Artigo .net Magazine 51 - Caso de Uso

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Artigo da Revista .NET Magazine - Edição 51.

Esse artigo faz parte da revista .NET Magazine edição 51. Clique aqui para ler todos os artigos desta edição

Engenharia de Software / Projeto / Análise

Caso de Uso

Do conceito para a prática

 

Olá pessoal, nessa matéria iremos falar sobre Casos de Uso. Como o próprio subtítulo ilustra, iremos ver desde a parte conceitual até utilização prática. Esse artigo será organizado da Seguinte maneira: Introdução, Explicação conceitual, Diretrizes, simbologias da notação, Aplicação Prática. Não irei falar de toda a UML, pois fugiria do escopo do artigo, iremos deixar para outras ocasiões.

Fazer um diagrama de um Caso de Uso não é simplesmente colocar atores e use cases, por isso é importante entender o conceito, para que o Diagrama, a especificação consiga atingir o seu real objetivo dentro de um processo de desenvolvimento de software/sistema. Para complementar o caso de uso veremos como fazer a Especificação do mesmo. Temos que ter em mente que o Diagrama é para termos uma visão mais macro do cenário, e as especificações são para nos mostrar com um pouco mais de detalhamento. Esse detalhamento irá nos auxiliar a fazer o Diagrama de atividade, por exemplo.

 

Nota do DevMan

A Unified Modeling Language (UML) é uma linguagem de modelagem não proprietária de terceira geração. A UML não é uma metodologia de desenvolvimento, o que significa que ela não diz para você o que fazer primeiro e em seguida ou como projetar seu sistema, mas ela lhe auxilia a visualizar seu desenho e a comunicação entre objetos.

Basicamente, a UML permite que desenvolvedores visualizem os produtos de seu trabalho em diagramas padronizados. Junto com uma notação gráfica, a UML também especifica significados, isto é, semântica. É uma notação independente de processos, embora o RUP (Rational Unified Process) tenha sido especificamente desenvolvido utilizando a UML.

É importante distinguir entre um modelo UML e um diagrama (ou conjunto de diagramas) de UML. O último é uma representação gráfica da informação do primeiro, mas o primeiro pode existir independentemente.

 

O que são e para que servem os Casos de Uso"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?