Backup no Oracle - Parte 3

Para terminarmos os nossos artigos sobre Backup apresentaremos os seguintes tipos de backup :

  • Backup do Control File
  • Backup Lógico,
  • Backup físico
  • Backup manager do Oracle.

Backup do Control File

Os arquivos de controle são muito importantes para um bom funcionamento de um banco de dados, agora será apresentado como deve-se proceder para manter cópias de backup dos arquivos de controle.



Trabalhando com o banco de dados em modo NOARCHIVELOG

  • Nesse modo de operação, só faz sentido fazer backup dos arquivos de controle com o banco de dados em offline, juntamente com todo os procedimentos de Cold Backup Full.


Trabalhando com o banco de dados em modo ARCHIVELOG

  • Fazendo o backup de controle no modo ARCHIVELOG, deve-se fazer backup do arquivo de controle com o banco de dados online. Para esse tipo de procedimento, existem duas alternativas de backup que são : lógico e físico.

Backup Lógico

O backup lógico implica na geração de um script que recria o arquivo de controle. Este script é gerado a partir do comando abaixo e reside no diretório apontado pelo parâmetro SER_DUMP_DEST.

28-06pic01.JPG

O script gerado é um arquivo de nome tipo ORA.trc onde DIP é o número do processo do SO que gerou o arquivo. Deve-se renomear esse arquivo para algo semelhante a .sql e editá-lo de forma a eliminar o header até encontrar o comando “STARTUP NOMOUNT...”.

Arquivo Gerado

    Dump file C:\ORAWIN95\RDBMS80\trace\ORA10039.TRC
    Tue Jul 22 20:07:54 2004
    ORACLE V8.0.3.0.0 - Production vsnsta=0
    vsnsql=c vsnxtr=3
    Windows 95 V4.10, OS V192.0, CPU type 586
    Personal Oracle8 Release 8.0.3.0.0 - Production
    With the Partitioning option
    PL/SQL Release 8.0.3.0.0 - Production
    Windows 95 V4.10, OS V192.0, CPU type 586
    Instance name: orcl
    Redo thread mounted by this instance: 1
    Oracle process number: 13
    pid: fff72737
    Tue Jul 22 20:07:54 2004
    Tue Jul 22 20:07:54 2004
    *** SESSION ID:(10.14) 2004.06.03.20.07.54.950
    # The following commands will create a new control file and use it
    # to open the database.
    # Data used by the recovery manager will be lost. Additional logs may
    # be required for media recovery of offline data files. Use this
    # only if the current version of all online logs are available.
    STARTUP NOMOUNT
    CREATE CONTROLFILE REUSE DATABASE "ORACLE" NORESETLOGS          NOARCHIVELOG
             MAXLOGFILES 32
             MAXLOGMEMBERS 2
             MAXDATAFILES 32
             MAXINSTANCES 16
             MAXLOGHISTORY 1630
    LOGFILE
         GROUP 1 (
             'C:\ORAWIN95\DATABASE\LOG2ORCL.ORA',
             'D:\ORAWIN95\DATABASE\LOG20RCL.ORA'
         ) SIZE 200K,
         GROUP 2 (
             'C:\ORAWIN95\DATABASE\LOG1ORCL.ORA',
             'D:\ORAWIN95\DATABASE\LOG10RLC.ORA'
         ) SIZE 200K
    DATAFILE
             'C:\ORAWIN95\DATABASE\SYS1ORCL.ORA',
             'C:\ORAWIN95\DATABASE\USR1ORCL.ORA',
             'C:\ORAWIN95\DATABASE\RBS1ORCL.ORA',
             'C:\ORAWIN95\DATABASE\TMP1ORCL.ORA';
    # Recovery is required if any of the datafiles are restored backups,
    # or if the last shutdown was not normal or immediate.
    RECOVER DATABASE
    # Database can now be opened normally.
    ALTER DATABASE OPEN;

Backup Físico

Consiste em aplicar um comando que gera o arquivo de controle de réplica. Binário e com nome e diretório por nós especificado.

28-06pic02.JPG 

Este último modo nem sempre é o mais adequado, pois o procedimento de recuperação pode nos induzir a erros, porém é uma boa alternativa manter os dois tipos de backup para eventuais perdas.

Utilizando o Utilitário The Backup Manager do Oracle

Pode-se utilizar diversos tipos de utilitários para se fazer backup no Oracle, abaixo é apresentado o funcionamento do utilitário padrão do Oracle.

Backup Manager (NOARCHIVELOG mode) caixa de diálogo

28-06pic03.JPG 

Use o Backup Manager para fazer backup do seu banco de dados Oracle8. O Backup Manager tem três modos, dependendo do estado do banco de dados.

  • Database Status - Indica o estado do banco de dados.
  • Backup Type - Indica que o tipo de Backup possível é offline e de banco de dados cheio.
  • Tape – Indica que será utilizado fitas como mecanismo de backup. (Windows NT, suporta fita de 4mm. O Windows 95, não suporta backup de fita).
  • Device - Indica o dispositivo de fita que armazenará o auxilio.
  • Disk, Directory, and Browse Backup - O arquivo é armazenado no diretório especificado no campo de Diretório. O Oracle recomenda que se especifique o caminho completo. Utilize o botão Browse para selecionar onde deve-se armazenar o arquivo de backup, ou para aceitar o diretório default do Oracle.
  • O botão Backup inicia o procedimento de backup.

No próximo artigo daremos início aos mecanismos de recuperação do Oracle.

Fiquem à vontade para nos escrever em atendimento@keepok.com.br onde responderemos a todas as dúvidas.

Abraços,

Prof. Ricardo E. Kneipp

Prof. Rodney C. de Albuquerque

http://www.keepok.com.br

KeepOk Informática

Leia a primeira parte deste artigo em:

 

Leia a segunda parte deste artigo em: