artigo .net magazine 42 - Microsoft Solutions Framework

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo publicado pela .net Magazine 42.

capaNET42.JPG

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Projeto/Análise

Microsoft Solutions Framework

 

Este artigo discute

Este artigo usa as seguintes tecnologias

·         O que é Microsoft Solutions Framework;

·         Comparativo MSF vs 3 e 4;

·         MSF e os princípios de desenvolvimento Ágil.

MSF

 

MSF vem passando por desenvolvimento contínuo e melhorias durante uma década. A visão original para MSF era colecionar e organizar um corpo de orientação e melhores práticas para utilização como um guia durante o ciclo de vida de desenvolvimento de software.

No início, os principais influenciadores do MSF foram:

·         A experiência de desenvolvimento da própria Microsoft;

·         Contribuições de experiências da Microsoft Consulting, a empresa de serviços da Microsoft;

·         Melhores práticas da indústria;

·         Contribuições do programa de empresas parceiras Microsoft.

O MSF versão 4 (atualmente está em revisão final a versão 4.1) é uma evolução da metodologia MSF, criada pela Microsoft em 1993. Desde a década de 90 o MSF adicionou uma forte influência da comunidade Ágil, tornando-a uma metodologia de vanguarda.

Historicamente, a Microsoft sempre teve muito cuidado para evitar que o MSF virasse uma metodologia. Por isso, eu quero dizer que a adoção de MSF nunca designou a compra de ferramentas caras, modelos etc., ou a adoção de processos altamente prescritivos e detalhados.

Ao invés, MSF conscientemente mostrava direções para prover orientação e princípios dos quais podem ser agregados a uma variedade metodologias de forma discreta. Isso inclui, por exemplo, os famosos processos de metodologias como DSDM e RUP.

Se analisarmos habilmente, concluiremos que para a década de 90 essa abordagem fazia todo sentido. A Microsoft destinava seus esforços para atender suas próprias necessidades de processos e não compreendia como útil destinar investimentos para formalizar o MSF como uma metodologia one size fits all approaching.

Na minha leitura, está é a razão que mais me agrada em usar MSF em meus desafios, pois foi uma metodologia criada em cima de necessidades específicas e reais, mesmo considerando que a Microsoft não é uma empresa de desenvolvimento comum.

Hoje a proposta da Microsoft ao promover MSF para metodologia é fundamentada pela compreensão da necessidade real de utilizarmos um mecanismo que maximize a comunicação e os princípios de melhores práticas de desenvolvimento, testes e controle de forma integrada.

Antes de chegar nessa dimensão de maturidade, MSF passou por três grandes revisões que representam significativamente a evolução como um framework para o desenvolvimento de projetos. Nessa última revisão foram criadas duas instâncias da versão 4.0: MSF for Agile Software Development e MSF for CMMI Process Improvement.

Eu acredito que MSF agora representa uma significativa mudança na atitude Microsoft, principalmente pela transparência na definição dos métodos, papéis e processos. "

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?