artigo .net Magazine 44 - DAAB - Boas práticas de acesso a banco de dados no .NET

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Artigo da Revista .NET Magazine - Edição 44.

capnet43.jpg

Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Boas Práticas

DAAB

Boas práticas de acesso a banco de dados no .NET

 

Este artigo discute

Este artigo usa as seguintes tecnologias

·       Data Access Application Block;

·       Reflection;

·       Class Diagram;

·       Web.config.

Visual Studio 2005, ASP.NET 2.0,  C#, Enterprise Library, ADO.NET e SQL Server.

 

Atualmente o .NET Framework fornece grande poder para acesso e manipulação de dados, facilitando muito as mais diversas operações. O responsável direto por esses recursos é o ADO.NET. Além dos recursos fornecidos por esse poderoso framework, a vida dos desenvolvedores no contexto de acesso a dados, pode ser ainda melhor.

Existem algumas iniciativas com o objetivo de gerar mais benefícios, uma delas é o Data Access Application Block. O DAAB faz parte de um conjunto de blocos desenvolvidos e hospedados no Microsoft Patterns & Practices Developer Center (msdn2.microsoft.com/en-us/practices/default.aspx).

O conjunto de blocos denominada Enterprise Libray está na versão 3.1. Todos os blocos da Enterprise Libray auxiliam os desenvolvedores a resolver desafios comuns no desenvolvimento de aplicações, além de disponibilizarem o código-fonte para download e customização.

As opções de blocos são:

·         Caching Application Block;

·         Cryptography Application Block;

·         Data Access Application Block;

·         Exception Handling Application Block;

·         Logging Application Block;

·         Policy Injection Application Block;

·         Security Application Block;

·         Validation Application Block.

Neste artigo apresentaremos em detalhes o Data Access Application Block. O DAAB, é um componente da Enterprise Library para reduzir a quantidade de código escrito para operações envolvendo banco de dados.

O DAAB também possibilita que a aplicação desenvolvida seja utilizada em todos os seguintes bancos:

·         SQL Server, através da classe SqlDatabase;

·         Oracle, utilizando a classe OracleDatabase;

·         Bases de dados genéricas, através da classe GenericDataBase.

Faremos a apresentação do DAAB através de uma aplicação que executa os principais métodos nos cenários de aplicações envolvendo bases de dados. O banco de dados que utilizaremos será o Northwind, disponível no SQL Server.

Exemplo ADO.NET e DAAB

Para demonstrar alguns dos benefícios na utilização do DAAB, confira os exemplos das Listagens 1 e 2. Comparando a Listagem 1 e 2, percebemos claramente que a quantidade de código para executar operações utilizando o DAAB reduz consideravelmente.

 

Listagem 1. Retornar DataSet através de ADO.NET sem utilizar DAAB

SqlConnection connection = new SqlConnection(

"Data Source=(local);Initial Catalog=Northwind;" +

"Persist Security Info=True;User ID=sa;" +

"User Instance=False");

SqlCommand sqlCommand = new SqlCommand(

"select * from customers");

sqlCommand.CommandType = CommandType.Text;

SqlDataAdapter sqlDataAdapter = new SqlDataAdapter(

sqlCommand);

DataSet ds = new DataSet();

sqlDataAdapter.Fill(ds, "Customers");

GridView1.DataSource = ds;

GridView1.DataBind();

 

Listagem 2. Retornar DataSet através da DAAB

Database db = DatabaseFactory.CreateDatabase();

DbCommand dbCommand = db.GetSqlStringCommand(

"select * from customers");

GridView1.DataSource = db.ExecuteDataSet(dbCommand);

GridView1.DataBind();

 

 

Nota: O DAAB foi construído com o ADO.NET, ou seja, internamente seus métodos executam código das classes fundamentais do ADO.NET.

Data Access Application Block 3.0 / 3.1

Para iniciar o desenvolvimento da aplicação, é necessário ter em seu computador o DAAB, caso você não possua, o download pode ser realizado no seguinte endereço: msdn2.microsoft.com/en-us/library/aa480453.aspx, onde podemos fazer o download de todos os blocos da Enterprise Library (Figura 1).

 

Nota: A versão que usaremos neste artigo foi desenvolvida no .NET Framework 2.0, consequentemente para construir nossa aplicação é necessário utilizar o Visual Studio 2005. Caso deseje, você pode baixar uma versão para o .NET 1.1.

 

Figura 1. Download da Enterprise Library

Após realizar o download do arquivo, execute o instalador. Como citado anteriormente, a Enterprise Library fornece o código-fonte, e durante o setup será solicitada a pasta onde você deseja armazenar o código.

No final da instalação, devemos manter selecionada a opção Build Application Blocks. Após finalizar a instalação da aplicação, podemos iniciar a construção de nosso aplicativo. Para iniciar, vamos listar na Tabela 1 o resumo de algumas classes do DAAB.

 

Classe

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?