Artigo SQL Magazine 64 - Questões de banco de dados do concurso da Eletrobrás

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Neste artigo será apresentada a correção das questões com conteúdo de banco de dados da prova criada para a carreira de Analista de Sistemas - Suporte a Bancos de Dados (SQL).

Esse artigo faz parte da revista SQL Magazine edição 64. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

imagem_pdf.jpg

Questões de banco de dados do concurso da Eletrobrás

 

A empresa estatal Eletrobrás (Centrais Elétricas Brasileiras S.A.) abriu um concurso público em junho de 2007 para preencher diversos postos de trabalho. Dentre os principais cargos apresentados neste concurso, destacam-se os cargos de analista de sistemas com especialidades em bancos de dados, que incluíam os cargos de Analista de Sistemas - Administração de Dados, Analista de Sistemas - Suporte a Bancos de Dados (SQL), Analista de Sistemas - Suporte a Bancos de Dados (ADABAS) e Analista de Sistemas - Suporte a Bancos de Dados (ORACLE). Diversos postos de trabalho estavam disponíveis para estes cargos, porém a maioria deles foi apenas para Cadastro de Reserva. Como requisitos, os candidatos devem ter diploma de ensino superior que comprove o término de um curso de graduação na área de exatas, além da comprovação de dois a cinco de experiência em atividades relacionadas à área de tecnologia de informação. A forma de contratação dos aprovados neste concurso segue as normas da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), com salários iniciais entre R$ 3.117,41 e R$ 3.6161,10, dependendo do nível de experiência exigido pelo cargo.

De acordo com o edital, a prova para os cargos de analista de sistemas apresentou questões objetivas e discursivas. A parte objetiva da prova foi composta de 15 questões de português, 15 questões de inglês e 40 questões de conhecimento específico, todas elas de múltipla escolha. A prova discursiva continha três questões de conhecimento específico. Além disso, os candidatos aprovados na prova deveriam apresentar títulos para somar na sua pontuação, como o diploma de graduação, mestrado, certificações da Microsoft, ORACLE, SAP, IBM, PMI, CISCO, comprovante de cursos de especialização e experiência profissional.

O tempo total para a realização da prova foi de cinco horas. O edital indicou que os candidatos ao cargo de analista de sistemas devem possuir conhecimentos de redes, sistema operacional, programação, lógica, infra-estrutura e bancos de dados. No que diz respeito a banco de dados, os candidatos devem saber os principais conceitos da teoria relacional e também aspectos práticos, incluindo a configuração e administração. A elaboração da prova ficou a cargo do NCE/UFRJ, o Núcleo de Computação e Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Neste artigo será apresentada a correção das questões com conteúdo de banco de dados da prova criada para a carreira de Analista de Sistemas - Suporte a Bancos de Dados (SQL). Apenas as questões desta prova cujo conteúdo se relaciona com banco de dados são apresentadas, corrigidas e comentadas junto com o gabarito oficial.

Questões objetivas da prova

 

31) Em um Modelo Entidade-Relacionamento, considere uma entidade chamada Livros. Se i e j são membros desta entidade, a expressão

 

" i,j Î Livros [ i ? j ? i.AD ? j.AD ]

 

expressa o fato que AD é um atributo:

 

(A) determinante

(B) multivalorado

(C) diferencial

(D) derivado

(E) funcional

 

Gabarito: Alternativa A

Comentário: Esta questão cobra do candidato a habilidade em compreender a especificação formal de uma entidade a partir de elementos algébricos. Analisando a expressão fornecida no enunciado podemos traduzi-la da segunda forma:

 

“Para qualquer membro i e j genéricos pertencentes à entidade Livros têm-se a seguinte propriedade: quando i for diferente de j isso implica que o atributo AD de i é diferente do atributo AD de j

 

Podemos interpretar a expressão dizendo que para cada linha da tabela Livros o valor da coluna AD será diferente. Isso faz com que o atributo AD seja uma chave candidata da tabela, ou seja, este atributo pode identificar unicamente cada linha da tabela. Após interpretar a expressão o candidato deve escolher qual das alternativas contém uma propriedade válida para o atributo AD.

A alternativa A indica que o atributo AD é determinante, ou seja, ele determina um membro específico da entidade Livros. Esta afirmação pode ser verdadeira, pois a classificação determinante pode ser equivalente a uma chave candidata.

A alternativa B sugere que o atributo AD é multivalorado. Esta afirmação é incorreta, pois na expressão não há nada que indique que o atributo AD seja um atributo que apresente mais de um valor para a mesma entidade.

A alternativa D indica que AD é um atributo derivado, ou seja, um atributo gerado a partir de outro atributo. A expressão que define formalmente a entidade livros não fornece informações suficientes para afirmar se AD é um atributo derivado ou não.

A alternativa E sugere que AD é um atributo funcional. Em um modelo Entidade-Relacionamento um atributo é considerado funcional se ele apresenta alguma dependência funcional de outro atributo, ou seja, se os possíveis valores dependem de outro atributo, seja ele da mesma entidade ou não. Não há informações suficientes para indicar se o atributo pode ser considerado funcional ou não.

Esta questão apresenta na alternativa C o termo diferencial para um atributo. Não há na teoria clássica de banco de dados uma definição formal do que é um atributo diferencial.

Apesar da alternativa A ser indicada no gabarito, os termos determinante e diferencial, apresentados nas alternativas A e C, respectivamente, não são usuais e não são definidos na teoria clássica.

        

32) Em um Modelo Entidade-Relacionamento, considere as entidades Alunos e Professores. A expressão,

 

Orientações Í {(a,p) | a Î Alunos Ù p Î Professores }

 

especifica formalmente que:

 

(A) Orientações é o conjunto de relacionamentos entre Alunos e Professores

(B) o conjunto Alunos é um subconjunto de Orientações

(C) o conjunto Orientações é um subconjunto de Alunos

(D) o conjunto Alunos é composto por Orientações

(E) o conjunto Orientações é composto por Alunos

 

Gabarito: Alternativa A

Comentário: Esta questão cobra do candidato a capacidade de interpretar a definição de uma entidade a partir de expressões algébricas utilizadas na definição formal de um modelo Entidade-Relacionamento. O enunciado da questão apresenta a expressão que define a entidade Orientações e solicita aos candidatos que escolham a alternativa que contém uma afirmação verdadeira de acordo com a expressão algébrica apresentada, que pode ser interpretada da seguinte maneira:

 

“Uma tupla de membros genéricos (a,p) está contida na entidade Orientação se o membro a pertencer à entidade Alunos e se o membro p pertencer à entidade Professores”

 

Interpretando a expressão algébrica podemos dizer que toda ocorrência de elementos pertencente à entidade Orientações também deve pertencer às entidades Alunos e Professores. Ou seja, a entidade Orientações contém um conjunto de relacionamentos entre Alunos e Professores, exatamente o que apresenta a alternativa A.

As alternativas B e D não podem ser verificadas apenas com a expressão fornecida pelo enunciado. Já a alternativa C não relaciona a entidade Orientações com a entidade Professores, o mesmo erro cometido pela a alternativa E.

 

34) Em um modelo Entidade-Relacionamento, um atributo de uma Entidade que apresenta mais de um valor para a mesma entidade é conhecido como:

 

(A) multivalorado

(B) opcional

(C) essencial

(D) chave

(E) referencial

 

Gabarito: Alternativa A

Comentário: A questão cobra do candidato os conceitos relacionados ao modelo Entidade-Relacionamento, que representa as entidades e atributos do modelo lógico. O enunciado da questão pergunta qual é o nome que se dá a um atributo que apresenta mais de um valor para mesma entidade. Em outras palavras, podemos imaginar que um atributo com mais de um valor é como uma coluna de uma tabela cujo tipo de dados permita mais de um valor. Por exemplo, uma entidade que armazene carros e que possua um atributo indicando todas as possíveis cores utilizadas para pintar o carro pode ser considerada um atributo que apresenta mais de um valor para a mesma entidade.

O nome formal que se dá a este tipo de atributo em um modelo Entidade-Relacionamento é multivalorado, o que indica que o candidato deve assinalar a alternativa A para a questão 34.

Um atributo opcional, como sugere a alternativa B, é opcional e não é relacionado a valores diferentes para um mesmo atributo de uma entidade.

Um atributo essencial não quer dizer que ele é multivalorado, mas sim que ele é importante para a entidade. Por isso a alternativa C apresenta uma opção incorreta.

A alternativa D sugere que um atributo que permite mais de um valor é um atributo chave. Essa afirmação está incorreta, pois a definição de um atributo chave diz que ele deve identificar cada ocorrência de uma entidade."

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?