Artigo SQL Magazine 69 - Administração do Oracle RAC

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Esse artigo trata da administração de um banco de dados em Cluster simulado, baseado na arquitetura Oracle RAC.

Atenção: esse artigo tem uma palestra complementar. Clique e assista!

Atenção: esse artigo tem um vídeo complementar. Clique e assista!

[links]Oracle RAC - Parte 1
Oracle RAC - Parte 2
Oracle RAC - Parte 4[/links] [rotulo-curso/]

[lead]De que se trata o artigo?

Administração de um banco de dados em Cluster simulado, baseado na arquitetura Oracle RAC.

Este artigo é o terceiro de uma série sobre RAC.

Para que serve?

Para disponibilizar o acesso a um único banco de dados a partir de várias instâncias acomodadas em computadores diferentes.

Em que situação o tema é útil?

Em casos onde a disponibilidade e o poder de processamento são características fundamentais do ambiente.

Nas duas edições anteriores, instalamos um Cluster (Nota DevMan 1) simulado, em Oracle RAC 10gR2, utilizando Linux CentOS e ASM, rodando sobre VMware Server.

Nesta terceira parte da série de artigos sobre Oracle RAC, iremos demonstrar como funciona a administração do Oracle RAC, e como a administração de um banco de dados em Cluster difere de uma instalação Single Instance.[/lead]

[nota]Nota DevMan 1. Cluster

Um Cluster, ou aglomerado de computadores, é formado por um conjunto de computadores que utiliza um tipo especial de sistema operacional classificado como sistema distribuído.

Muitas vezes é construído a partir de computadores convencionais (personal computers), os quais são ligados em rede e comunicam-se através do sistema, trabalhando como se fossem uma única máquina de grande porte.

[/nota]

[subtitulo]Daemons e Logs[/subtitulo]

Para começar a conhecer como funciona o Oracle RAC e como administrá-lo, precisaremos primeiramente conhecer mais sobre os daemons (Nota DevMan 2) que compõe o Clusterware.

[nota]

Nota DevMan 2. Daemon

No Unix e outros sistemas operacionais computacionais multi-tarefa, um daemon é um programa de computador que roda em segundo plano, ao invés de rodar sob o comando direto de um usuário. Eles são usualmente iniciados como processos de segundo plano. Tipicamente daemons terminam com a letra “d”, por exemplo, syslogd, o daemon que gerencia o log do sistema, ou sshd, que manuseia a entrada de conexões SSH.

[/nota]

O serviço Clusterware é mantido por três daemons:

- crsd: É o Cluster Ready Services, ou CRS;

- cssd: Cluster Syncronization Services, ou CSS;

- evmd: Event Manager, ou EVM.

O bom funcionamento do Cluster depende do bom funcionamento destes três daemons. E a primeira coisa que o DBA precisa aprender sobre estes daemons é onde ficam os logs de cada um, para que possa procurar informações quando se deparar com algum problema.

Os logs do Clusterware possuem as seguintes localizações:

- Alert Log geral do Clusterware:

$CRS_HOME/log//alert_.log

- Log do CRS – Cluster Ready Services (crsd):

$CRS_HOME/log//crsd

- Log do CSS – Cluster Syncronization Services (cssd):

$CRS_HOME/log//cssd

- Log do EVM – Event Manager (evmd):

$CRS_HOME/log//evmd

- Log do VIP e ONS – Virtual IP e Oracle Notification Services:

$CRS_HOME/log//racg

- Log de OCR Applications:

$CRS_HOME/log//client

Onde está , deve ser colocado o nome do nó, por exemplo, rac1.

Para iniciar a administração do Oracle RAC, recomendo ao leitor que abra cada um destes logs (com um editor do Linux, como o vi, ou para visualização apenas, com o comando cat), e observe as informações dele para se familiarizar com os aspectos internos do Clusterware. Por exemplo, veja o comando da Listagem 1 para verificar o log geral do Clusterware do nó rac1 (Listagem 2). Para melhor demonstrar o conteúdo do log, simulei uma ejeção do nó rac2, desligando-o.

Listagem 1. Comando para verificar o conteúdo do log geral do Clusterware do nó RAC1.

vi /u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/log/rac1/alertrac1.log

Listagem 2. Conteúdo do log geral do Clusterware do nó rac1.

 [cssd(8078)]CRS-1610:node rac2 (2) at 90% heartbeat fatal, eviction in 4.010 seconds
 2009-07-14 13:40:06.076
 [cssd(8078)]CRS-1610:node rac2 (2) at 90% heartbeat fatal, eviction in 3.020 seconds
 2009-07-14 13:40:07.079
 [cssd(8078)]CRS-1610:node rac2 (2) at 90% heartbeat fatal, eviction in 2.020 seconds
 2009-07-14 13:40:08.080
 [cssd(8078)]CRS-1610:node rac2 (2) at 90% heartbeat fatal, eviction in 1.020 seconds
 2009-07-14 13:40:09.083
 [cssd(8078)]CRS-1610:node rac2 (2) at 90% heartbeat fatal, eviction in 0.010 seconds
 2009-07-14 13:41:45.286
 [cssd(8078)]CRS-1607:CSSD evicting node rac2. Details in /u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/log/rac1/cssd/ocssd.log.
 [cssd(8078)]CRS-1601:CSSD Reconfiguration complete. Active nodes are rac1 .
 2009-07-14 13:41:45.550
 [crsd(7401)]CRS-1005:The OCR upgrade was completed. Version has changed from 169870336 to 169870336. Details in /u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/log/rac1/crsd/crsd.log.
 2009-07-14 13:42:07.193
 [crsd(7401)]CRS-1204:Recovering CRS resources for node rac2.
 [cssd(8078)]CRS-1601:CSSD Reconfiguration complete. Active nodes are rac1 rac2 .
 2009-07-14 17:34:47.164
 [cssd(7883)]CRS-1605:CSSD voting file is online: /dev/raw/raw2. Details in /u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/log/rac1/cssd/ocssd.log.
 [cssd(7883)]CRS-1601:CSSD Reconfiguration complete. Active nodes are rac1 .
 2009-07-14 17:38:08.255
 [evmd(7184)]CRS-1401:EVMD started on node rac1.
 2009-07-14 17:38:08.408
 [crsd(7338)]CRS-1005:The OCR upgrade was completed. Version has changed from 169870336 to 169870336. Details in /u01/app/oracle/product/10.2.0/crs/log/rac1/crsd/crsd.log.
 2009-07-14 17:38:08.411
 [crsd(7338)]CRS-1012:The OCR service started on node rac1.
 2009-07-14 17:38:10.042
 [crsd(7338)]CRS-1201:CRSD started on node rac1.
 2009-07-14 17:38:21.425
"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?