Sikuli IDE: Teste funcional na prática – Revista Engenharia de Software Magazine 53

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (0)

Este artigo aborda o tema teste funcional de software utilizando uma abordagem prática com a ferramenta Sikuli IDE no desenvolvimento de estudos de caso.

De que se trata o artigo

Este artigo aborda o tema teste funcional de software utilizando uma abordagem prática com a ferramenta Sikuli IDE no desenvolvimento de estudos de caso.


Em que situação o tema é útil

O tema se torna fundamental para desenvolvedores que buscam conhecimento prático sobre teste funcional, visto que grande parte da literatura técnica é voltada para a parte teórica desse assunto. Com este conhecimento será possível aplicar testes funcionais na prática com uma ferramenta livre.

Teste funcional na prática

Este artigo aborda o tema teste funcional de forma prática. Para isso, apresenta inicialmente a ferramenta a ser utilizada. Em seguida, é explicado como casos de teste podem ser elaborados utilizando a ferramenta Sikuli IDE. Por fim, são apresentados dois estudos de caso.

Autores: Jacimar Fernandes Tavares e Eduardo Barrére

O desenvolvimento de software compreende várias etapas, que vão desde o levantamento de informações que se tornarão requisitos para o software a ser desenvolvido até a disponibilização do produto final para o cliente, e o processo de manutenção durante o ciclo de vida do produto. Uma dessas etapas intermediárias é a etapa de testes de software, onde o produto em desenvolvimento é verificado de tal forma a assegurar que ele não apresentará defeitos, ou pelo menos uma tentativa de evitá-los, quando o mesmo estiver sendo usado pelo cliente após a entrega. Empresas ou desenvolvedores que optam por testar suas aplicações têm à sua disposição uma variedade de ferramentas e técnicas de teste que podem ser usadas no seu processo de teste.

Das técnicas de teste de software existentes, a técnica de teste funcional permite o teste das funcionalidades desenvolvidas a fim de validar se estão de acordo com as necessidades do cliente, mas algumas empresas de desenvolvimento desconsideram essa técnica por se depararem com ferramentas de alto custo para aquisição e de difícil utilização, pois exigem um treinamento específico que pode, em alguns casos, ser demorado e caro, até que a equipe de teste esteja apta para usá-la.

Nesse sentido, este artigo visa apresentar uma ferramenta livre, cuja adaptação a seu uso seja o mais simples quanto possível. A ferramenta que este artigo mostra foi escolhida por se mostrar diferenciada ao utilizar imagens na concepção de casos de testes. A Sikuli IDE permite que o testador implemente e execute casos de testes em sistemas web e desktop. Uma breve descrição sobre a ferramenta é apresentada, além das funcionalidades descritas e exemplificadas, o que permite ao leitor ter uma base dos recursos que a ferramenta disponibiliza.

Posteriormente, é apresentada uma seção que aborda detalhes importantes sobre o processo de criar casos de testes funcionais, além de uma seção específica que mostra como se dá o processo de manipulação de imagens feita pela Sikuli IDE. Ao final, são apresentados dois estudos de caso que exemplificam o processo de realizar testes funcionais, sendo que o último expõe casos de teste para uma funcionalidade criada com base em informações provenientes de um documento de requisitos, com objetivo de mostrar ao desenvolvedor o processo de testar uma funcionalidade desde a análise dos requisitos, construção dos casos de teste e execução.

Conhecendo a ferramenta Sikuli IDE

No site da ferramenta Sikuli IDE é possível fazer o download (veja seção Links) do instalador. A Sikuli IDE é compatível com diferentes sistemas operacionais (Windows, Linux e Mac OS X - este artigo foi escrito utilizando Windows 7 x64) e sua documentação mostra mais detalhes sobre os sistemas operacionais compatíveis.

A instalação da ferramenta Sikuli IDE em ambientes Windows é simples. Executado o instalador obtido no site da ferramenta, é possível que uma mensagem de erro seja exibida inicialmente se na máquina não tiver uma versão do JRE superior a 1.6.

A execução da ferramenta instalada leva à interface principal da Sikuli IDE, como pode ser visto na Figura 1.

Figura 1. Interface principal da Sikuli IDE.

O quadro branco à direita (Figura 1) é o local onde o script de teste é criado, de forma sequencial. O quadro branco no rodapé é onde aparecem as mensagens referentes ao script que está sendo executado. Nessa área, inclusive, são exibidos os erros que o script gera ao tentar executar a sequência de passos descritos. Mais detalhes sobre essas mensagens são mostrados nas seções que envolvem os estudos de caso.

No canto esquerdo da Figura 1 é possível ver as funções que são usadas para compor o script de teste. Elas são especificadas na seção que fala sobre como criar casos de teste usando Sikuli IDE.

O topo da Figura 1 mostra um menu com várias opções que serão apresentadas posteriormente, sendo a opção de executar, caracterizada por um botão de play na cor preta, o responsável por permitir a execução do script de teste.

Como criar casos de teste usando a Sikuli IDE

Esta seção é dividida em dois passos, sendo o primeiro o que aborda as funções que a ferramenta Sikuli IDE tem disponíveis para uso na concepção de casos de teste, e a segunda apresenta detalhes sobre como as imagens, que são parte dos casos de teste, devem ser capturadas.

Passo 1: Entender as funções que compõem o script do teste

Intitula-se função os comandos que são adicionados ao projeto, cada um com objetivo específico. Considera-se script a sequência de funções presentes no projeto. Um script possui início (caracterizado pela primeira ação que a ferramenta deve tomar, no caso de teste de interfaces web pode ser abrir o navegador para buscar por uma página), execução do teste (passos que levam à execução de uma tarefa) e fim (encerramento da execução do script com resultado esperado obtido ou mensagem de erro). O termo caso de teste é usado para descrever o script que representa uma sequência de ações responsáveis por testar uma funcionalidade específica do software. Essas classificações são usadas em vários pontos neste artigo. Além das funções, outros elementos podem compor um script, como código da linguagem específica da ferramenta Sikuli IDE (ver seção Links). As funções que podem compor um script de teste são descritas a seguir.

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?