Artigo Engenharia de Software 24 - A Comunicação no Processo de Software

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Neste artigo veremos o quanto o processo de software é permeado pelo processo de comunicação interpessoal. Não se trata de um processo apenas técnico, mas também social.

Esse artigo faz parte da revista Engenharia de Software 24 edição especial. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição



Processo

A Comunicação no Processo de Software

O papel cada vez mais decisivo da comunicação no processo de software

 

 

De que se trata o artigo:

Neste artigo veremos o quanto o processo de software é permeado pelo processo de comunicação interpessoal. Não se trata de um processo apenas técnico, mas também social. Com o advento do paradigma de desenvolvimento rápido de software, destacamos o papel cada vez mais decisivo da comunicação interpessoal com a utilização de métodos ágeis no desenvolvimento de software.

 

Para que serve:

O artigo busca identificar meios de amenizar as barreiras de comunicação na gestão de processos de software. Não se tem a pretensão de esgotar o assunto, mas propor uma reflexão acerca do tema, levantado por diversos autores no campo da engenharia de software.

 

Em que situação o tema é útil:

Na gestão e execução de processos de software que necessitam de constantes adaptações e integrações. Neste contexto, a comunicação entre usuário e analista costuma ser muito intensa, o que exige uma grande habilidade de comunicação interpessoal, principalmente por parte do analista de sistemas.

 

 

Os avanços na área da tecnologia têm permitido ao longo dos últimos anos grande informatização nos processos das organizações. No entanto, dispor de um sistema de software que atenda as diversas necessidades da gestão organizacional pode se tornar um processo complexo. Isso implica, muitas vezes, em desenvolver ou customizar um sistema. Mas não é só isso: os sistemas de software precisam evoluir para acompanhar os modelos de gestão e, neste contexto passam obrigatoriamente por manutenções que podem ser melhorias, otimizações e até mesmo reparos. Segundo Pfleeger (2004), estas manutenções abrangem qualquer alteração ou correção efetuada num sistema que já está sendo utilizado, uma vez que sua vida útil não acaba com a entrega. A grande maioria dos sistemas de software deve ser construída para incorporar mudanças: seja porque o usuário decidiu realizar seu processo de maneira diferente, seja porque houve alguma alteração de leis ou normativas municipais, estaduais ou mesmo federais que regulamentam os requisitos do sistema."

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?