Modelando e exportando um banco de dados MYSQL a partir do DBDesigner - Parte 02

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (2)  (1)

Nesta segunda parte veremos como esportar o modelo para o MySQL do WampServer.

Modelando e exportando um banco de dados MYSQL a partir do DBDesigner - Parte 02

Por Daniel Gaspar Gonçalves de Souza e Ricardo Esteves Kneipp

Exportando o modelo para o MySQL do WampServer

Existem duas maneiras de fazer esta exportação. A primeira consiste em fazer a conexão do DBDesigner com a base de dados, na qual o DBDesigner se encarrega de fazer a sincronização do modelo com o banco de dados. A segunda opção é salvar o modelo criado com a extensão SQL e fazer a importação deste arquivo MySQL do WampServer. Aqui será apresentada apenas a primeira maneira.

Para iniciar, vamos abrir o WampServer através de um duplo clique sobre o seu ícone na área de trabalho. (Sabe-se que o WampServer  está em execução observando o seu ícone na barra de tarefas, próximo ao relógio do Windows na barra de tarefas.)

o DBDesigner, na barra menu, clique sobre o item Database, e a seguir em Database Synchronisation. Ao clicar nesta opção, será apresentada uma caixa de diálogo permitindo que você estabeleça a conexão com um servidor de banco de dados externo.

pb_18_05_09_pic01.JPG
Figura 7. Janela do Database Conections

Ao ser aberta a janela Database Connection, clique na pasta MySQL, e a seguir no item Localhost. Clique no objeto (+) que aparece à esquerda do Localhost. Agora, o DBDesigner irá solicitar o Username e o Password do banco de dados. No exemplo em questão será mantido o usuário root e a senha não será digitada, pois o MySQL permite está ação. A seguir clique no botão Connect.

pb_18_05_09_pic02.JPG
Figura 8. Janela de conexão com o Database

Abrir-se-á, a estrutura do banco de dados já existente no MySQL.

pb_18_05_09_pic03.JPG
Figura 9. Estrutura do Mysql

Clique sobre o item reticência (...), último objeto da estrutura apresentado na figura acima, para criar um novo banco de dados no MySQL.

pb_18_05_09_pic04.JPG
Figura 10. Nomeando o Dabatase

Após nomear o banco de dados arraste com o mouse o nome do banco para a área da direita da tela ou clique com o botão direito do mouse e crie uma nova conexão. A seguir clique no botão Connect para fazer a conexão com o banco de dados.

pb_18_05_09_pic05.JPG
Figura 11. Criando a conexão com o banco cadastro_funcionarios

Imediatamente após a conexão com o banco de dados, será aberta uma nova janela que permitirá a sincronização do modelo desenvolvido no DBDesigner com o banco de dados criado. A seguir clique em Execute e aguarde a execução da sincronização.

pb_18_05_09_pic06.JPG
Figura 12.Sincronização com o banco de dados MySQL

Ao terminar a sincronização, aparecerá o resumo da operação apresentando os procedimentos realizados. Verifique se as operações foram bem sucedidas e a seguir clique em close para fechar a caixa de diálogos.

pb_18_05_09_pic07.JPG
Figura 13.Resumo das operações realizadas na sincronização

Para visualizar a transformação do modelo em um banco, em seu navegador predileto digite: http://localhost/phpmyadmin e procure o seu banco de dados criado na coluna banco de dados.

pb_18_05_09_pic08.JPG
Figura 14.MyAdmin

Conclusões

Este artigo se propôs a mostrar como é fácil utilizar ferramentas CASE para agilizar a modelagem e a construção de um banco de dados. É importante ressaltar que falhas na construção do modelo conceitual implicarão diretamente na usabilidade do banco de dados, portanto esta fase de modelagem é primordial para o sucesso de um banco de dados normalizado e otimizado.

 

 

 

 

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?