Merge de Projetos no EA

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (3)  (0)

Hoje em dia, encontramos diversas ferramentas cases, que auxiliam profissionais nas tarefas de análise e design de sistemas. O Enterprise Architect, mais popularmente conhecido como EA é uma dessas ferramentas. Vamos aprender neste artigo, a fa

Olá pessoal! Neste artigo, irei abordar um tema que eu acredito que possa ajudar na produtividade em um time de profissionais, que trabalham com o Enterprise Architect® da SPARX Systems, estou falando do Merge de Projetos no EA.

Hoje em dia, encontramos diversas ferramentas cases, que auxiliam profissionais nas tarefas de análise e design de sistemas. O Enterprise Architect, mais popularmente conhecido como EA é uma dessas ferramentas.

Vale entender, que o EA trabalha com arquivos de extensão .EAP (Enterprise Architect Project).

Pré-Requisitos

  • Conhecimento básico do EA.
  • Noções de UML.

Ferramentas:Enterprise Architect 7.0® (ou superior)

Cenário

Imaginem por exemplo, um time de 4 profissionais que estão envolvidos em um determinado projeto, neste cenário, temos 2 caminhos possíveis:

  1. Um único arquivo .EAP, neste caso, um profissional de cada vez, irá trabalhar com este arquivo, a equipe se reveza na utilização deste .EAP disponível (vide Figura 1).
    a. Vantagem = Garante que o .EAP Principal, irá conter todas os diagramas trabalhados pela equipe.
    b. Desvantagem = Enquanto um profissional trabalha, o restante da equipe fica ociosa, não pode trabalhar no mesmo .EAP Principal, cria-se um revezamento, gerando desperdício de tempo.
    Desvantagem
  2. Cada profissional terá um arquivo .EAP (replica) à disposição, todos poderão trabalhar simultaneamente, porém, ao término do trabalho, um merge deverá ser executado, de todas as replicas "

    A exibição deste artigo foi interrompida :(
    Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?