Criando Classe em PHP

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (16)  (0)

Veja neste artigo introdutório sobre PHP os conceitos de Classe, métodos e atributos. Você poderá ter uma ideia do que é uma Classe, o que é um método e o que é um atributo.Além de ser mostrado como criar e usar este recurso tão importante da Orienta

Olá pessoal, hoje estou me aventurando no mundo do PHP. Gostaria de começar falando de uma das coisas mais importantes da programação orientada a objetos, mas isso não é só para o PHP, mas também para Delphi, Java, .NET, entre outras linguagens, a CLASSE.

O que é uma classe?

A classe é uma estrutura ou esqueleto que abstrai um conjunto de objetos contendo características similares. Uma determinada classe define o comportamento de seus objetos usando métodos e modificando seus estados como os atributos.

Mas muita atenção as classes não são diretamente suportadas em todas as linguagens de programação, sendo necessária para que esta linguagem seja considerada orientada a objetos.

Agora depois de um pouco de classe, método e atributos, vamos ver isso na prática.

Como eu crio uma classe?

Primeiramente vamos precisar ter um servidor PHP instalado. Eu uso o “wamp”, a sua instalação é bem tranqüila, basta você baixar, executar o instalador e pronto. O mesmo irá criar uma pasta, se você instalar como padrão, “C:\wamp”.

Agora para aqueles que estão começando, você pode usar o NetBeans, como é o meu caso ou para os mais aventureiros o Bloco de Notas, isso mesmo pessoal, o bloco de notas! Lembrando apenas que existem outros softwares que trabalham com PHP, ok?

Sendo assim abra o seu Bloco de Notas, ou alguma outra ferramenta, no meu caso estou usando o NetBeans para PHP( criando um projeto PHP e depois uma Classe PHP), vamos salvar o mesmo com o nome Cliente-class.php, mas antes de sair salvando vamos primeiro criar uma pasta chamada “cliente” dentro de “C:\wamp\www”, sendo assim seu arquivo estará da seguinte forma “C:\wamp\www\cliente\ cliente-class.php”.

Este é um padrão que eu tenho usado para diferenciar os arquivos que contem classes dos demais arquivos, apenas por questão de organização mesmo!

Neste momento vamos codificar na ferramenta escolhida a seguinte estrutura para criação da nossa primeira classe em PHP.

Listagem 1: Criando uma classe em PHP.

<?php
class Cliente{ 
}   
?>

Você deve estar pensando “Criar uma classe não é difícil, fala sério né Wesley ? Era só isso que você tinha para mostrar ?”. Eu respondo - “Claro que não, continue lendo o artigo, não seja apressado, rs”

Agora vamos entender um pouco dos atributos.

O que são os atributos?

Mais em cima eu falei o seguinte “...modificando seus estados como os atributos...”, ou seja, os atributos são como características do cliente, como por exemplo, Nome ou Tipo de Cliente. Vamos ver agora como podemos criar dois atributos, por exemplo, teríamos Nome e Saldo.

Listagem 2: Criando métodos

<?php
class Cliente{
    public $nome;
    public $saldo;
}   

?>

Agora vamos entender um pouco dos métodos.

O que são os métodos?

Mais em cima eu falei o seguinte “...define o comportamento de seus objetos usando métodos...”, ou seja, os métodos servem para definir o comportamento dos objetos!

Criando métodos:

Vamos ver agora como podemos criar dois métodos, por exemplo, teríamos pagarconta e o segundo confirmarrecebimento.

Listagem 3: Criando métodos

<?php

class cliente {
 
    public $nome;
    public $saldo;
    public function confirmarrecebimento(){
      echo  "<br/>Confirmado o recebimento";
    }   
    public function pagarconta($valor){
      echo "<br/>Foi pago o valor de R$ ".$valor;
    }     
}   
?>

Você pode notar que eu usei um recurso chamado de parâmetro, no método pagarconta, seu nome é $valor. Apenas para comentar rapidinho, um parâmetro é uma variável que é passada para um método.

Observação: Estou usando o echo apenas para facilitar a exibição, o foco é mostrar a estrutura do método.

Vamos colocar isso tudo em prática, na verdade vamos é testar! Pois todos que estão começando querem saber, poxa legal, mas e agora ?

Vou agora criar outro arquivo chamado testeCliente.php, que deverá ficar no seguinte caminho “C:\wamp\www\cliente\ testeCliente.php”.

Listagem 4: Testando Cliente

<?php
include("cliente-class.php");

$tempCliente = new Cliente();
$tempCliente->nome = "WESLEY";
$tempCliente->saldo = 100;
$tempCliente->confirmarrecebimento();
$tempCliente->pagarconta(300);

echo "<br/>Nome do Cliente : ".$tempCliente->nome;
echo "<br/>Nome do Saldo : ".$tempCliente->saldo;

?>
Layout da Página
Figura 1. Layout da Página.

Observação Caso sua página não apareça nada, o wamp pode não estar rodando.

Veja abaixo como você pode iniciar seu servidor PHP.

Clique em Start All Service
Figura 2. Clique em Start All Service, observe que o meu ícone esta “verde”.

Bom pessoal, eu fico por aqui neste artigo básico sobre Orientação a Objetos em PHP.

Um abraço e até o próximo artigo.

Links Úteis

  • Como modelar uma base de Produtos e Categorias:
    Aprenda como modelar o relacionamento entre produtos e categorias em uma base de dados relacional.
  • O que é JUnit?:
    Neste curso você aprenderá o que é o JUnit, um framework open source criado com o intuito de facilitar a execução de testes de unidade em Java.
  • Modelagem de dados: 1:N ou N:N?:
    Você sabe quando usar um relacionamento do tipo 1:N ou N:N? Optar pelo tipo incorreto pode impactar diretamente no negócio.

Saiba mais sobre PHP ;)

  • O que é PHP?:
    Neste curso conheceremos o PHP, que é uma linguagem de scripts open source de uso geral, muito utilizada e especialmente adequada para o desenvolvimento web.
  • Preparando o ambiente para programar em PHP:
    Neste curso vamos aprender a preparar um ambiente de programação para PHP.
  • Curso de PHP Completo:
    Neste curso de PHP básico veremos os princípios de desenvolvimento, como funções nativas do PHP, estruturas de controle, variáveis, orientação a objetos e acesso a banco de dados, sempre utilizando exemplos para explicar cada item.
 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?