Array
(
    [0] => stdClass Object
        (
            [Votos_Balanceados] => 2
            [id] => 523128
            [titulo] => Programador x Engenharia software x DBA
            [dataCadastro] => DateTime Object
                (
                    [date] => 2015-06-17 12:43:37
                    [timezone_type] => 3
                    [timezone] => America/Sao_Paulo
                )

            [isFirstPost] => -1
            [idUsuario] => 397347
            [status] => A
            [isExample] => 
            [NomeUsuario] => Randrade
            [Apelido] => 
            [Foto] => 397347_20150704190512.png
            [Conteudo] => Você poderá ser um excelente programador, basta se dedicar. Porém, independente se você quer ser um programador ou um engenheiro de projeto. Documentação você PRECISA saber.

O gerente/analista/engenheiro pode lhe entregar os diagramas, etc. Porém, você precisará entender para programar em cima. A maioria das vezes, o programador não possui contato com o cliente, e o que ele possui para programar são os "papeis". Você pode saber codificar, mas o que irá codificar?

Em várias empresas, é solicitado ao programador realizar a documentação do projeto, criar os diagramas, etc. Por outro lado, pode ser que trabalhe em uma empresa pequena, ou que não ligue para documentação (improvável este caso).

Eu, com a pouca experiência que tenho, aconselho a aprender e estudar documentação. Não precisa aprender tudo, nem de longe. Mas estude os diagramas mais comuns da UML, como levantar e entender os requisitos levantados, como "conversar por papéis" (esse é um termo que aprendi na empresa que trabalho, nunca vi utilização fora, mas gosto dele, kk).

Resumindo, se você quer ser desenvolvedor, foque no desenvolvimento. Mas não esqueça das outras áreas, pois elas são tão importante quanto desenvolver. ) )

Programador x Engenharia software x DBA

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015

Bom dia pessoal, sou programador java junior a 1 ano e meio faço faculdade estou no penultimo ano, amo programação em java e acho legal php pela sua simplicidade de criação de sites. admiro quem tem criatividade para criação de layout até gostaria de manjar design para layout porque gosto do mundo web.Pretendo tirar certificações java tambem.
Mais na vida de um profissional programador vocês acha que é necessario eu dominar a modelagem e diagramas essas parte onde envolve a parte de engenharia e de banco de dados ou acham que devo seguir em frente só com programação mesmo estudando Java e PHP assim que domina bastante ir para .NET e focar na área de programação mesmo sem me preocupar em modelagem e diagramas. SQL eu sei bastante caso falem que banco é interessante a parte de banco em SQL eu me viro só não sou bom mesmo em diagramas, estudo de casos e modelagem
O que vocês acham divido meu tempo estudando as 3 áreas Engenharia, Banco e Programação ou foco na programação e bora estudar só programação e front-end.
Por favor me ajudem.

Post mais votado

Randrade
   - 17 jun 2015

Você poderá ser um excelente programador, basta se dedicar. Porém, independente se você quer ser um programador ou um engenheiro de projeto. Documentação você PRECISA saber.

O gerente/analista/engenheiro pode lhe entregar os diagramas, etc. Porém, você precisará entender para programar em cima. A maioria das vezes, o programador não possui contato com o cliente, e o que ele possui para programar são os "papeis". Você pode saber codificar, mas o que irá codificar?

Em várias empresas, é solicitado ao programador realizar a documentação do projeto, criar os diagramas, etc. Por outro lado, pode ser que trabalhe em uma empresa pequena, ou que não ligue para documentação (improvável este caso).

Eu, com a pouca experiência que tenho, aconselho a aprender e estudar documentação. Não precisa aprender tudo, nem de longe. Mas estude os diagramas mais comuns da UML, como levantar e entender os requisitos levantados, como "conversar por papéis" (esse é um termo que aprendi na empresa que trabalho, nunca vi utilização fora, mas gosto dele, kk).

Resumindo, se você quer ser desenvolvedor, foque no desenvolvimento. Mas não esqueça das outras áreas, pois elas são tão importante quanto desenvolver.

Daniel Lima
   - 17 jun 2015

Bom dia amigo, sua pergunta é meio genérica. Trabalho a alguns anos com PHP e garanto para você que é importante aprender engenharia de software e estude também SQL, procure um foco e siga seu caminho, caso deseje focar em PHP eis abaixo a minha lista de recomendações:

Zend PHP Certification;
Padrões de Projetos;
Laravel 5;
Metodologias Ágeis para desenvolvimento Web;
Web Services PHP;
Segurança em PHP;

Todo o restante você encontra na Zend PHP Certification, não esqueça de estudar também HTML 5.

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
Bom dia amigo, sua pergunta é meio genérica. Trabalho a alguns anos com PHP e garanto para você que é importante aprender engenharia de software e estude também SQL, procure um foco e siga seu caminho, caso deseje focar em PHP eis abaixo a minha lista de recomendações:

Zend PHP Certification;
Padrões de Projetos;
Laravel 5;
Metodologias Ágeis para desenvolvimento Web;
Web Services PHP;
Segurança em PHP;

Todo o restante você encontra na Zend PHP Certification, não esqueça de estudar também HTML 5.


Então amigo por exemplo aqui na devmedia tem as formações será que compensa estudar as formações de engenharia e banco de dados sendo que meu foco é ser programador, e numa empresa grande nunca trabalhamos com as 3 funções saber SQL essencial mais parte de gerenciamento de banco e UML e diagramas será que é preciso se aprofundar ou apenas entender eles. Estudo de caso será que preciso fazer um curso de estudo de caso mesmo eu sendo programador e nao engenheiro de software,

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

Se o seu foco é desenvolvimento, cresça nele, ao meu ver, não mude totalmente de área, principalmente banco já que não é seu forte, é isso mesmo não é?

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
Se o seu foco é desenvolvimento, cresça nele, ao meu ver, não mude totalmente de área, principalmente banco já que não é seu forte, é isso mesmo não é?


Então meu forte não é

Estudo de caso
Diagramas em geral
analise de requisitos

sabe essa parte mais acredito eu de engenharia. Por nao ser meu forte e eu quero ser desenvolvedor de empresa grande eu devo focar em programação apenas porque numa empresa trabalharia so na programação e nao nas 3 areas ou devo focar nos 3 entre aspas " ser bom neles " porque nao acredito muito que tenha como ser bom em todas as 3 areas cada pessoa tem seu tom em uma ou estou errado.?

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

Eu vejo como algo crescente na empresa o desenvolvedor ser futuramente um analista, depois disso gerente, enfim, cada caso é um caso.

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
Eu vejo como algo crescente na empresa o desenvolvedor ser futuramente um analista, depois disso gerente, enfim, cada caso é um caso.


Esta certo, mais eu quero ser um desenvolver senior sabe focar em desenvolvimento em sistemas web trabalhando em uma empresa, e como freelancer trabalhando como php
sabe não tenho aquele sonho de mandar ou gerenciar e sim ser o melhor programador possivel que domine varias linguagens cria qualquer tipo de sistema, web,desktop, mobile e em qualquer linguaguem sei que estou pensando alto rsrs.. mais seria esse meu sonho

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

Está no caminho certo então! Só isso que tenho a dizer.

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
Você poderá ser um excelente programador, basta se dedicar. Porém, independente se você quer ser um programador ou um engenheiro de projeto. Documentação você PRECISA saber.

O gerente/analista/engenheiro pode lhe entregar os diagramas, etc. Porém, você precisará entender para programar em cima. A maioria das vezes, o programador não possui contato com o cliente, e o que ele possui para programar são os "papeis". Você pode saber codificar, mas o que irá codificar?

Em várias empresas, é solicitado ao programador realizar a documentação do projeto, criar os diagramas, etc. Por outro lado, pode ser que trabalhe em uma empresa pequena, ou que não ligue para documentação (improvável este caso).

Eu, com a pouca experiência que tenho, aconselho a aprender e estudar documentação. Não precisa aprender tudo, nem de longe. Mas estude os diagramas mais comuns da UML, como levantar e entender os requisitos levantados, como "conversar por papéis" (esse é um termo que aprendi na empresa que trabalho, nunca vi utilização fora, mas gosto dele, kk).

Resumindo, se você quer ser desenvolvedor, foque no desenvolvimento. Mas não esqueça das outras áreas, pois elas são tão importante quanto desenvolver.


Então não vou esquecer das outras áreas mais o básico o entendimento já é suficiente ou preciso me aprofundar nas outras areas ?

Mariana Carvalho
   - 17 jun 2015

Boa tarde, se me permite Jhonathan vou me meter, no titulo citou banco de dados, a função DBA, bom que estará fugindo um pouco da sua área, mas nada impedi de seguir, mas o mais complicado são as vagas no mercado se comparado as do desenvolvimento.

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
Está no caminho certo então! Só isso que tenho a dizer.


Obrigado, vou começar a mudar meu cronograma de estudo colocando

segunda, quarta, sexta e domingo -> JAVA

terça, quinta e sabado -> PHP e tambem Front-end ex: tableless, html5, javascript etc...

cada dia eu faço o curso do respectivo assunto.

o que acha?

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

A lista do Daniel Rodrigues é linha a se seguir, é claro, primeiro siga para o caminho que está percorrendo que é o Java não é?

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
A lista do Daniel Rodrigues é linha a se seguir, é claro, primeiro siga para o caminho que está percorrendo que é o Java não é?


Então é Java mais acredito que tenha como estudar

Java, PHP, Front-end

dentro de um cronograma de estudo seguindo ele certinho. Você nao acha?

Jothaz
   - 17 jun 2015


Citação:

Citação:
Você poderá ser um excelente programador, basta se dedicar. Porém, independente se você quer ser um programador ou um engenheiro de projeto. Documentação você PRECISA saber.

O gerente/analista/engenheiro pode lhe entregar os diagramas, etc. Porém, você precisará entender para programar em cima. A maioria das vezes, o programador não possui contato com o cliente, e o que ele possui para programar são os "papeis". Você pode saber codificar, mas o que irá codificar?

Em várias empresas, é solicitado ao programador realizar a documentação do projeto, criar os diagramas, etc. Por outro lado, pode ser que trabalhe em uma empresa pequena, ou que não ligue para documentação (improvável este caso).

Eu, com a pouca experiência que tenho, aconselho a aprender e estudar documentação. Não precisa aprender tudo, nem de longe. Mas estude os diagramas mais comuns da UML, como levantar e entender os requisitos levantados, como "conversar por papéis" (esse é um termo que aprendi na empresa que trabalho, nunca vi utilização fora, mas gosto dele, kk).

Resumindo, se você quer ser desenvolvedor, foque no desenvolvimento. Mas não esqueça das outras áreas, pois elas são tão importante quanto desenvolver.


Então não vou esquecer das outras áreas mais o básico o entendimento já é suficiente ou preciso me aprofundar nas outras areas ?


Randrade foi perfeito!

A construção de um sistema utiliza-se do método cientifico, decompondo em partes para o entendimento do todo. E depois recompondo as partes para se chegar ao todo novamente.

Por mais que você ache romântico ser o ninja da programação a codificação em si e o meio e não o objetivo. Você poder conhecer vários linguagens a fundo,
todas as nuances das sintaxe, mas se não souber unir isto de forma coesa e correta de nada servirá.

Ao contrário do que a maioria, principalmente os iniciantes, imagina talvez 70% de um projeto sejam dedicados ao planejamento. Baseado na forma que você ser relaciona com seu cliente, entende o que é necessário e consegue descrever isto em forma de requisitos e diagramas. Então o que vai realmente fazer a diferença é saber se expressar e argumentar na linguagem humana a codificação seria transformar o que foi acertado, usando a linguagem humana, em linguagem de máquina.
Então por mais que se torça o nariz a documentação é uma das coisas mais importantes em um projeto. Pois se quem criou o projeto sair da empresa ou mesmo desencarnar, somente com a documentação será possível dar manutenção e fazer melhorias no projeto.
Já trabalhei em dezenas de projetos sem documentação e é osso, pois perde-se muito tempo só para entender o que foi feito.

Uma má codificação pode "ferrar" com um projeto bem planejado e elaborado, mas uma boa codificação não "salva" um projeto mal planejado e mal elaborado. Se você pesquisar verá a maioria dos projetos fracassam por problemas de escopo e requisito.

Claro que você não precisar ser especialista em banco de dados, UML e metodologia de desenvolvimento e documentação, mas você deverá ter conhecimentos avançados sobre estes assuntos, senão por mais que você serja o mestre dos código não terá êxito na sua vida profissional.

Agora tudo depende de que você pretende para sua vida profissional. Se você tem uma situação financeira estável e trabalha com programação como um hobby sem necessariamente depender da remuneração para viver, beleza pode ficar só por conta de codificar que você sanará seu desejo.

Outra questão é você vai trabalhar em pequenas/micro empresas onde você é o único da área de TI então não terá problemas, claro que a remuneração será bem baixa. mas se quer ser bem remunerado e trabalhar em empresas profissionais de médio e grande porte então não tem como negligenciar estes conhecimentos.

Conheço alguns profissionais que são fera na parte de codificação e não são remunerados com outros profissionais mediando, mas como uma gana de conhecimentos maiores.

A não ser que você seja uma gênio da programa, um novo Alan Turing, procure garantir um conhecimento mais completo possível.

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:

Citação:

Citação:
Você poderá ser um excelente programador, basta se dedicar. Porém, independente se você quer ser um programador ou um engenheiro de projeto. Documentação você PRECISA saber.

O gerente/analista/engenheiro pode lhe entregar os diagramas, etc. Porém, você precisará entender para programar em cima. A maioria das vezes, o programador não possui contato com o cliente, e o que ele possui para programar são os "papeis". Você pode saber codificar, mas o que irá codificar?

Em várias empresas, é solicitado ao programador realizar a documentação do projeto, criar os diagramas, etc. Por outro lado, pode ser que trabalhe em uma empresa pequena, ou que não ligue para documentação (improvável este caso).

Eu, com a pouca experiência que tenho, aconselho a aprender e estudar documentação. Não precisa aprender tudo, nem de longe. Mas estude os diagramas mais comuns da UML, como levantar e entender os requisitos levantados, como "conversar por papéis" (esse é um termo que aprendi na empresa que trabalho, nunca vi utilização fora, mas gosto dele, kk).

Resumindo, se você quer ser desenvolvedor, foque no desenvolvimento. Mas não esqueça das outras áreas, pois elas são tão importante quanto desenvolver.


Então não vou esquecer das outras áreas mais o básico o entendimento já é suficiente ou preciso me aprofundar nas outras areas ?


Randrade foi perfeito!

A construção de um sistema utiliza-se do método cientifico, decompondo em partes para o entendimento do todo. E depois recompondo as partes para se chegar ao todo novamente.

Por mais que você ache romântico ser o ninja da programação a codificação em si e o meio e não o objetivo. Você poder conhecer vários linguagens a fundo,
todas as nuances das sintaxe, mas se não souber unir isto de forma coesa e correta de nada servirá.

Ao contrário do que a maioria, principalmente os iniciantes, imagina talvez 70% de um projeto sejam dedicados ao planejamento. Baseado na forma que você ser relaciona com seu cliente, entende o que é necessário e consegue descrever isto em forma de requisitos e diagramas. Então o que vai realmente fazer a diferença é saber se expressar e argumentar na linguagem humana a codificação seria transformar o que foi acertado, usando a linguagem humana, em linguagem de máquina.
Então por mais que se torça o nariz a documentação é uma das coisas mais importantes em um projeto. Pois se quem criou o projeto sair da empresa ou mesmo desencarnar, somente com a documentação será possível dar manutenção e fazer melhorias no projeto.
Já trabalhei em dezenas de projetos sem documentação e é osso, pois perde-se muito tempo só para entender o que foi feito.

Uma má codificação pode "ferrar" com um projeto bem planejado e elaborado, mas uma boa codificação não "salva" um projeto mal planejado e mal elaborado. Se você pesquisar verá a maioria dos projetos fracassam por problemas de escopo e requisito.

Claro que você não precisar ser especialista em banco de dados, UML e metodologia de desenvolvimento e documentação, mas você deverá ter conhecimentos avançados sobre estes assuntos, senão por mais que você serja o mestre dos código não terá êxito na sua vida profissional.

Agora tudo depende de que você pretende para sua vida profissional. Se você tem uma situação financeira estável e trabalha com programação como um hobby sem necessariamente depender da remuneração para viver, beleza pode ficar só por conta de codificar que você sanará seu desejo.

Outra questão é você vai trabalhar em pequenas/micro empresas onde você é o único da área de TI então não terá problemas, claro que a remuneração será bem baixa. mas se quer ser bem remunerado e trabalhar em empresas profissionais de médio e grande porte então não tem como negligenciar estes conhecimentos.

Conheço alguns profissionais que são fera na parte de codificação e não são remunerados com outros profissionais mediando, mas como uma gana de conhecimentos maiores.

A não ser que você seja uma gênio da programa, um novo Alan Turing, procure garantir um conhecimento mais completo possível.


Obrigado estão me ajudando muito então atualmente estou com um cronograma de estudo da seguinte maneira

Segunda - Quarta - Sexta - Domingo

Curso de Java Spring: JdbcTemplate
Curso Introdução UML
Curso Java O.O

Terça - Quinta - Sabado

Curso de Java Spring: JdbcTemplate
Curso Introdução ao Java
Curso Modelagem de Banco de Dados Relacionais

Mesmo tento conhecimento intermediario em java já eu estudo O.O e java basico ainda para me aperfeiçoar mais, pode ve que estudo banco de dados e engenharia estou seguindo a ordem da formação da devmedia de engenheiro de software e banco de dados e de java

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

Claro que sim Jhonathan!

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
Claro que sim Jhonathan!


Blz então é que eu gosto de PHP para criar sites simples sabe e acredito que da para ganhar dinheiro mais rapido, como freelancer, mais o negocio então é se especializar num todo mesmo e focar só em java. Eu pensei de tentar encaixar o curso de PHP pelo menos 2 vezes por semana o que acha?

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

É isso aí, sucesso pra ti!

Jhonathan Oliveira
|
MVP
Pontos: 700
    17 jun 2015


Citação:
É isso aí, sucesso pra ti!


Então Eduardo você acha que devo tentar encaixar PHP pelo menos 2 dias por semana ou melhor não ?

Eduardo Pessoa
   - 17 jun 2015

Isso é você quem deve decidir, faça uma lista de prioridades, um bom começo.

Jothaz
   - 18 jun 2015


Citação:

Citação:
Claro que sim Jhonathan!


Blz então é que eu gosto de PHP para criar sites simples sabe e acredito que da para ganhar dinheiro mais rapido, como freelancer, mais o negocio então é se especializar num todo mesmo e focar só em java. Eu pensei de tentar encaixar o curso de PHP pelo menos 2 vezes por semana o que acha?


Só você pode decidir sobre quais suas metas e como pretende alcançá-las, pois não sabemos sobre sua disciplina, capacidade de aprendizado e disposição.

As vezes quando se come muito a digestão é fica difícil e ineficaz. Então não são todos que conseguem lidar com uma carga destas, mas se você acha que esta sendo proveitoso
"cai pra dentro".

E só mais um detalhe eu gosto muito de tecnologia e do meu trabalho, mas gosto mais ainda de qualidade de vida é notável sua dedicação e vontade, mas reserve um tempo para descaçar e se divertir fazendo coisas triviais como: namorar ou flertar, jogar, ler ou jogar conversar fora que as pessoas que você gosta. Faz se necessário dar um escanço para renovar as energias.