artigo SQL Magazine 9 - Entrevista

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da Revista SQL Magazine -Edição 11.

Atenção: por essa edição ser muito antiga não há arquivo PDF para download.
Os artigos dessa edição estão disponíveis somente através do formato HTML.

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Entrevista:

Eber Duarte Machado

 

1 - O MaxDB é o primeiro fruto da parceria entre a MySQL e a SAP. Fale-nos um pouco mais sobre esta parceria e o que podemos esperar dela.

 

A SAP e a MySQL AB fecharam uma parceria envolvendo a transferência de tecnologia e licenciamento do SAP DB. Com este acordo, a MySQL AB adquiriu todos os direitos de comercialização e desenvolvimento das releases futuras do SAP DB. Com isto, a MySQL AB passa a ser a responsável pelo desenvolvimento e manutenção do SAP DB, atual MaxDB. No entanto, a SAP continuará investindo no desenvolvimento, manutenção e suporte do SAP DB. É importante ressaltar que as empresa que já possuem SAP, passam a ter uma alternativa de redução significativa de custos com licenciamento de banco de dados.

 

12 - Quais são as forma de distribuição do MaxDB?

 

O MaxDB segue a mesma política de licenciamento do MySQL, isto é, ele possui licença dual, podendo ser utilizado sob a licença GPL ou sob uma licença comercial. Portanto, o MaxDB pode ser utilizado tanto para aplicações livres quanto em aplicações comerciais onde não existe o interesse em seguir as regras da licença GPL.

 

3 - Quais as diferenças entre o MaxDB e o seu antecessor, o SAP DB?

 

A versão 7.4 do MaxDB nada mais é que a versão 7.4 do SAP DB. No entanto a versão 7.5 do MaxDB, em desenvolvimento, começa a implementar recursos para permitir a interface do MySQL com o MaxDB. Alguns recursos novos no MaxDB 7.5 são SQL compartilhadas, conversores de snapshots, melhorias de segurança para o UNIX, novo kit de desenvolvimento de software e novos wizards.

 

Qual foi a participação da SAP nesta transformação para MaxDB?

 

Com o acordo entre a SAP e a MySQL AB, o gerente de desenvolvimento do SAP DB passou a integrar a equipe de desenvolvimento da MySQL AB, que é a atual responsável pelo desenvolvimento e manutenção do SAP DB.

 

6 - Quais as diferenças entre o MySQL e o MaxDB?

 

As principais diferenças estão na estrutura interna de cada um dos bancos e os recursos adicionais presentes no MaxDB que ainda não estão presentes no MySQL como: views, cursores, stored procedures e triggers, failover automático, scheduling e mensagens de alerta automáticas. No que diz respeito a estrutura interna, o MaxDB possui um esquema mais elaborado utilizando, por exemplo, o conceito de instâncias de bancos de dados, enquanto no MySQL todos os bancos de dados são gerenciados por um único processo. Alem disto, o MaxDB oferece recursos avançados para o gerenciamento de usuários como a definição de roles e grupos de usuários. O MaxDB se diferencia também por apresentar uma estrutura de arquivos de logs, mecanismos de backup e restauração diferentes dos presentes no MySQL.

 

7 - Qual a previsão para que o MySQL tenha esses recursos?

 

Muitos dos recursos ausentes no MySQL já estão em desenvolvimento na versão 5.0, como stored procedures e triggers e há a previsão de lançamento de Views na versão 5.1. Outros recursos estão na lista de desenvolvimento e não há previsão de lançamento.

 

8 - Como é a integração entre esses dois bancos (MySQL e MaxDB)? Há compatibilidade entre eles?

 

Por enquanto ainda não há compatibilidade. Há uma previsão de que no primeiro trimestre de 2004 esteja disponível o MySQL Proxy. Este possibilitará aos usuários se conectarem ao MaxDB utilizando o protocolo do MySQL. Assim, será possível utilizar as ferramentas do MySQL como mysqldump e mysqlshow, para a manipulação de ambos SGBDs. Isto possibilitará mover facilmente dados entre estes dois servidores. Além disto, estará disponível também a replicação entre os dois servidores possibilitando configurar uma replicação MaxDB e MySQL onde ambos possam atuar como master e/ou slave.

 

9 - Em quais cenários seria mais apropriado o uso do MaxDB em detrimento ao MySQL?

 

Em situações onde a aplicação necessite de recursos que ainda não estão disponíveis no MySQL, tais como views.

 

10 - O MySQL se tornou famoso pela sua alta performance. Como é Performance do MaxDB comparada ao MySQL?

 

Algumas medidas de desempenho apuradas no benchmark do MaxDB pela MySQL podem ser acessadas em http://www.mysql.com/products/maxdb/benchmarks.html. O fato é que não há um comparativo entre os dois servidores executando a mesma aplicação em um mesmo ambiente. Com isto, é difícil apontar quais as situações em que estes bancos apresentariam melhores resultados.

 

11 - O MySQL agora conta com a sua documentação em português. Há previsão para a documentação do MaxDB também em português?

 

Ainda não há previsão para disponibilização da documentação do MaxDB em português. Acredito que este assunto será tratado no próximo Users Conference em abril de 2004 em Orlando na Florida.

 

12 - As empresas que usam o SAP DB deverão migrar suas bases para MaxDB ou ainda receberão suporte técnico por algum tempo?

 

Neste exato momento os produtos são os mesmos. A MySQL sempre oferta suporte em qualquer versão do banco desde que a solicitação em questão não seja um recurso que estará disponível somente em versões mais novas.

 

13 - Há algum front-end oficial para MaxDB?

 

Existem algumas ferramentas para a manipulação do MaxDB, a saber:

- Database Manager: Disponível em três modalidades: GUI, Web e CLI (Comand Line Interface);

- Database Analyzer: Para a análise de desempenho das instâncias de banco de dados;

- Loader. Importação e exportação de dados;

- Analisador de queries e processamento de dados;

- WebDAV: Aplicação web para indexação de documentos XML para o serviço MaxDB WebDAV.

 

14 - Recentemente foi anunciada a nova versão alfa do MySQL 5.0. Conte-nos um pouco sobre esta nova versão.

 

A principal novidade em relação ao MySQL 5.0 são as Stored Procedures, recurso este que facilita sobremaneira a utilização do MySQL em aplicações legadas. Alem disto, esta versão também fornece suporte a cursores (server side cursor), sendo estes limitados a quantidade de memória disponível, mas que serão melhorados em versões futuras.

 

15 - Quais são as perspectivas para o futuro do MySQL e do MaxDB.

 

A perspectiva é de que existam dois produtos que possam interagir. Desta forma, o usuário poderá optar pela utilização de um ou outro servidor dependendo das características da sua aplicação, obtendo uma utilização mais adequada destes servidores.

 

Olho:

 

“o MaxDB oferece recursos avançados para o gerenciamento de usuários como a definição de roles e grupos de usuários”

 

 

Chamada para a capa: Entrevista: Conheça o novo MaxDB

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?