XML Web Services: Desenvolvendo e consumindo com .NET

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Neste artigo, será feita uma introdução aos Web Services desenvolvendo-os usando Microsoft .NET e o Visual Studio 2005.

Esse artigo faz parte da revista .NET Magazine edição 58. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

imagem_pdf.jpg

 

Easy .NET

XML Web Services

Desenvolvendo e consumindo com .NET

 

Resumo do DevMan

Os Web Services são um tipo especial de software que fornecem funcionalidades através de uma rede ou mesmo da Internet. Com eles é possível que se tenha um processamento distribuído, onde computadores separados fisicamente realizem tarefas distintas. Através destes é possível ter a lógica de uma aplicação em computadores separados fisicamente e permitir que outras máquinas façam uso desta lógica sem necessitar de programas mais complexos

 

Com o crescimento da importância da Internet, muito cedo surge a necessidade de se usar não somente os dados localizados em um servidor distante, como também consumir a lógica e as regras de processamento existentes neste.

Numa aplicação típica cliente-servidor, um software no computador local, busca os dados em um servidor, que geralmente possui um gerenciador de banco de dados, realiza o processamento localmente e envia estes dados de volta para o servidor.

Os Web Services permitem que o armazenamento, agregação e análise dos dados seja feito em um servidor e páginas HTML, aplicações Windows ou mesmo dispositivos móveis como Pockets PC’s, Smartphones.

Neste artigo, será feita uma introdução aos Web Services desenvolvendo-os usando Microsoft .NET e o Visual Studio 2005. Veremos como criar um exemplo simples e como aplicações ASP.NET e Windows Forms podem consumir estes.      

 

Nota do DevMan

Web Services não são uma exclusividade de uma plataforma como o Windows ou .NET, em vez disto, seguem padrões estabelecidos internacionalmente e podem ser implementados em um grande número de plataformas e linguagens.

No caso do Visual Studio, sua implementação permite uma produtividade grande graças ao fato que a ferramenta facilita o trabalho ocultando vários detalhes da implementação através da geração automática de código.

No entanto, sua relevância está justamente no fato de os Web Services utilizarem padrões aceitos no mundo inteiro, e homologado por entidades referência. Um Web Service criado em Java deve ser capaz de ser consumido normalmente por uma aplicação feita em .Net, e vice-versa.

 

Criando o Web Service

No nosso exemplo, criaremos um Web Service que irá receber como parâmetros de entrada dois números para que seja realizada uma operação aritmética, um parâmetro do tipo string indicando qual a operação desejada: soma, subtração, multiplicação ou divisão, devolvendo o resultado da operação.

 

Nota

Embora seja um exemplo bem simples é o suficiente para termos uma noção de como criar Web Services, pois a estrutura usada para outros casos é a mesma.

 

Abra o Visual Studio e selecione o menu File -> New -> Project. Na janela da Figura 1 escolha ASP.NET Web Service Application. Como linguagem vamos usar C#, embora seja possível criar em outras linguagens como Visual Basic .NET. Selecione o tipo da linguagem no campo Project Types.

No campo Name digite um nome para seu projeto como, por exemplo, WebService1. Escolha uma pasta para que o projeto seja criado, no nosso caso, será usada a pasta c:\sistemas. O Visual Studio criará uma pasta com o nome do projeto com toda a estrutura necessária automaticamente.

Esta pasta será somente para uso durante o desenvolvimento. Os Web Services são publicados no servidor de Internet como o Internet Information Service (IIS). Posteriormente, veremos como publicar o Web Service neste servidor. Após nomear o projeto e escolher a localização do mesmo clique em OK.

 

Nota

Este projeto está sendo desenvolvido usando-se o Windows XP com o IIS instalado. Pode-se desenvolver em qualquer versão do Windows que suporte o .NET 2.0. A maior parte dos servidores atuais roda Windows 2003 com o IIS 6.

 

Figura 1. Janela com as opções para criação do novo projeto

 

Usualmente será exibida a tela da Figura 2, mas normalmente trabalhamos com o código-fonte em C#. Para exibir este, clique no link click here to switch to code view para exibir o código como na Figura 3. Se você estiver utilizando o Visual Studio 2008, ele já exibirá a janela de código, por padrão.

 

Figura 2. Janela inicial do projeto

 

Figura 3. Código-fonte em C#

 

O código da Listagem 1 exibe a operação usada, e está organizada da seguinte forma: os parâmetros n1 e n2 são os números que devem ser usados na operação. O parâmetro op é a operação que deve ser executada.

 

Nota: Para um método ser visível para aplicações externas ao Web Service, deve iniciar com a declaração [WebMethod] "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?