UML Unified Modeling Language – Parte 02

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Neste artigo veremos a continuação de modelos de elementos.

st1\:*{behavior:url(#ieooui) }



Cristiane Greziak, Mônica Antunes, Renata Ely Sayago, Viviane Luz

2.           Modelos de Elementos

São os conceitos utilizados nos diagramas, os elementos da UML são blocos de construção para os modelos dos diagramas são essenciais para o entendimento da UML, cada elemento tem um propósito, regras e notações diferentes. Alguns elementos podem ser usados em diferentes diagramas.

Relacionamentos:

São as ligações entre os elementos dos modelos UML. Os elementos estão ligados uns aos outros, especificando o que cada elemento significa ao outro e qual o grau de ligação deles, ou seja, qual a relação lógica existe entre os elementos. A estas ligações damos o nome de Relacionamentos.

Tipos de Relacionamentos

• Associação - Representa uma ligação entre dois elementos. Ainda podem expressar a cardinalidade (ou multiplicidade) e a navegação (sentido) da associação.
<!--[if !supportLineBreakNewLine]-->
<!--[endif]-->

Na figura 1 temos uma associação simples entre duas entidades, cliente e conta corrente, onde uma possui a outra e vice e versa. 

net-27-06-2008pic01.JPG
Figura 1 - Associação Simples

• Associação Recursiva – Acontece quando um elemento se conecta a ele mesmo, e a associação tem alguma semântica no modelo.

Na figura 2 mostramos como é possível conectar uma entidade a ela mesma através de uma associação recursiva e que ainda representa semanticamente a conexão entre dois objetos, mas os objetos conectados são da mesma entidade.

 

net-27-06-2008pic02.JPG
Figura 2 - Associação Recursiva     

                                      

• Associação Exclusiva – Quando algumas combinações de associações não são compatíveis no domínio do problema. É uma restrição entre duas ou mais associações. 

Na figura 3 podemos notar que objetos de uma entidade podem participar de no máximo uma das associações em um dado momento. Uma associação exclusiva é representada por uma linha tracejada entre as associações que são partes da associação exclusiva, com a especificação "{ou}" sobre a linha tracejada.


net-27-06-2008pic03.JPG
Figura 3 - Associação Exclusiva

 

• Associação de Classe – Uma classe pode ser associada a uma associação. Serve para adicionar informações extras à associação existente.

Na figura 4 a associação da classe Fila com a associação das classes Cliente e Processo pode ser estendida com operações de adicionar processos na fila, para ler e remover da fila e de ler o seu tamanho. Se operações ou atributos são adicionados a associação, ela deve ser mostrada como uma classe.

 

net-27-06-2008pic04.JPG        
Figura 4 - Associação de Classe

 

• Associação Ternária – Usada quando mais de duas classes podem se associar entre si. Ela é mostrada como um grande losango (diamante) e ainda suporta uma associação de classe ligada a ela, traçar-se-ia, então, uma linha tracejada a partir do losango para a classe onde seria feita a associação ternária.

Na figura 5 a associação ternária especifica que um cliente poderá possuir 1 ou mais contratos e cada contrato será composto de 1 ou várias regras contratuais.

 

net-27-06-2008pic05.JPG 
Figura 5 - Associação Ternária

 

 • Agregação – Este é um caso particular de associação. Indica que um elemento é parte ou está contida em outra classe. Representa uma relação do tipo parte/todo.

Na figura 6 um jogador pode ser membro de uma Equipe ou várias Equipes em determinado momento.


net-27-06-2008pic06.JPG
Figura 6 – Agregação

 

• Agregação de Composição – É um relacionamento onde um elemento está contido em outro, ou seja, a vida de um depende do outro, e os seus tempos de vida são os mesmos.   

Na figura 7 o objeto da entidade que contém for destruído, as entidades da agregação de  composição serão destruídas juntamente já que as mesmas fazem parte da outra, se tirar o coração a pessoa morre.


net-27-06-2008pic07.JPG
Figura 7 – Agregação de Composição

 

• Generalização ou Herança - A generalização é um relacionamento entre um elemento mais geral e um mais específico.

Na figura 8 a generalização normal é representada por uma linha entre as duas entidades, conta corrente e poupança, que fazem o relacionamento, sendo que coloca-se um seta no lado da linha onde encontra-se a superclasse no caso a conta corrente indicando a generalização.

 

net-27-06-2008pic08.JPG
Figura 8 – Generalização

 

• Dependência - A dependência é uma conexão semântica entre dois elementos, um independente e outro dependente.

Na figura 9 existe uma relação de dependência é simbolizada por uma linha tracejada com uma seta no final de um dos lados do relacionamento. E sobre essa linha o tipo de dependência que existe entre as duas classes. A entidade Aplicação <> da entidade Janela.  


net-27-06-2008pic09.JPG                  
Figura 9 – Dependência

 

• Refinamento - O relacionamento de refinamento ocorre entre dois elementos parecidos, em diferentes níveis de abstração.

A figura 10 mostra como os refinamentos são simbolizados por uma linha tracejada com um triângulo no final de um dos lados do relacionamento e são usados em modelos de coordenação.                         

net-27-06-2008pic10.JPG
Figura 10 –
Refinamento

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?