Construa interfaces atraentes em Android com o DroidDraw - Revista Mobile Magazine 38

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Este artigo demonstra o desenvolvimento de um aplicativo Android para apresentar a utilização de um editor de interfaces gráficas do usuário, o DroidDraw, que remove a necessidade de trabalhar diretamente com a sintaxe XML para gerar GUI’s.

Do que trata o artigo:

Este artigo demonstra o desenvolvimento de um aplicativo Android para apresentar a utilização de um editor de interfaces gráficas do usuário, o DroidDraw, que remove a necessidade de trabalhar diretamente com a sintaxe XML para gerar GUI’s.


Em que situação o tema é útil:

Alguns desenvolvedores preferem não implementar suas GUI´s diretamente na sintaxe XML. Para muitos esta é uma tarefa um pouco cansativa, uma vez que o código deve ser escrito, executado e posteriormente visualizado em um emulador (AVD). O DroidDraw serve como ferramenta de auxílio neste processo, já que basta o usuário arrastar componentes para um layout que o editor gera o código XML correspondente e exibe uma visualização desta GUI, sem a necessidade de ter que executar o projeto em um emulador para visualizá-la.

Resumo do DevMan:

Neste artigo conheceremos o DroidDraw, um editor de interfaces gráficas do usuário para dispositivos móveis com Android. E para demonstrar o uso desta ferramenta na prática, será desenvolvido um formulário GUI. Deste modo, veremos que não há mais a necessidade de se trabalhar diretamente com a sintaxe XML para criar aplicações com boa usabilidade para o usuário.

O Android é um projeto de código aberto, e por este motivo surgem novas versões em um ritmo acelerado. Embora muitos achem que o Android foi desenvolvido exclusivamente pela Google, na verdade o mesmo foi desenvolvido pela Open Handset Alliance (OHA), uma aliança fundada em 2007, onde além da Google outras empresas do setor, como Intel, Acer, Motorola, Asus, DoCoMo, HTC, Huawei, Sprint, Kyocera, T-Mobile, LG, Samsung, Vodafone, SonyEricsson, Qualcomm e NVidia se reunirão para criar novas tecnologias, sendo seu primeiro lançamento a plataforma Android.

Aos programadores que conhecem outras linguagens de programação, como Java ME, Windows Mobile, Widgets, entre outras, aprender a programar com Android é uma tarefa simples, uma vez que esta tecnologia utiliza a linguagem de programação Java, com algumas semelhanças ao Java ME, e para o desenvolvimento da interface visual pode-se utilizar arquivos XML, o que simplifica consideravelmente o processo de desenvolvimento.

A grande aposta do Android são os novos aparelhos celulares, mais conhecidos como smartphones, que podem ser resumidos a celulares com grande poder de processamento e que integram vários recursos, como alta conectividade com a internet, GPS, sensores, telas sensíveis a toque, e muito mais.

Uma das características mais importantes do Android é a prioridade igualitária para aplicativos nativos e de terceiros. As aplicações desenvolvidas por terceiros dispõem de toda a infra-estrutura de hardware e software, assim como os aplicativos nativos, como por exemplo, acesso ao Google Maps, Calendário, Agenda, dentre outros. Talvez seja uma das plataformas com a ligação mais forte entre a plataforma de desenvolvimento e o sistema operacional.

O uso da plataforma Android avançou muito nos últimos dois anos. Neste período os avanços tecnológicos da plataforma deram um salto vertiginoso, principalmente a partir da versão 1.5 (Cupcake). Um dos dados que comprova estas informações são as mais de 100 mil aplicações disponíveis para Android e os inúmeros aparelhos que surgiram para esta tecnologia, entre eles: smartphones, tablets e GPS’s.

Consequentemente também aconteceram importantes avanços na área de desenvolvimento, onde foram criadas novas ferramentas de desenvolvimento, plugins para IDE’s e até mesmo frameworks que ajudam na persistência de objetos, utilização de sensores, entre outros. Todos estes auxiliam os programadores no processo de desenvolvimento de aplicativos para esta plataforma.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?