Sistema de Locadora em Delphi 2010 – Parte 3 - Clube Delphi 118

Nesta parte iremos dar continuidade no processo de elaboração do nosso sistema de locadora, abordando os conceitos da criação dos cadastros, otimização de código e tempo de manutenção e abordagem dos recursos de memória utilizados pelo compilador.

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login

(opcional) Onde podemos melhorar?

Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Atenção: esse artigo tem um vídeo complementar. Clique e assista!

Artigo no estilo Curso

Do que trata o artigo

Nesta parte iremos dar continuidade no processo de elaboração do nosso sistema de locadora, abordando os conceitos da criação dos cadastros, otimização de código e tempo de manutenção e abordagem dos recursos de memória utilizados pelo compilador.


Para que serve

Os recursos mostrados neste artigo são fundamentais para o desenvolvimento de aplicações performáticas, que adotem boas práticas de programação, e podem trazer inúmeros benefícios na manutenabilidade diária de seus projetos. Veremos que os cadastros base servem para poupar codificação e reaproveitar funcionalidade em várias partes da aplicação.


Em que situação o tema é útil

Aplicações de escopo geral independente de arquitetura podem e devem adotar otimizações de código, e entendimento dos recursos de memória. Já a herança é útil em projetos com vários formulários com características em comum.

Resumo do DevMan

Nesta parte iremos abordar principalmente a possibilidade de alteração/modificação de um projeto. Veremos o quão pode ser simples o processo de manutenção e alteração se utilizarmos conceitos de boas práticas em nossos projetos. Entenderemos no decorrer do projeto como podemos realizar otimizações de memória no desenvolvimento e quais serão os benefícios disso para nossa aplicação.

Nas partes anteriores de nossos artigos iniciamos a criação de uma aplicação passando por etapas importantes, e outras que nem sempre são observadas pelos desenvolvedores, porém muito observadas por nossos clientes e usuários. Primeiramente abordamos as questões do banco de dados tratando da modelagem da aplicação, criação do banco de dados, organização através dos domínios, geradores de IDs, em seguida vimos como modularizar / organizar uma aplicação utilizando o conceito dos Data Modules, por fim, vimos um pouco da suíte gráfica Ribbon Controls. Nesta parte de nosso mini-curso iremos abordar uma questão muito importante no desenvolvimento de um software, o gerenciamento de memória de sua aplicação. Iremos criar um novo Data Module de uma maneira diferente, onde nosso projeto se encarregará de carregar os formulários e módulos de dados apenas quando necessário, dispensando a sobrecarga de memória logo na primeira execução. Veremos também durante este artigo a capacidade de modificação e alteração de uma aplicação bem projetada.

Acrescentando um novo Data Module à aplicação

Antes de iniciar a criação dos cadastros, adaptaremos nosso exemplo para possibilitar uma centralização das consultas de nossa aplicação. Para isso, acesse o menu File > New > Other, selecionando do lado esquerdo a categoria Delphi Files e do lado direito Data Module. Altere sua propriedade Name para DMPesquisa e adicione quatro de cada um dos seguintes componentes: SQLDataSet, DataSetProvider e ClientDataSet. Renomeie os SQLDataSets respectivamente para sqlPesquisaFita, sqlPesquisaCliente, sqlPesquisaTipo e sqlPesquisaCategoria. Faça o mesmo processo para os DataSetProviders, nomeando-os para dspPesquisaFita, dspPesquisaCliente, dspPesquisaTipo e dspPesquisaCategoria. Por último, faça o mesmo processo para os ClientDataSets modificando-os para cdsPesquisaFita, cdsPesquisaCliente, cdsPesquisaTipo e cdsPesquisaCategoria.

Terminando a adição destes componentes, passaremos para suas devidas configurações. Ligue primeiramente seus SQLDataSets aos DataSetProviders de respectivos nomes através da propriedade DataSet de cada um. No DataSetProvider habilite em Options a opção [poAllowCommandText], para que seja possível passar instruções SQL ao ClientDataSet e, por último, conecte os DataSetProviders aos ClientDataSets por meio das propriedades ProviderName. Sendo assim teremos feito a configuração dos componentes. Passaremos agora para a parte de codificação que é muito simples, porém, muito interessante, faremos com que este Data Module seja criado como uma função. Observe a "

A exibição deste artigo foi interrompida
Este post está disponível para assinantes MVP

 
por Daniel Sobrinho

Delphi na veia (!)

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Ajude-nos a evoluir: você gostou do post?  (0)  (0)

(opcional) Onde podemos melhorar?

Confirmar voto
Compartilhe:
Ficou com alguma dúvida?