Vue.js: Utilizando data bind unidirecional e bidirecional

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (7)  (0)

Neste artigo conheceremos o Vue.js, um framework que tem por objetivo otimizar a construção das views de uma aplicação, utilizando para isso a ligação entre o código HTML e o JavaScript.

Motivação

O Vue.js é um framework JavaScript que, semelhante a outros, como Angular, Aurelia e React, tem o objetivo de otimizar a criação de interfaces web modernas e reativas. Para isso, ele utiliza conceitos como data bind (uni e bidirecional) e componentes, muito comuns no desenvolvimento web atualmente.

Tendo como um de seus diferenciais a leveza (para usar o framework, basta incluir um pequeno arquivo JavaScript), o Vue.js permite, por meio de uma sintaxe simples, ligar a interface gráfica da aplicação a dados e métodos do JavaScript. Com ele, tarefas como exibição ou captura de dados da tela e exibição condicional de certos elementos, que normalmente seriam feitas com jQuery, são simplificadas e passam a ser gerenciadas pelo próprio framework.

Nesse artigo conheceremos os conceitos e características iniciais do Vue.js e veremos o que é necessário para utilizá-lo em nossos projetos.

Instalação do Vue.js

O framework Vue.js consiste de um pequeno arquivo JavaScript e, portanto, sua “instalação” resume-se à adição da referência a esse script na página HTML, seja baixando o arquivo na página oficial, seja apontando para a CDN (Content Delivery Network), da seguinte forma:

<script src="https://unpkg.com/vue"></script>
A partir daí, já é possível utilizar os recursos do Vue.js. O primeiro passo para isso é criar uma instância da classe Vue com sua propriedade el apontando para o id de um elemento da página, o qual representará o container principal da aplicação. Na Listagem 1 podemos ver como isso é feito.
  01 <div id="app">
  02 
  03 </div>
  04 
  05 <script src="https://unpkg.com/"></script>
  06 <script>
  07     var app = new Vue({
  08         el: '#app'
  09     });
  10 </script>
  
Listagem 1. Iniciando a aplicação com Vue.js

Aqui é importante observar que a propriedade el da instância de Vue contém o símbolo de cerquilha (#), semelhante ao que fazemos no CSSpara referenciar o id de um elemento. Além disso, é fundamental que o script em que criamos essa inicialização seja adicionado após a referência ao arquivo JavaScript do framework.

Observação: o nome dado ao objeto Vue (app - na linha 7) não precisa ser igual ao id da div que estamos referenciando.

Data bind unidirecional

Um dos principais recursos do Vue.js é seu mecanismo de data binding, uni e bidirecional, que permite ligar as tags HTML aos dados definidos no JavaScript. Uma vez feita a ligação, o elemento da interface passará a ser atualizado sempre que os objetos no script sofrerem mudanças. A essa relação damos o nome de one-way bindind. Quando essa atualização acontece nos dois sentidos, podemos dizer que temos o two-way binding.

Para realizar o data bind, é necessário declarar a propriedade data no objeto Vue e definir nela as demais propriedades que serão ligadas às tags HTML. Feito isso, para exibir seu valor na tela podemos usar a sintaxe {{ propriedade }}, como vemos na Listagem 2.

  01 <div id="app">
  02     <h1>{{ titulo }}</h1>
  03 </div>
  04 
  05 <script src="https://unpkg.com/vue"></script>
  06 <script>
  07     var app = new Vue({
  08         el: '#app',
  09         data : {
  10             titulo : 'Página de Cursos'
  11         }
  12     });
  13 </script>
  
Listagem 2. Ligação de dados unidirecional

Na linha 2, temos uma tag h1 que deverá exibir o conteúdo da propriedade titulo, definida na linha 10. Aqui é importante observar que a instância de Vue está diretamente ligada à div de id app. Logo, para que o data bind funcione, as tags com as quais desejamos ligar os dados devem estar no interior dessa div.

Ao abrir esse documento no browser, veremos que o Vue.js renderiza o conteúdo dinamicamente, resultando no que mostra a Figura 1.

Conteúdo exibido dinamicamente via data bind
Figura 1. Conteúdo exibido dinamicamente via data bind

Data bind bidirecional

No exemplo anterior, fizemos uso do data bind unidirecional. Dessa forma, não podíamos fazer alterações nos dados a partir da view. Para que isso seja possível, devemos realizar essa ligação por meio da diretiva v-model.

Para testar esse recurso, podemos inserir um input dentro da div app. Ao alterar o conteúdo desse input, o objeto que está ligado a ele será automaticamente atualizado. Vejamos um exemplo disso no código abaixo:

<input type="text" v-model="titulo">

Agora, se atualizarmos o documento no browser, teremos o resultado apresentado na Figura 2.

Ligação de dados bidirecional
Figura 2. Ligação de dados bidirecional

Com isso, sempre que o conteúdo do input for alterado, essa mudança será refletida na propriedade titulo e, consequentemente, em todos os elementos visuais que estiverem ligados a ela, como a tag h1, adicionada anteriormente.

Além das funcionalidades básicas de ligação de dados, o Vue.js permite, também, ligar os elementos da tela a funções do JavaScript, simplificando o tratamento de eventos.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Ficou com alguma dúvida?