Guia Java Enterprise Edition - Java EE

Criando e configurando um projeto Web - JSF 2, Primefaces 3 e CDI

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (16)  (5)

Veja neste artigo como criar um projeto web com JSF2, PrimeFaces 3 e CDI, entendo detalhadamente cada passo até a obtenção do resultado desejado.

INTRODUÇÃO

O objetivo deste artigo é explicar, de forma prática, como criar e configurar um projeto Web utilizando as tecnologias JSF 2, PrimeFaces 3 e CDI.

Neste tutorial, será utilizado o framework JBOSS Weld. Weld é a implementação de referência (RI) para a JSR-299 da plataforma Java EE(CDI). O JSR 299 especifica o padrão de Java Contexts and Dependency Injection, que é conhecido como CDI.

CDI é o padrão Java para injeção de dependência e gerenciamento de ciclo de vida contextual que integra de forma limpa e simples com a plataforma Java EE. Qualquer servidor de aplicação Java EE 6 fornece suporte para JSR-299 . (referência: seamframework.org/Weld).

PROBLEMA

Hoje, existe uma gama de tecnologias (frameworks) disponíveis no mercado para projetos Java EE (Java Web), o que não torna trivial decidir qual framework utilizar. Após analisar algumas opções, percebe-se que uma boa alternativa é iniciar um projeto Java Web de forma simples e, paulatinamente, fazer as configurações necessárias. As tecnologias deste tutorial (projeto) foram escolhidas visando a criação de um site, sendo assim, deve ser “leve” e executar em qualquer Servlet Conteiner (Tomcat, Jetty, etc).

CRIANDO O PROJETO

No projeto será utilizada a IDE Eclipse Indigo 3.7 e o Servlet Conteiner Tomcat 7.

Para iniciar um projeto no Eclipse. Abra o Eclipse (como administrador) faça os seguintes passos:

  1. Clique com o botão direito na aba Project Explorer e selecione New -> Project.
  2. Na janela Wizard, selecione a opção Web -> Dynamic Web Project, conforme figura 1.
Tela New Project do Eclipse

Figura 1: Tela New Project do Eclipse

1. Clique em Next e faça as configurações de acordo com a figura 2.

Tela Dynamic Web Project

Figura 2: Tela Dynamic Web Project

A opção Dynamic web module version, configura o projeto Web para suportar a versão 3.0 do Java Servlet. Essa versão requer a versão 1.6 do Java. Em Configuration, a opção “JavaServer Faces v2.0 Project” habilita o projeto com JSF capabilities, ou seja, o projeto já é configurado para o JSF 2.0, criando o arquivo faces-config.xml.

2. Clique em Next e em Next novamente até a tela Web Module e marque a opção Generate web.xml deployment descriptor (figura 3) e clique em Next.

Tela Web Module

Figura 3: Tela Web Module

Marcar a opção “Generate web.xml deployment descriptor” significa que arquivo web.xml, que contém a configuração do projeto Java Web, deve ser criado.

3. Na tela JSF Capabilities, configure de acordo com a figura 4 e clique em Finish.

Tela JSF Capabilities

Figura 4: Tela JSF Capabilities

O projeto será criado com os arquivos web.xml e faces-config.xml na pasta WEB-INF. A configuração do Servlet do JSF será adicionada ao web.xml. Na opção JSF Implementation Library, escolhemos “Disable Library Configuration” porque posteriormente será adicionada a biblioteca de implementação.

Precisamos editar o arquivo web.xml a fim de acertar a configuração do JSF e definir a página padrão do projeto. Edite o arquivo de acordo com listagem 1:

Listagem1: Código do arquivo web.xml



  tutorialWeb
  
  
    index.jsf
  
  
  
    Faces Servlet
    javax.faces.webapp.FacesServlet
    1
  
  
    Faces Servlet
    *.jsf
  
  

Agora, faça o download da última versão do jar do JSF. Acesse http://javaserverfaces.java.net/ e baixe o arquivo javax.faces.-2.1.10.jar. Copie o arquivo para a pasta WEB-INF/lib do projeto.

O próximo passo é criar a página xhtml. Clique com o botão direito na pasta WebContent e selecione New -> XHTML Page. Dê o nome index.xhtml e clique em Finish. No arquivo index.xhtml, será declarado o doctype, adicionados os namespaces do JSF e bem como mensagem. Escreva o seguinte código no arquivo:

Listagem 2: Código do arquivo index.xhtml



    
        Hello JSF!
    
    
       #{hello.message}
    

Por último, deve-se criar o ManagedBean responsável pela comunicação com a página index.xhtml. Primeiro, cria-se o pacote. Clique com o botão direito na pasta src do projeto e selecione New -> Package. Dê o nome br.com.tutorial.controller ao pacote e clique em Finsh. Crie uma nova classe com o nome Hello.java e adicione o código da listagem 3.

Listagem 3: Código de implementação da classe Hello.java

package br.com.tutorial.controller;

import javax.annotation.PostConstruct;
import javax.faces.bean.ManagedBean;
import javax.faces.bean.RequestScoped;

@RequestScoped
@ManagedBean
public class Hello {
	
	@PostConstruct
	public void init(){
		System.out.println(" Bean executado! ");
	}
	
	public String getMessage(){
		return "Hello World JSF!";
	}

}

A anotação @ManagedBean do JSF, permite acessar por EL (Expression Language) o Bean na página. Este acesso é feito através do código #{hello.message} da página index.xhtml e, desta forma, o retorno do método getMessage é exibido na página.

A anotação @RequestScoped define o ciclo de vida do Bean que, neste caso, é o request da requisição. O @RequestScoped é o escopo padrão do JSF 2, ou seja, quando um escopo não é definido, a API do JSF 2 assume o escopo de request.

TOMCAT 7

Neste momento já é possível realizar o primeiro teste a fim de confirmar se a configuração do JSF no projeto está correta. Para usar CDI precisamos de um servidor Java EE6. Neste tutorial a opção foi o Tomcat 7.

Acesse http://tomcat.apache.org/download-70.cgi e faça download do arquivo apache-tomcat-7.0.29.zip. Se desejar, pode optar pelo instalador. Extraia o arquivo na máquina em um local de sua preferência.

Na aba Server, clique em new Server wizard. Selecione a pasta Apache e a opção Tomcat v7.0 Server, conforme figura 5.

Tela Define a New Server

Figura 5: Tela Define a New Server

Clique em Next e selecione o diretório onde instalou o Tomcat (Veja a figura 6). Clique em Next novamente.

Tela Tomcat Server

Figura 6: Tela Tomcat Server

Na próxima tela, clique em Add All >> para adicionar o projeto ao Tomcat e clique em Finish. Inicie (Start) o Tomcat e acesse url http://localhost:8080/tutorialWeb/ em qualquer navegador. A mensagem Hello World JSF! será exibida.

PRIMEFACES 3

Para adicionar o PrimeFaces 3 ao projeto, precisa-se apenas baixar o arquivo jar e adicionar no ClassPath da aplicação. Faça download do arquivo primefaces-3.3.1.jar no site http://primefaces.org/downloads.html. Na data de criação deste artigo, essa era a última versão do PrimeFaces.

Copie o arquivo jar do PrimeFaces para pasta WEB-INF/lib do projeto. Edite o arquivo index.xhtml e adicione o namespace do PrimeFaces 3, definindo assim a variável p. Adicione a tag Painel e Button (Ver listagem 3).

Listagem 3: Código PrimeFaces no arquivo índex.xhtml



    
        Hello JSF!
    
    
       #{hello.message}
       
			
		
    

Já é possível testar o projeto com PrimeFaces 3. Reinicie o Tomcat e acesse http://localhost:8080/tutorialWeb/. O navegador deve exibir a página de acordo com a figura 7.

Tela do projeto com Primefaces 3

Figura 7: Tela do projeto com Primefaces 3

CDI com JBOSS Weld

Para fazer uso do CDI em um Servlet Conteiner, precisa-se de uma API de CDI. Neste projeto, será utilizado o Framework JBOSS Weld. Acesse http://seamframework.org/Weld/WeldDistributionDownloads e baixe a versão final do Framework Weld 1.1.8.Final. Esta é a última versão na data deste artigo. No arquivo zip, acesse a pasta weld-1.1.8.Final.zip\weld-1.1.8.Final\artifacts\weld e copie o arquivo weld-servlet.jar para a pasta WEB-INF/lib do projeto.

Para configurar, clique com o botão direito no projeto e selecione Properties. Selecione Project Facets e marque a opção CDI(Contexts and Dependency Injectioin) e clique em OK, confirme figura 8.

Tela Properties for tutorialWeb

Figura 8: Tela Properties for tutorialWeb

O arquivo beans.xml será criado na pasta WEB-INF. Em seguida, é necessário modificar o arquivo web.xml e adicionar o listener do Weld. O arquivo deve ficar conforme a listagem 4.

Listagem 4: Listener do Weld adicionado no web.xml



  tutorialWeb
  
  
    index.jsf
  
  
  
    Faces Servlet
    javax.faces.webapp.FacesServlet
    1
  
  
    Faces Servlet
    *.jsf
  
  
   
  
  	org.jboss.weld.environment.servlet.Listener
  
  

Por fim, vamos modifica-se a classe Hello.java para injetar o ManagedBean através das anotations do Weld, substituindo as do JSF. O arquivo Hello.java deve ficar de acordo com o código da Listagem 5.

Listagem 5: Código da Classe Hello.java

package br.com.tutorial.controller;

import javax.annotation.PostConstruct;
import javax.enterprise.context.RequestScoped;
import javax.inject.Named;

@Named
@RequestScoped
public class Hello {
	
	@PostConstruct
	public void init(){
		System.out.println(" Bean executado! ");
	}
	
	public String getMessage(){
		return "Hello World JSF!";
	}

}

A anotação @Named transforma a classe em um ManagedBean e pode ser acessada utilizando EL (Expression Language), como no presente exemplo, #{hello.message}. Reinicie o Tomcat e acesse novamente a aplicação através da url http://localhost:8080/tutorialWeb/. A tela é exibida como podemos observar na figura 9. Porém, utilizando CDI com o Weld.

Tela da aplicação em execução

Figura 9: Tela da aplicação em execução

CONCLUSÃO

Após concluir a aplicação, foi possível observar a facilidade de utilizar injeção de dependência com o JBOSS Weld. Pode-se perceber que foi simples configurar a aplicação para o Tomcat. A injeção foi feita através de anotações, sendo possível perceber que é factível configurar toda a camada de negócio utilizando CDI. A configuração do JSF foi facilmente executada, sendo necessário adicionar somente um jar e declarar o servlet no web.xml. O PrimeFaces 3 se mostrou ainda mais fácil, pois foi adicionado o jar e bastou declarar o namespace na página para se utilizada. Por fim, o JBOSS Weld demonstrou ser uma excelente opção para diminuir o acoplamento e realizar injeção de dependência.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?