Array
(
)

Sargento

Fabio.hc
   - 05 jun 2004

Sargento.

De manhã, o sargento reúne o pelotão e berra:

- Pelotão, sentido! Soldado Gomes! Está dispensado! Seu irmão morreu ontem à noite!

O soldado sai do pelotão aos prantos. O capelão, que observava a cena, decide chamar o sargento para uma conversa.

- Sargento, acho que o senhor deveria ser um pouco mais delicado e sutil para comunicar este tipo de notícia. Talvez seja necessário preparar uma pequena introdução, para poupar o soldado de um trauma psicológico.

- Sim, capelão! - diz o sargento, sem muita certeza de haver entendido as complicadas palavras do padre.

Dias depois, o sargento reúne novamente o pelotão:

- Bom dia, soldados! - berra o sargento.

- Bom dia, senhor! - respondem os soldados.

- Soldados! Hoje é o Dia das Mães, e espero que todos vocês liguem para suas mães para mandar-lhe votos de felicidade.

Aliás, todos os que tiverem a sorte de ter sua mãe viva, dêem dois passos à frente.

A maioria dos soldados dá dois passos à frente. O sargento olha para o pelotão e berra:

- Soldado Silva! Dois passos para trás!


Otto
   - 05 jun 2004


Citação:
- Soldado Silva! Dois passos para trás!


mas que sagento mais fidido...


Crash
   - 05 jun 2004

Essa foi f¬#d@ :shock: :shock:


Beppe
   - 05 jun 2004

Meus sentimentospara o Soldado Silva. :( :(

:lol:


Repa
   - 07 jun 2004

O Manoel mudou-se p/ o Brasil e deixou a mãe, o irmão e um gato em Portugal.
Um dia, recebe uma carta do irmão dizendo que o gato morreu.
Não se conformando c/ a frieza do irmão em dar-lhe a notícia tão de sopetão resolve escrever-lhe: ´Irmão, qdo acontecer algo assim, por favor, me avise c/ mais cuidado. Poderia ter-me escrito dizendo que o gato subiu no telhado, depois caiu, foi ao veterinário e então morreu... Assim, eu estaria mais preparado p/ receber a notícia da morte!´
Depois de algum tempo Manoel recebe nova carta do irmão: ´Manoel, a mamãe subiu no telhado...´