Web Semântica - Revista SQL Magazine 92

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Este artigo apresenta o conceito de Web Semântica. Uma nova tecnologia a ser adotada na Web para fazer com que dados sejam armazenados de maneira mais eficiente e eficaz permitindo a interação mais efetiva entre sistemas computacionais e humanos no gerenciamento e utilização destes dados previamente armazenados.

De que se trata o artigo

A Web Semântica é imprescindível para fornecer maior sentido aos dados hoje armazenados de maneira “ad hoc” na internet, de uma maneira geral. Ela possibilitará que máquinas possam “tomar decisões” com base em requisições dos usuários e nos dados armazenados na web, estejam eles em bancos de dados relacionais ou mesmo arquivos XML.

Este artigo apresenta o conceito de Web Semântica. Uma nova tecnologia a ser adotada na Web para fazer com que dados sejam armazenados de maneira mais eficiente e eficaz permitindo a interação mais efetiva entre sistemas computacionais e humanos no gerenciamento e utilização destes dados previamente armazenados.


Em que situação o tema é útil

No desenvolvimento de sistemas de e-commerce, sistemas de agenda/compromissos ou qualquer tipo de sistema que necessite troca de informações e tomada de decisões através da web, a Web Semântica se mostra bastante eficiente e eficaz para o cruzamento e gerenciamento destas informações.

Resumo DevMan

A Web Semântica é um modelo que promete organizar informações na Web. A Web deixará o status de simples “apresentador” de informações para o status de “interpretador” de informações.

A organização dos dados e utilização “inteligente” dos mesmos passa a ser o grande diferencial da utilização da Web Semântica.

Essa promessa tem levantado uma série de expectativas diferentes. Algumas destas expectativas são apresentadas neste artigo, bem como algumas definições do conceito de Web Semântica, algumas perspectivas de aplicação, analogias e pontos de vista discordantes.

Autores: Ricardo Rezende e Seila Vasti Faria de Paiva

A Web como conhecemos hoje foi definida como Web Sintática e nela os computadores apresentam a informação e a interpretação fica por conta dos humanos.

Sabemos que é muito mais difícil a tarefa de interpretar os dados do que simplesmente apresentá-los, pois para interpretar é preciso avaliar, classificar e selecionar as informações de interesse, uma tarefa não muito simples para os computadores fazerem.

Em contrapartida a essa Web Sintática, foi idealizada a Web Semântica (ver Nota DevMan 1), através da qual se buscam mecanismos que capturem o significado das páginas, criando um ambiente no qual os computadores possam processar e relacionar conteúdos provenientes de várias fontes.

Para que isso se torne possível, é necessário embutir semântica na estrutura dos documentos disponíveis na Web, conforme K. Breitman cita em seu livro “Web Semântica – A Internet do Futuro” (ver seção Bibliografia).

A Web é um lugar de ação e não apenas de informação e o propósito dos dados globais é atender às necessidades humanas, aponta A. Dix no livro “From the Web of Data to a World of Action” (ver seção Bibliografia).

Para ajudar as pessoas a compreender o que é a Web Semântica e as oportunidades potenciais que serão habilitadas por esta nova tecnologia, foi sugerido por M. C. Schraefel fazer as analogias apresentadas na Figura 1.

Permitir que as pessoas explorem, associem e conectem informações para obter novos conhecimentos é a promessa da Web Semântica. Essa promessa tem levantado uma série de expectativas diferentes, e essas expectativas (que serão descritas nas próximas seções) podem ser vistas em três perspectivas diferentes. A Web Semântica levanta questões pragmáticas e poderemos abordá-las rapidamente a partir de três ângulos, como afirmam C. C. Marshall e F. M. Shipman no livro “Which Semantic Web” (ver seção Bibliografia).

Figura 1. Analogias sugeridas por Schraefel para Web e Web Semântica.

Nas seções seguintes são listadas algumas perguntas básicas cujas respostas nos permitirão adotar padrões da Web Semântica, métodos, práticas e adaptar seu poder computacional para um conjunto semelhante às atividades humanas.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?