Artigo Engenharia de Software 11 - Controle Estatístico de Processos Aplicado a Processos de Software

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Artigo da Revista Engenharia de Software edição 11.

Esse artigo faz parte da revista Engenharia de Software 11 edição especial. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

 

Processo

Controle Estatístico de Processos Aplicado a Processos de Software

Do “Chão de Fábrica” para as Organizações de Software

 

 

De que se trata: Este artigo apresenta os principais conceitos e questões relacionadas ao controle estatístico de processos e sua utilização em processos de software.

 

Para que serve: Fornecer conhecimento essencial sobre a utilização do controle estatístico de processos para organizações, pesquisadores, estudantes e profissionais de software envolvidos em atividades relacionadas aos níveis gerencial e/ou estratégico das organizações.

 

Em que situação o tema é útil: para organizações que estão a caminho dos níveis mais elevados de maturidade de seus processos e precisam implantar o controle estatístico de processos; para organizações que estão iniciando o caminho de melhoria de processos e desejam, desde já, conhecer e se preparar para o que será necessário no futuro, nos níveis mais elevados; para profissionais envolvidos na implementação de programas de melhoria de processos de software; para estudantes e pesquisadores que desejam explorar o tema.

 

Os avanços tecnológicos e a alta competitividade do mercado estão, continuamente, aumentando a demanda para que os softwares produzidos sejam cada vez maiores, mais robustos e mais adaptáveis às mudanças dos ambientes em que operam. Mesmo diante de todos os avanços tecnológicos, os projetos de software ainda são caracterizados, em boa parte das organizações, por testes insuficientes, treinamento inadequado, cronogramas irreais e arbitrários, falta de controle de mudanças, orçamentos não cumpridos e estabelecimento e utilização de padrões de qualidade insuficientes. Isso faz com que a demanda pelo bom gerenciamento dos projetos e processos de software também aumente.

A medição é um dos caminhos que apóiam o gerenciamento dos processos e projetos de software. As medidas, ao serem coletadas e armazenadas, podem ser analisadas através de métodos e fornecerem, assim, informações importantes para a realização de ações corretivas e preventivas que orientem os projetos e processos a alcançarem seus objetivos. "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?