Desenvolvendo aplicações para Pocket PC e Smartphone para Windows Mobile 5.0 no Visual Studio 5.0

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (0)

Ao final do artigo ficará muito claro a facilidade e produtividade que temos disponível hoje com o Visual Studio 2005 para o desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis.

Artigo Originalmente publicado na WebMobile 05

wm05_capa.JPG

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Desenvolvendo aplicações para Pocket PC e Smartphone para Windows Mobile 5.0 no Visual Studio 2005

Alexandre Fernandes Chaud Tarifa e José Antonio Leal de Farias

A Microsoft lançou recentemente a versão 5.0 do seu sistema operacional para dispositivos móveis, Windows Mobile, com diversos novos recursos para esses dispositivos.

Cada vez mais presentes no mercado corporativo, a utilização de dispositivos móveis já é uma realidade, e some-se a isso um avanço cada vez maior de hardware e software. Em pouco tempo esses dispositivos estão mais acessíveis e com recursos muito interessantes beneficiando e flexibilizando as aplicações. Desenvolver aplicações para Pocket PC e Smartphones pode se tornar um grande diferencial do seu produto.

Para o desenvolvimento de aplicações para a nova versão deste sistema operacional, é necessária a utilização do Visual Studio 2005, que é a ferramenta de desenvolvimento da Microsoft para desenvolvimento de aplicações na plataforma .Net (que terá a versão final lançada brevemente).

Como forma de descrevemos a utilização desta ferramenta para desenvolvimento de aplicações utilizando o Pocket PC ou o Smartphone, desenvolveremos neste artigo um sistema para controle de reserva em um restaurante, onde indicaremos a data e horário desejados, e o sistema será responsável pelo gerenciamento dessas reservas.

Ao final do artigo ficará muito claro a facilidade e produtividade que temos disponível hoje com o Visual Studio 2005 para o desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis. Vale destacar a utilização de duas linguagens de programação: Visual Basic .Net e C#.

Ambiente para desenvolvimento das aplicações

Para iniciarmos o desenvolvimento de aplicações para o Windows Mobile 5.0, é necessário que o Visual Studio 2005 (beta 2) e o pacote complementar (SDK) para desenvolvimento no Windows Mobile 5.0 sejam instalados. Para baixar o pacote, visite o site: http://msdn.microsoft.com/mobility/windowsmobile/downloads/default.aspx.

Após a instalação deste pacote, serão adicionadas no Visual Studio 2005 diversas funcionalidades onde a produtividade e novos controles tiveram uma atenção maior, além de um acesso fácil a recursos como: acessar os dados dos contatos do Outlook Mobile, controle sobre comandos telefônicos, entre outras API’s disponíveis.

Estudo de caso

Ao longo do artigo, utilizaremos uma aplicação para controle de reservas de restaurantes como estudo de caso para demonstração da utilização do Visual Studio 2005 durante o desenvolvimento de aplicações para Windows Mobile 5.0. Este sistema será responsável pelo gerenciamento de restaurantes, novas reservas e, cancelamento de reservas; para flexibilizar e organizar as filas em restaurantes. Essa aplicação utilizará Pocket PC ou Smarphone como interface com o usuário e toda a regra de negócio estará centralizada em um único local.

A aplicação será baseada em um centralizador da regra de negócio, neste caso um web service utilizando Visual Basic .Net. A opção por web service é a melhor neste caso, pois a regra de negócio ficará disponível na web e duas aplicações distintas (Pocket PC e Smartphone) vão utilizar esses recursos. Caso exista a necessidade, esse serviço também poderá ser consumido por uma aplicação Web (Asp.Net) ou Windows Forms. As aplicações Pocket PC e Smartphone serão desenvolvidas em C#.

Construindo a aplicação

O primeiro passo a ser executado neste exemplo será a criação do seu banco de dados. Isto não será detalhado por não ser o foco principal do artigo. Com isso, crie as tabelas no SQL Server 2000 (ou outro de sua preferência), conforme apresentado na Figura 1.

 image001.png

 

Figura 1. Tabelas do sistema.

 

Toda a manipulação dos dados com os comandos insert, update, delete e select estarão centralizadas no web service. Após a criação do banco de dados, podemos iniciar o desenvolvimento do web service. Para isso, abra o Visual Studio 2005 e clique em File à New Web Site no menu. Uma nova janela de seleção de projeto é aberta (Figura 2), selecione o tipo de aplicação Asp.Net Web Service. Especifique o nome WSFuraFila e a linguagem Visual Basic.Net, em seguida clique em OK.

 

image003.png

Figura 2. Criação de um novo projeto.

 

Após a criação do projeto, mostraremos agora um novo recurso disponibilizado pelo Visual Studio 2005. É uma nova forma de projetar um web service, onde tudo o que é feito no diagrama é transformado automaticamente em código.

Para isso, na janela Solution Explorer (Ctrl + Alt + L), que é a janela que organiza todos os elementos do projeto, clique sobre o ícone View Class Diagram. O diagrama é aberto já com o service criado. O próximo passo será projetar a estrutura do web service. Utilizando a janela Class Detail (Figura 3), configuramos todos os métodos contidos no web service alterando suas propriedades.

 

image005.png

Figura 3. Diagrama com todos os métodos do web service.

 

O interessante deste novo recurso é que além dos métodos, já é possível criar todos os parâmetros esperados para esses métodos. Para o nosso estudo de caso, crie os métodos e parâmetros conforme a Figura 4. Esses métodos serão utilizados durante a criação da aplicação, sendo responsáveis pela regra de negócio do sistema, conforme citado na seção “Estudo de Caso”.

 

image007.png

Figura 4. Todos os parâmetros dos métodos do web service.

 

Com o diagrama montado, no Solution Explorer abra a pasta App_Code e dê um duplo clique em Service.vb. Note que todo o modelo já está codificado, ou seja, o único trabalho que restou será o de implementar os métodos.

No topo da classe, adicione todas as referências necessárias. Por default, somente alguns namespaces estão adicionados à classe. Conforme a necessidade, adicionamos a referência aos namespaces (Listagem 1).

 "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?