempre bom manter algumas páginas estáticas no seu site, ou não abusar muito nas variáveis que são passadas via URL, pois os spiders (pelo menos o googlebot) param sua navegação em um site quando acham que vão “se perder”, ou seja, quando a variação entre as páginas é muito pequena para ter alguma relevância. E tocando no assunto de variação das páginas, evite duplicar o conteúdo integral de uma página em outras páginas.

Caso seu site inteiro seja dinâmico e precise ser totalmente indexado, como uma loja virtual ou um site de notícias, procure configurar o seu server para transformar URLs como www.katamari.com.br/produto.php?id=18735891  em  www.katamari.com.br/pvc-figures/action-figures/ignis-jingai-makyo-max-factory/prod_133.html

Pois além de “enganar” os spider fazendo com que ele pense que o site é estático ainda você pode fornecer uma URL com palavras chaves que ajudem seu rank.

Page rank e robots.txt

Page Rank nada mais é que uma nota que o Google dá a uma página. A forma exata de como é calculado esse page rank é um mistério, mas podemos dizer o seguinte: o page rank é baseado levando em conta quantos links o seu site recebe de site considerados reais (sites que não foram criados apenas para linkar outros sites como os famosos “links farm”) e qual o page rank do site que fez um link para o seu site, o seu page rank também aumenta com os links que você fizer para outros que o googlebot ache que tem a ver com o conteúdo de sua página.

Tome muito cuidado para não cair na tentação de usar um desses links farm, ou sair fazendo spam do seu link em milhares de lugares, pois o Google afirma que seu spider consegue distinguir quais links são bons e quais são apenas spam, e conseguem punir os spammers, diminuindo sua posição no rank de busca.

Um jeito simples de você verificar o page rank de seu site é acessando o link http://pr.blogflux.com/index2.php . Tome cuidado ao pedir para alguém linkar o seu site, pois para o Google o page rank do site www.chingcompany.com.br é diferente de chingcompany.com.br.

Conclusões

SEO não é nenhuma fórmula mágica que vai garantir que seu site fique em primeiro lugar em todas as ferramentas de busca, e sim, padrões de desenvolvimento que no final vai ajudar você a ter um site melhor. Como o próprio Google diz em seu centro de ajuda “dê aos visitantes as informações que eles procuram”, isso quer dizer que seu site for realmente bom naquele assunto, mais cedo ou mais tarde vai estar bem posicionado nas buscas.

 Também existe pelo menos uma dúzia de empresas que oferecem serviço para otimizar sites para os mecanismos de busca, mas procure não cair em armadilha de empresas que prometem milagres, e cuidado com os atalhos, pois você pode ficar alguns meses no topo, mas se o sistema de busca descobrir que você está trapaceando, você pode tanto cair para as últimas pginas, quanto ser totalmente excluído das buscas. Por isso, nada de atalhos, trabalhe muito para que seu site fique no topo e olho aberto nas novidades, o próprio site do Google oferece algumas respostas, mas não espere encontrar como funciona exatamente a busca deles, pois esse é um segredo tão bem guardado quanto a formula da coca cola,

E finalizando, espero que esse artigo ajude vocês a darem seus primeiros passos nessa área.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?