IBM IDS Guia de Instalação - Aprenda a instalar o banco de dados IBM Informix Dynamic Server - Parte 02

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (4)

Veja nesta segunda partde do IMB IDS guia de instalação, como criar um raw device e um cooked file.

IBM IDS Guia de Instalação

Aprenda a instalar o banco de dados IBM Informix Dynamic Server - Parte 02

Criando um raw device

Para criar um dispositivo do tipo raw demonstrado na Listagem 3, é necessário que se possua uma partição de disco disponível para o dispositivo. Para criar um raw device é preciso desmontar um sistema de arquivos já existente ou criar uma porção nova de disco (Ler Nota 3) para algumas plataformas Unix, contudo é necessário consultar a documentação do sistema operacional para a criação correta do dispositivo, tirando o máximo desempenho de acordo com a plataforma. Criar uma área de disco que não pertence ao sistema de arquivo ou uma área de disco não montável. Definir permissão específica para o dispositivo e alterar o grupo e o dono do arquivo para o nome do produto, neste caso o usuário dono do produto é a conta informix, verificar na Listagem 4. Após a criação de um dispositivo do tipo raw, pode ser criado um link simbólico ou não para o dispositivo, pois, normalmente os dispositivos possuem em seus nomes combinações de letras e números o que pode tornar difícil a associação do nome do dispositivo com o nome da área em disco a ser utilizada, desta forma, o nome associado ficará mais fácil de ser administrado. Só não podemos esquecer de executar as mesmas alterações no novo link com relação ao dono, grupo e permissão do arquivo. O dispositivo raw não poderá ser montado (mount) no sistema de arquivos nem tão pouco ser objeto de execução do comando mkfs (make filesystem), com o risco de inviabilizar o uso ou mesmo a perda de dados caso este já tenha sido associado ao banco de dados.

Uma forma de saber se a associação do dispositivo do tipo raw com o banco de dados é verificar o primeiro caractere do dispositivo, onde a letra “c” determina um dispositivo do tipo caractere especial, conforme  a Listagem 3. O comando de adição do chunk ao banco de dados esta especificado na Listagem

 

Listagem 3. Dispositivos de dados de um sistema operacional Unix.

$ ls –l /dev/rdisk*

crw-rw----   1 informix   informix    64 Dec 23  2004 rdisk_1_1

crw-rw----   1 informix   informix    64 Dec 23  2004 rdisk_1_2

crw-rw----   1 informix   informix    64 Dec 23  2004 rdisk_1_3

 

$ ls –l /dev/informix*

 

brw-r-----   1 informix   informix   64 Mar 15  2004 informix

brw-r-----   1 informix   informix   64 Mar 15  2004 informix_tools

brw-r-----   1 informix   informix   64 May  5  2004 informix_msgs

 

Nota 3. Criando um dispositivo do tipo raw.

Consulte a documentação do seu sistema operacionalAIX – use o comando mklvSun – use o comando vxassist makeHP-UX – use o comando lvcreateLinux – use o comando lvcreate

Listagem 4. Alteração de permissões em arquivos raw criados no diretório /dev do Unix.

$ ls –l /dev/ifmx*              # listagem dos dispositivos existentes

 

cr-r----- 2 root staff 9, 5 Jan 1 12:00 /dev/ifmx-raw-001

cr-r----- 2 root staff 9, 5 Jan 1 12:10 /dev/ifmx-raw-002

 

$chown Informix.informix /dev/ifmx*         # alteração do dono e do grupo dos arquivos raw

$ ls –l /dev/ifmx*

 

cr—r----- 2 informix informix 9, 5 Jan 1 12:00 /dev/ifmx-raw-001

cr—r----- 2 informix informix 9, 5 Jan 1 12:10 /dev/ifmx-raw-002

 

$chmod 660 /dev/ifmx*                # alteração do modo dos arquivos raw

$ ls –l /dev/ifmx*

 

crw-rw---- 2 informix informix 9, 5 Jan 1 12:00 /dev/ifmx-raw-001

crw-rw---- 2 informix informix 9, 5 Jan 1 12:10 /dev/ifmx-raw-002

 

Nota 4. KAIO.

Para certificar se o seu sistema operacional e hardware suportam o método KAIO de I/O, consulte o diretório do IBM IDS $INFORMIXDIR/ release/en_us/0333/

 

Criando um cooked file

Não é recomendado que se utilize sistemas de arquivos do Unix, especialmente se seu sistema operacional pode obter vantagens do kernel AIO. Contudo, é muito fácil criar um cooked file listagem 5, sem a preocupação em investigar a quantidade de disco disponível para se alocar para uma área do banco de dados. Para adicionar mais espaço no banco de dados consulte a Listagem 18.

 

Listagem 5. Exemplo de criação de um arquivo do tipo cooked.

$ su informix

$ cd /usr/data

$ touch /usr/data/my_file

$ chmod 660 /usr/data/my_file

$ chgrp informix /usr/data/my_file

$ chown informix /usr/data/my_file

$ ls -l /usr/data/my_file

-rw-rw---- 1 informix informix 0 Jan 1 12:00 /usr/data/my_file


Note que o valor 0 (zero) indica que o arquivo foi apenas inicializado e não possui conteúdo.

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?