Artigo Java Magazine 18 - Oracle JDeveloper 10g

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

O Oracle JDeveloper 10g (JDev10g) é uma IDE para o desenvolvimento de aplicações Java e Web Services que utiliza os padrões mais recentes para Java/J2EE, XML e SQL.

Esse artigo faz parte da revista Java Magazine edição 18. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição 

jm18_capa.jpg

Oracle JDeveloper 10g

Instalação e Visão Geral

O Oracle JDeveloper 10g (JDev10g) é uma IDE para o desenvolvimento de aplicações Java e Web Services que utiliza os padrões mais recentes para Java/J2EE, XML e SQL. Para simplificar o desenvolvimento, a ferramenta adota uma abordagem declarativa e visual. A Oracle adicionou à ferramenta o suporte a várias fases dos padrões de Software Development Life Cycle (SDLC), definidos pelas normas ISO 12207 e IEEE 1074. Há recursos para modelagem, codificação, depuração, testes, profiling, tuning e deployment.

Produtividade com opção

No JDev10g a mesma forma de utilização é mantida para diferentes tipos de tecnologias. Por exemplo, ao implementar uma camada de persistência, independentemente da tecnologia selecionada, a IDE usa sempre a mesma forma declarativa e recursos  visuais para conectar componentes gráficos aos componentes de persistência (EJB, TopLink, Hibernate, classes Java comuns etc.).

Para atender a desenvolvedores com diferentes níveis de conhecimento, pode-se escolher abordagens de desenvolvimento distintas, incluindo Model Driven Architecture (MDA), Service Oriented Arquitectures (SOA) e codificação manual. Aplicações podem trabalhar com fontes de dados diversas e ser instaladas em qualquer servidor de aplicações compatível com J2EE. O JDev10g é 100% Java, por isso roda em ambientes Windows, Mac OS, Linux e outros sistemas baseados em Unix.

Conhecendo a IDE

A instalação da IDE é simples: basta descompactar o .zip da distribuição (incluído no CD) para que sejam criados os diretórios e arquivos necessários (os detalhes estão no quadro "Instalação"). A versão incluída no CD, completa, permite o desenvolvimento não-comercial e não tem restrições de funcionalidade nem tempo de expiração. Veja a Figura 1.

Application Workspaces e Technology Scopes

Há duas opções de visualização de projetos no JDev: System Navigator e Application Navigator. No System Navigator, o foco é principalmente em arquivos e diretórios. No Application Navigator, o trabalho é realizado por agrupamentos lógicos, de acordo com as características da aplicação. Os Technology Scopes (veja a Figura 2) são atributos de um projeto que permitem identificar as tecnologias sendo utilizadas nos projetos. Através deles, pode-se escolher as opções apresentadas pela IDE, que são filtradas para apenas os recursos relevantes para o contexto de trabalho.

Edição de código

Há também recursos de produtividade no editor, como a possibilidade de envolver trechos de código em blocos comuns como if, for, try/catch etc., acesso rápido ao JavaDoc através de janelas popup (usando CTRL+D) e destaque de erros categorizado. Outros recursos são assistentes de importação e geração de comentários JavaDoc, geração de métodos get/set e auto-completar código, entre outros.

EJB

No JDev10g é possível gerar Entity Beans a partir de tabelas no banco de dados visualmente, arrastando tabelas no diagrama de EJBs (veja a Figura 3). Feito isso, entra em ação o assistente para geração de Session Façades (veja links), um dos design patterns J2EE mais utilizados. (O padrão "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?