DevMedia
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Este é um post disponível para assinantes MVP
###

Video: Visual Basic.Net(curso básico)-Parte XLV-Serialização de objetos

Nesta vídeo-aula, aprenderemos o é a serialização,para que serve e onde podemos utilizá-la.

[fechar]

Você não gostou da qualidade deste conteúdo?

(opcional) Você poderia comentar o que não lhe agradou?

Confirmo meu voto negativo

Atenção! Este vídeo necessita do aplicativo DevMedia Player para ser executada. Clique aqui para baixar o aplicativo

Título: Visual Basic.Net(curso básico)-Parte XLV-Serialização de objetos

Tempo: 19:56 min

Mini Resumo: O Visual Basic .Net é uma das linguagens do Microsoft .Net framework que possui aprimorados recursos, inclusive para serialização.A serialização é um modo de persistir objetos para serem gravados em arquivos, para serem transmitidos via rede, para serem armazenados em banco de dados, etc. Assim a serialização é conversão de um objeto para um formato que possa ser gravado em um arquivo, banco de dados ou transmitido via rede sem perder nenhum dos dados desse objeto, ou seja, a grosso modo podemos dizer que a serialização é o processo de gravação de objetos em arquivos.O Visual Basic .Net permite fazer a serialização para formato binário e XML, e o processo é bastante simples, onde apenas determinamos que a classe pode ser serializada e fazemos a conversão do objeto da classe em um formato binário ou XML serializado. A deserialização e o processo contrário da serialização, ou seja, é a construção do objeto a partir dos dados gravados no arquivo.

Tecnologias utilizadas: VB.NET, Visual Studio 2008

Exemplos construídos: Exemplo prático em VB.Net

Palavras chaves: Curso, VB.NET, Visual Basic .Net, Visual Studio 2008, Serialização, Deserialização.



Euclides Lourenço Chuma (euclides@w2c.com.br) é graduado em Matemática pela Unicamp e desenvolvedor com certificações MCP, MCAD, MCTS e MCPD. Trabalha há mais de 15 anos no desenvolvimento de softwares.

O que você achou deste post?
Publicidade
Serviços

Mais posts