Array
(
    [0] => stdClass Object
        (
            [Votos_Balanceados] => 1
            [id] => 500806
            [titulo] => Instruções SQL - Bons ou Ruins
            [dataCadastro] => DateTime Object
                (
                    [date] => 2014-11-11 10:19:09
                    [timezone_type] => 3
                    [timezone] => America/Sao_Paulo
                )

            [isFirstPost] => -1
            [idUsuario] => 238223
            [status] => A
            [isExample] => 
            [NomeUsuario] => soeuseijothaz
            [Apelido] => jothaz
            [Foto] => 238223_20141108222927.jpg
            [Conteudo] => Alex - Lekao,

O plano de execução é uma ferramenta muito robusta, bem lembrado. E com paciência e persistência consegui-se usá-lo de maneira satisfatória.

Hoje em dia com o uso de framework de persistência (hibernate e nhibernate) e com servidores cada vez potentes virou tendencia negligenciar as melhores práticas com relação ao uso do SQL. O servidor de banco de dados é tratado como a "tia louca", que fica trancada no quarto. Pois dá para fazer tudo via xml ou via código. O problema é que quando a tia louca resolve ficar realmente louca a coisa complica.

O importante é sempre ter uma visão do todo e acima de tudo bom senso. Ainda mais quando se esta desenvolvendo para web.

No mais meu avô já dizia que aprender não enche espaço. ) )

Instruções SQL - Bons ou Ruins

Mariana Carvalho
   - 09 nov 2014

O que consideram como instruções boas ou ruins? aprendemos o basico: select(select *) e algumas vezes mais detalhados, mas sempre aparece a criatividade, afinal, o que é bom ou ruim nas instruções, as produzidas por nós, por softwares, qual o padrão a seguir, qual a forma correta de fazer?

Post mais votado

Jothaz
   - 11 nov 2014

Alex - Lekao,

O plano de execução é uma ferramenta muito robusta, bem lembrado. E com paciência e persistência consegui-se usá-lo de maneira satisfatória.

Hoje em dia com o uso de framework de persistência (hibernate e nhibernate) e com servidores cada vez potentes virou tendencia negligenciar as melhores práticas com relação ao uso do SQL. O servidor de banco de dados é tratado como a "tia louca", que fica trancada no quarto. Pois dá para fazer tudo via xml ou via código. O problema é que quando a tia louca resolve ficar realmente louca a coisa complica.

O importante é sempre ter uma visão do todo e acima de tudo bom senso. Ainda mais quando se esta desenvolvendo para web.

No mais meu avô já dizia que aprender não enche espaço.

Jothaz
   - 09 nov 2014

Pergunta difícil pois: "O lixo de um homem é o tesouro de outro."

Agora deixando a pseudofilosofia de lado dê uma olha neste post que escrevi a muito tempo, mas acho que algumas dicas ainda valem.

http://forum.imasters.com.br/topic/224255-dicas-e-melhores-prticas-sql/

No post não quero "c.gar regras" são só considerações levando-se em conta minha vivência com SQL.

Uma dica que eu acho importantíssima é, na medida do possível, sua sentença serem aderente ao padrão ANSI, assim a portabilidade dica mais simples.

Agora vamos ver outras visões e sugestões do pessoal do fórum.

Marisiana
   - 10 nov 2014

Muito bom o artigo que escrevestes Jothaz!
São dicas valiosas que devem ser levadas em consideração!
Algumas eu conhecia e outras são novidades pra mim...
Obrigada por compartilhar!

Jothaz
   - 10 nov 2014


Citação:
Muito bom o artigo que escrevestes Jothaz!
São dicas valiosas que devem ser levadas em consideração!
Algumas eu conhecia e outras são novidades pra mim...
Obrigada por compartilhar!


De nada!

Não são verdades absolutas ou dogmas, mas a vivência.

Precisando é só se manifestar.

Alex Lekao
   - 11 nov 2014

Ola Bom dia!!!

Gostei das dicas tbm, obrigado.

Esse link tbm tem algumas coisas interessantes sobre codigos ruins. rsrsr

Top 10 piores instruções SQL

Acredito que uma boa forma de identificarmos se o codigo esteja ruim ou se precisa verificar algumas coisas nele eh a utilizacao do plano de execucao estimado, ele indica ate indices que precisariam ser criados(falando de sql server, nao conheco nos outros. rsrsr) para melhorar performance e tal.

Agora o problema que percebo eh que parece que tem bastante conhecimento nele nao tem muita paciencia de passar e ele parece pouco discutido.

E duvidas que abri a um tempo atraz a respeito dele, percebi que houve uma certa parada nas respostas. rsrsr

Uma outra coisa eh tentar conhecer o que o mecanismo fara nas consultas, saber que o que ele fara primeiro, se nao estou enganado, eh feito sempre o where primeiro e depois os selects ou os resultados dos selects no caso.

quando vi na faculdade sobre algebra relacional me abriu um pouco a mente sobre o mecanismo de banco de dados, infelizmente nao tive muitas aulas porque no dia que eram as aulas de banco de dados eu nao podia ir a faculdade. rsrsrsr

Abraco.

Marisiana
   - 11 nov 2014

Mas ruim esses códigos hein Alex..!
O número um da lista superou todos os ranking de gambiarras... =D
Gosto muito dos artigos e vídeos publicado pelo Mauro Pichiliani, pois ele sempre passa um conhecimento bem avançado nos assuntos!

Marisiana
   - 11 nov 2014

O problema do uso de framework é que nem sempre eles estão atualizados de acordo com o SGBD e isso impede de utilizar os recursos disponíveis pelo SGBD.
E são recursos que fazem toda a diferença, pois, como o Jothaz também comentou, as melhores práticas ao utilizar instruções SQL são negligenciadas.
O plano de execução é sempre deixado de lado e muitos nem conhecem...

Mariana Carvalho
   - 11 nov 2014

Desculpe a não participação/Demora.

Jothaz bem legal seu artigo deu uma lida superficial, assim que der estarei lendo com calma.

Alex, não tinha visto esse artigo, me ajudará a evitar diversos erros ou não fazer essas instruções.

Alex Lekao
   - 11 nov 2014

Ola, boa tarde!!!

jothaz a persistencia eh me faz continuar tentando usar uma serie de coisas e aprender um pouco mais para melhorar o meu cotidiano na empresa. rsrsr

mas nem sempre agente dispoe de tempo para ficar tentando e tentando... rsrsr

mas de fato tem-se negligenciado muita coisa no dia a dia dos codigos. srsrs

Marisiana ele eh bom mesmo, ja li algumas coisas e sao bem claras, isso facilita a nossa vida. rsrsr

as gambiarras eh que nao faltam, eu mesmo faco uso delas para entregar algo que precisa ser rapido, mas volto no codigo e faco as correcoes necessarias depois de entregue, se nao vou matar o banco a cada execucao(um mal exemplo eu sei. rsrsr).

Mariana, o bom eh aprender com os erros dos outros nao eh? rsrsr

Eu nao sei se eu seria a melhor pessoa para fazer a respeito de boas e mas praticas, afinal de contas sou extremamente novato(na minha opiao. rsrsr) em banco de dados, na sua administracao e desenvolvimento do mesmo, e com o meu dia a dia tao corrido, nunca consigo me aprofundar como deveria, mas tamo sempre na area tentando aprender com vcs.

Abraco.

Mariana Carvalho
   - 14 nov 2014

Tudo bem Alex, o ideial é errar quando se está aprendendo, mas nem sempre isso é possivel, erros são cometidos não por incompetencia mas sim por falta de conhecimento, os erros dos outros são bem vindo!!! rsrsrs.

Alex Lekao
   - 17 nov 2014

Pois eh.

Acredito que uma boa sabedoria eh aprender com os erros dos outros. rsrsr

Mariana Carvalho
   - 22 nov 2014


Citação:
Pois eh.

Acredito que uma boa sabedoria eh aprender com os erros dos outros. rsrsr


Ohh se é, mas errando tambem aprendemos, mas nem todo erro nos experiencia, profissionalmente falando.

Alex Lekao
   - 24 nov 2014

sim de fato.

Mariana Carvalho
   - 14 dez 2014

Esqueci de te agradecer Alex, desculpa.

Alex Lekao
   - 15 dez 2014

kkk....

esquenta nao.

Mariana Carvalho
   - 15 dez 2014

Estou relendo mais vezes sobre SELECT. alguns se tornam meio complexos.

Alex Lekao
   - 15 dez 2014

sim... com certeza.

eh parece que vao ficando cada vez mais legais de fazer. rsrsr

Mariana Carvalho
   - 15 dez 2014

Bem legais mesmo, melhora quando aparece muitas tabelas e funções!

Alex Lekao
   - 17 dez 2014

pois eh.

e vai complicando a leitura.

Um dia destes me perguntaram sobre um relatorio que montei o script, confesso que levei bastante tempo para entender o que eu tinha feito. kkkkk

Mariana Carvalho
   - 17 dez 2014

Tem dessas coisas o banco de dados, independente de tecnologia, da para fazer certas coisas, mas se não ficar praticando ou estudando não da para lembrar mesmo.

Alex Lekao
   - 17 dez 2014

kkkkkk

pois eh.