PMBOK: Gerenciamento de escopo em projetos

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (0)

Este artigo apresenta os conceitos referentes ao gerenciamento de escopo para um projeto, diferenciando seus principais aspectos, e mostra também quais são os conhecimentos utilizados nos processos que o compõe, propostos pelo Guia PMBOK.

Fique por dentro
Este artigo apresenta os conceitos referentes ao gerenciamento de escopo para um projeto, diferenciando seus principais aspectos, e mostra também quais são os conhecimentos utilizados nos processos que o compõe, propostos pelo Guia PMBOK. O tema é útil, principalmente, para gerentes de projetos que buscam a melhoria do processo de gerenciamento do escopo em projetos de desenvolvimento de software. Serve também para desenvolvedores de software que trabalhem em equipes de projeto e que visem aprimorar seus conhecimentos na gerência do escopo e usar as responsabilidades em relação às atividades de escopo de forma mais adequada.

Este artigo trata de uma das grandes áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos, o Escopo. Traz as diversas tarefas necessárias para a boa gerência do mesmo, exemplificando como isso pode ser feito em projetos que envolvem a Tecnologia da Informação (TI). Sejam eles, de desenvolvimento de software, de implantação de infraestruturas, de desenvolvimento tecnológico ou científico, de implantação de um novo procedimento ou negócio, enfim, de qualquer projeto ligado à grande área da Computação.

A palavra Escopo pode ser definida como sendo “limite ou abrangência de uma operação”, ou ainda como “local bem determinado que se aponte para atingir = alvo, mira”. As duas definições nos levam a uma determinação limite de algo que se queira alcançar, correto?

Costumo dar como exemplo aos alunos o ovo de galinha, que é produzido, botado, chocado e tem sua casca rompida quando o animal está pronto para se relacionar com o ambiente externo a sua casca. Pois bem, essa casca é quem direciona o escopo referente ao nascimento do animal, tudo o que está fora dela não corresponde ao projeto do animal de nascer.

E tudo aquilo que está dentro dela faz parte do escopo do projeto de se fazer nascer do animal.

Para a definição de escopo, uma resposta rápida poderia ser a de que ele é a casca do ovo, porém, explicarei de forma complementar esse conceito. O escopo não se limita à casca do ovo, o escopo do projeto é a casca do ovo (fronteira limitante do projeto) mais todo o conteúdo que se encontra dentro dela (alvo, que será produzido), tudo aquilo que se faz necessário para que no final possa ser obtido a partir da rebenta da casca, o pintainho em questão.

Guardadas as devidas proporções, o ambiente externo ao ovo, a galinha, o galo, pintinhos ou ainda outros ovos, não fazem parte do escopo do projeto do pintinho se fazer nascer. Embora a galinha tenha forte influência chocando esse ovo, ela não faz parte do mesmo e poderia até ser substituída pelo galo ou por um ambiente em temperatura ideal.

Assim, o escopo do projeto é o conteúdo que o projeto deve possuir e somente ele. Eliminando-se até elementos que possam estar diretamente ligados ao projeto, porém, que não façam parte do mesmo, está do lado de fora da casca!

O escopo no processo de desenvolvimento de software

Em processos de desenvolvimento de software o escopo do projeto é um dos principais elementos e o mais difícil de ser estabelecido de forma correta. A partir de sua definição é que o projeto pode ser iniciado, desenvolvido e gerenciado. Porém, as características do software fazem do gerenciamento do escopo uma atividade extremamente dinâmica, que inclui além da definição dos requisitos, o gerenciamento dos mesmos.

A tarefa de gerenciar os requisitos engloba além da definição, a rastreabilidade dos mesmos, a adaptabilidade de mudanças ocorridas nos mesmos, bem como o gerenciamento dessas mudanças. Um projeto que envolva o desenvolvimento de software inclui, ainda, dificuldades em se manter os requisitos levantados no início do projeto, por isso, a importância da uma boa coleta de requisitos inicial; realizar o gerenciamento das diferentes fontes de informação (stakeholders) para a definição dos mesmos; e gerenciar as constantes adições ou mudanças nos mesmos durante todo o projeto, à medida que novas funcionalidades são entregues.

Por isso, um cuidadoso gerenciamento do escopo é parte substancial do desenvolvimento de um projeto que envolva a construção de softwares. Para tanto, a tarefa de gerenciar é dividida em planejamento (que deve ser detalhado), verificação e o controle do mesmo.

Os mecanismos necessários para o gerenciamento do escopo

Segundo o guia de conhecimento PMBOK, são seis os elementos necessários para o gerenciamento do escopo de um projeto. São eles: Planejar o Gerenciamento do Escopo, Coletar Requisitos, Definir Escopo, Criar a Estrutura Analítica do Projeto, todos eles ligados ao planejamento do escopo e Verificar o Escopo e Controlar o Escopo que são processos ligados ao monitoramento e controle do Escopo do projeto.

Para a execução desses processos três itens são importantes: as Entradas, as Ferramentas e Técnicas e as Saídas.

As Entradas são os mecanismos utilizados em cada processo que podem oferecer informações ou dados referentes ao projeto, oriundos de fatores ambientais da empresa (ferramentas já estabelecidas e que devam ser utilizadas para o trabalho), por exemplo, ou de fatores externos (como leis e procedimentos) ou ainda, gerados a partir de outros processos de gerenciamento do projeto (como o conjunto de stakeholders ou o contrato do projeto).

Já as Ferramentas e Técnicas utilizadas podem ser um padrão (utilizadas em todos os projetos da empresa) ou ainda estarem sendo utilizadas pela primeira vez no projeto em questão. Elas variam muito de acordo com a área de conhecimento, mas podem ser desde software de auxílio à formulação de modelos de desenvolvimento, até os próprios modelos utilizados para a definição do Escopo.

Por sua vez, as Saídas são produtos relacionados à execução de " [...]

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?