Artigo Clube Delphi Edição 44 - Segredos do DBGrid

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (0)

Artigo da Revista Clube Delphi Edição 44.

Esse artigo faz parte da revista Clube Delphi edição 44. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição



Atenção: por essa edição ser muito antiga não há arquivo PDF para download. Os artigos dessa edição estão disponíveis somente através do formato HTML. 

 

Segredos do DBGrid

Turbine seus DBGrids no Delphi e no Kylix

 

O dbGrid é provavelmente um dos componentes mais utilizados da VCL do Delphi. Isso se deve ao fato de poder se ligar (por meio de um DataSource) a qualquer tipo de DataSet, permitindo sua utilização com praticamente qualquer tecnologia de acesso a dados, seja ela com arquitetura de uma camada (aplicações desktop), duas camadas (BDE, dbExpress, ADO, IBX, etc.) ou três (MIDAS/DataSnap). DBGrid está presente na VCL desde o Delphi 1, e na CLX do Kylix; atualmente está sendo portado para VCL do Delphi for .NET. Neste artigo veremos um resumo das opções básicas e conheceremos técnicas avançadas e segredos de utilização desse componente essencial.

 

Criando a aplicação

Inicie uma nova aplicação no Delphi. Coloque no formulário principal um componente ClientDataSet (paleta Data Access).

 

Nota: na aplicação deste aritog utilizaremos um DBGrid para exibir e editar dados de um ClientDataSet, obtido de um arquivo XML local (usando a tecnologia MyBase). No entanto, as técnicas apresentadas se aplicam também quando for utilizado dbExpress ou DataSnap (ou outra tecnologia compatível).

 

Dê um duplo clique no ClientDataSet e no editor de campos (Field Editor), clique com o botão direito e escolha New Field. Um a um, insira os TFields, conforme mostrado na tabela 1.

 

 

Cloque com o botçao direito no ClientSet em memória. Abra o editor da propriedade FileName e digite “Clientes.xml” para que os dados gravados fiquem persistentes em disco (certifique-se de que FileName esteja indicando o caminho completo do arquivo). Coloque no formulário um DataSource (paleta Data Access) e aponte sua propriedade DataSet para ClientDataSet1. colque também um DBGrid (paleta DataContorls) e aponte sua propriedade DataSource para DataSrouce1; defina seu Align com alClient. Execute a aplicação e insira alguns registros (veja a figura 1).

 

 

Por enquanto não vamos modificar os campos FOTO, OBS e ATIVO, nem do ID_CLIENTE, que é gerado automaticamente. Vamos seguir começar a personalizar a exibição e a edição dos dados no DBGrid.

 

Nota: os dados cadastrados, apesar de gravados no arquivo XML, não aparecem em tempo de  design após o término da execução da aplicação. Para fazer isso, desative e ateivo o ClientDataSet (ou reabra o projeto) para dar um “refresh” na sua cache.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?