Array
(
)

Meia Nota de Entrada como voces fariam

Dpinho
   - 08 fev 2006

Amigos, estou fazendo minha nota de entrada de podutos, mas acontece que tem o problema de meia nota. ou seja o fornecedor envia o produto e so tira a nota de alguns itens com preço menor. Porem no sintegra tenho que lançar os itens da nota.
Por exemplo tenho um pedido de 10 itens descriminado normalmente
1 - Produto cola tipo 50 valor 50,00 quantidade 10 Unidade
2 - Produto Cola Tipo 20 valor 50,00 Quantidade 10 Unidade
3 - Produto Esmalte 20 Valor 20,00 quantidade 5 unidades
4 - produto Esmalte 10 Valor 5,00 Quantidade 3 unidades

a Nota vem :
1 - Cola Valor 5,00 quantidade 20 unidades
2 - Esmalte Valor 5,00 Quantidade 8 unidades

Queria Sugestoes de como resolver esta situação, o valor total da nota é o mesmo, porem o itens não concidem com o pedido, preciso autalizar o estoque dos itens e lançar a nota para o sintegra.
Passe dicas de como voces fazem, acho que ajudaria a muitos
Obrigado
Claudio


Motta
   - 08 fev 2006

Quem deve responder isto é seu usuário.

Ele que define a regra de negócio, se aceita a nota parcialmente ou não.

Se ele aceitar a nota parcialmente, vc deve ter um registro dos itens do pedido e outro dos da nota.


Edilcimar
   - 08 fev 2006

Eu simplesmente não faria pois se vc é o programador e o seu programa sonega, vc assina solidário ao cliente, e como sonegação fiscal é crime, vc vai ver o sol nascer quadrado junto com o cliente


Leandroaoa
   - 08 fev 2006

como o Edicilmar disse kr isso e crime, o que esta na nota e o que vc tem que apresentar para o fisco entao nao tenta bular o sistema pois se vc for pego o sol pra vc vai ter outro sabor, agora se vc que fazer isso entao crie uma tabela historico ai vc coloca tudo la.....

Lembre-se fazendo isso a responsabilidade e toda sua ainda mais se vs sa consegui a liberacao do seu prg pela receita do seu estado

Cuidado muito cuidado, crime fiscal e pior que matar


Dopi
   - 08 fev 2006

Concordo com o Edilcimar... Se vc fizer um esquema que de suporte a práticas de sonegação vc estará sendo solidário a ela...

Mas como resolver.... Instale dois programas distintos na máquina do cliente e faça 2 contratos... Como se fossem para 2 empresas diferentes...

Ele lança o real em um sistema e o fiscal no outro... Logico que haverá uma re-digitação.. mas assim o risco é só dele...


Motta
   - 08 fev 2006

E a minha ficha não caiu para a sonegação, se bem que ele falou que o valor total batia e não ficou claro se era nota parcial ou não.


Aroldo Zanela
   - 09 fev 2006

Colega,

Apesar de ´tentador´ o desafio de resolver este tipo de situação, minha recomendação é a mesma que os demais, NÃO FAÇA ISSO. Lembre-se que o Cliente vai lucrar com isso se não for pego e você só vai amargar prejuízos.


Dpinho
   - 09 fev 2006


Citação:
E a minha ficha não caiu para a sonegação, se bem que ele falou que o valor total batia e não ficou claro se era nota parcial ou não.


Agradeço a resposta de todos e principalmente a preocupação com nosso pais que ja tem muita gente pra roubar e poucos pra fazer.
Mas, quem trabalha com importadores sabe o quanto é dificil nosso cliente dizer que quer uma nota inteira, não adianta brigar com eles sempre vem Meia Nota, os quantidades batem, mas os itens e os valores são diferenciados de acordo com a necessidade de emissão do fornecedor. Nos programadores contratados so podemos dizer amem. Imagina se existe se um dia puder dizer a meu cliente que ele deve fazer assim ou assado.
Bem, nunca fui a favor de sonegar imposto, mas precisamos comer e comprar o leite das crianças.
Acho que este topico pode ser um local de discurção muito bom, porque sei que tem muito programador com o mesmo dilema.
Somos programadores ou fiscal do Governo?


Motta
   - 09 fev 2006

Agora ficou claro, se quer um conselho não faça !!!


Vsf
   - 21 abr 2006

Esse é o cumulo da corrupção... agora se pergunta em foruns como fazer sonegação! É muita cara de pau!