Melhorando produtividade da equipe com Scrum

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (0)

Este artigo vai abordar considerações e opiniões para tentar quebrar alguns mitos ao se implantar Scrum e ter uma equipe que agregue valor ao projeto e assim melhorando a produtividade da equipe em projetos com Scrum.

Artigo do tipo Teórico
Recursos especiais neste artigo:
Conteúdo sobre Engenharia
Porque este artigo é útil
Quando uma organização começa a explorar o Scrum, muitas vezes há um momento desconfortável no início, pois não se tem um entendimento do quanto uma equipe de desenvolvimento pode ser capaz de produzir. Definir os membros e as características da equipe é um fator preponderante para o andamento do projeto. Assim, ao longo deste artigo serão descritas considerações e opiniões para se tentar quebrar esse mito ao se implantar Scrum e ter uma equipe que agregue valor ao projeto.

Em empresas de TI onde o trabalho em equipe é essencial, os projetos precisam ser desenvolvidos com uma iteração maior por parte do cliente, de modo que haja uma conformidade com os itens previamente estabelecidos. Da mesma forma, as entregas precisam ser definidas em curtos períodos, o que torna melhor a validação do sistema, uma vez que se tem uma parte funcional do projeto a cada pequeno intervalo. Este é o cenário do Scrum, o qual as empresas devem pensar em adotá-lo, caso ainda não o tenham feito, como metodologia ágil de desenvolvimento. Desta forma, a empresa direciona a equipe a ser responsável pela entrega, de qualidade, dos itens da Sprint. Esta equipe deve ser multifuncional e com multiqualificação, além de trabalhar em conjunto para apoiar uns aos outros durante a execução do projeto.

Dentro da empresa, a gerência deve possuir um conhecimento amplo da capacitação da equipe a fim de conhecer seus limites de desenvolvimento dentro do projeto. Cabe salientar que nem todas as pessoas possuem todas as habilidades desenvolvidas no mesmo nível. Assim, é necessário haver transferência de conhecimento entre os membros, de modo que não haja nenhum déficit ou excesso que as impeça de colaborar para proporcionar o melhor resultado possível. Visando esse entendimento, os principais assuntos aqui apresentados contextualizam características essenciais para a criação de uma equipe com capacidade para resolução de problemas e que tenha responsabilidades perante o projeto.

Características de uma equipe ágil

As metodologias ágeis recomendam que os requisitos sejam entregues aos clientes em pequenas e frequentes releases, o que sempre representa um desafio para as equipes, pois é necessário construir, em um pequeno intervalo de tempo, uma parte funcional do projeto. Por outro lado, os membros de uma equipe ágil possuem mais autonomia para realizar suas tarefas. Deste modo, a equipe estabelece um objetivo comum entre os membros e decide quantos requisitos/itens são capazes de desenvolver em uma iteração (Sprints). Além disso, os membros adquirem um compromisso em conjunto ao desenvolver as estratégias a serem empregadas para alcançar esses objetivos, identificando as tarefas e atribuindo-as uns aos outros com auto-organização.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?