Array
(
)

Infelizmente não adianta fugir: Web é com Visual Studio

Nerdex
   - 14 abr 2005


Citação:
Matéria: Dez razões para adotar o C# - Visitas: 94

Tenho recebido muitas perguntas sobre esta linguagem e as mais freqüentes de todas são. Para que linguagem devo migrar C ou VB.NET? E porque foi criada uma nova linguagem? Esta é uma pergunta muito freqüente vinda de gerentes de TI, e tem sentido realmente, se na web já tem o ASP com VBScript, o ASP.NET com VB.NET, para que uma nova linguagem?

Para responder a estas perguntas tenho dez respostas. Vamos a elas.

1º C:C++ Forte herança do C++

O C tem uma herança muito forte do C++ isso provê que desenvolvedores com sólidos conhecimentos em orientação a objeto em C++ e programação baseada em componentes se sintam em “casa” sendo muito fácil a sua transição. O primeiro contato com a linguagem o desenvolvedor imediatamente sentirá a familiaridade e o conforto de se programar com C, mesmo sendo vindo de Java ou Delphi.

2º Completamente baseado em objetos.

No C# tudo é derivado de uma classe pai chamada object , com isto garantimos o cast seguro pois é só transforma-la para object e depois para o destino. Além de que evitamos aqueles erros induzidos quando se trabalha com ponteiros.
O conceito boxing e unboxing de objetos permite ao desenvolvedor realizar processos complexos sem ser levados a erros.

3º Acesso à floresta de classes do Framework.NET.

O Visual C permite aos desenvolvedores com acesso a Framework.NET um robusto, irrestrito, intuitivo, abrangente e concisa biblioteca de classes que permitem uma interação tanto com o Sistema Operacional através da Framework, quanto acesso a requisições Web como também a vários outros recursos existente na máquina e como desenvolvesse para a máquina mas tivesse “alguém” tomando conta para todo ocorrer bem.

4º Desenvolvimento orientado a componente.

Com um mercado exigindo cada vez mais a reutilização de código, uma linguagem de programação que é projetada para ser orientada a componentes cai como uma luva na mão dos desenvolvedores, pois a reutilização de código se torna cada vez mais fácil.
O C# contém várias características que ajudam na construção de componentes, que incluem suporte a indexadores, herança, gerenciamento de versão via código, atributos, delegates, propriedades, enumeradores, etc.

5º Comentários em XML

A documentação nunca foi tão fácil de se fazer, pois o C é a única linguagem que permite usar comentários em Extensible Markup Language (XML) para otimizar o preparo da documentação, provendo um código fonte de fácil manutenção, personalizável, limpo, além que com a ajuda da IDE pode ler os comentários mesmo depois de compilado.

6º Linguagem baseada em padrões internacionais.

Ao contrário de muitas linguagens o C# é padronizada por uma instituição reconhecida assim não permitindo plataformas distintas de desenvolvimento e garantindo um maior envolvimento da comunidade, mesmo que não esteja usando softwares Microsoft (Ex. Projeto MONO) e tornando mais consistente essa inovação.

7º Interatividade com XML Web Services.

O Visual C permite a você desenvolvedor, desenvolver e consumir ricas e interativas XML Web Services, em tempo recorde, além de reduzir o tempo de desenvolvimento, habilita a interatividade entre aplicativos permitindo até desenvolvimento de páginas web offline.

8º Plataforma alvo: Todas.

O Visual C permite que o executável seja altamente escalável além de que com pouquíssimas alterações pode-se migrar de uma plataforma para outra, por exemplo, uma aplicação feita para rodar em windows pode ser rapidamente adaptável para Palm sem ter que mexer muitas linhas de código ou até nenhuma linha de código.
Além de que o desenvolvimento para outras plataformas é feita da mesma forma, podendo-se construir poderosas aplicações para handheld, wireless, páginas web, ...

9º Gerenciamento de memória “Estilo C”.

O C# é a única linguagem totalmente orientada a objetos a permitir o uso de ponteiros quando necessário, ou seja o próprio desenvolvedor pode manipular o uso de sua memória ainda que gerenciada pela Framework. E única linguagem para web que pode usar ponteiros para otimização de processos.

10º Ferramenta RAD: Visual Studio.NET

O desenvolvedor poderá contar com a ferramenta mais perfeita construída até hoje pela Microsoft, que é a maior fabricante de software do mundo, ninguém sabia!? : ) , chegando a superar ao Borland Delphi que era considerada a melhor ferramenta RAD, por várias revistas especializadas do ramo. Esta ferramenta conta com novas tecnologias de desenvolvimento, tais como Microsoft IntelliSense, Microsoft Outlining, etc.

Resumo

Comprado a peso de diamante, Anders Hejsberg foi tirado da Borland onde tinha feito a melhor ferramenta visual existente até o momento, para gerenciar este projeto. A Microsoft investiu milhões de dólares na construção desta nova linguagem e está com a política clara de que irá investir muito mais para consolidar o C#.

O C é uma linguagem nova, mas veio amadurecida para o mercado, pois já até existe projetos sendo feitos completamente nesta linguagem.

Esta matéria não tem a intenção de dizer que o C é a melhor linguagem do muno até porque todas tem sua finalidade, mas apenas mostrar que C é uma poderosa aliada quando o assunto é programação portável. Caso não esteja satisfeito com as respostas, e quiser enviar sugestões ou criticas envie um e-mail para sidney_filho@hotmail.com.


Elter.teodoro
   - 24 mai 2005

>>O desenvolvedor poderá contar com a ferramenta mais perfeita >>construída até hoje pela Microsoft, que é a maior fabricante de software >>do mundo, ninguém sabia!? : ) , chegando a superar ao Borland Delphi >.que era considerada a melhor ferramenta RAD, por várias revistas >>especializadas do ramo. Esta ferramenta conta com novas tecnologias de >>desenvolvimento, tais como Microsoft IntelliSense, Microsoft Outlining, etc.

Falando especificamente de IDE , a versao atual do Visual Studio.net , não superar a versão atual do Delphi que e a 2005 , pode ate ser que o
Visual Studio 2005.net consiga supera-lo , atualmente isto não acontece ,
isto cehgou acontece com versão 8 do delphi , digo isto , sem paixão , pois experimentei as duas IDE.

Concordo com resto do artigo .