ASP.NET 4.0 - Aplicação em camadas, Page Routing, LINQ e Entity Framework - Parte 2 - .net magazine 70

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (0)  (0)

Este artigo trata de alguns dos novos recursos que acompanham o Visual Studio 2010, como ASP.Net WebForms v4, LINQ to entities, a nova versão do Entity Framework utilizando recursos do C# 4.0. No ASP.Net WebForms 4, iremos tratar de server side paging e page routing, no LINQ iremos fazer consultas sobre as entidades, no Entity Framework v2 iremos modelar nossa camada de dados conceitual/mapeamento/física.

Atenção: esse artigo tem um vídeo complementar. Clique e assista!

[links] ASP.NET 4.0 – Parte 1
ASP.NET 4.0 – Parte 3[/links] [rotulo-curso/] [lead]Do que trata o artigo

Este artigo trata de alguns dos novos recursos que acompanham o Visual Studio 2010, como ASP.Net WebForms v4, LINQ to entities, a nova versão do Entity Framework utilizando recursos do C# 4.0. No ASP.Net WebForms 4, iremos tratar de server side paging e page routing, no LINQ iremos fazer consultas sobre as entidades, no Entity Framework v2 iremos modelar nossa camada de dados conceitual/mapeamento/física

Para que serve

Essas tecnologias têm por objetivo apoiar os desenvolvedores de aplicações centralizadas em dados (data-centric) considerando cenários internet e intranet. Iremos tratar de problemas relacionados à obtenção de dados, disposição e utilização destes dados na camada de apresentação, e ainda trataremos dos novos recursos da camada de apresentação: Routing de páginas e Server Side Paging

Em que situação o tema é útil

Para o desenvolvimento de aplicações para a internet ou intranet, com um mínimo de codificação utilizando Entity Framework e LINQ. stejam estudando ou utilizando o visual studio 2010, para o desenvolvimento de aplicaç.0 e

Resumo do DevMan

Com a vinda do Entity Framework no Visual Studio 2008 e sua nova versão no Visual Studio 2010, temos uma nova ferramenta de programação, que nos apóia em desenvolvermos aplicações “data-centric” focados cada vez mais na necessidade do negócio, aonde nos preocuparmos cada vez menos com todos os detalhes técnicos. Com o Visual Studio 2010, novos recursos estão ao alcance do desenvolvedor. Neste artigo iremos utilizar alguns destes recursos, demonstrando como o Visual Studio 2010 pode acelerar o desenvolvimento de aplicações, com um mínimo de codificação.[/lead]

Na parte anterior deste artigo (edição 69), vimos como configurar o banco de dados da aplicação. Vimos também como criar uma camada de acesso a dados em uma Class Library usando ADO.NET Entity Framework. Nesta segunda parte do artigo, vamos criar uma camada de acesso a dados, utilizando LINQ.

[subtitulo]Criando as classes para que aplicações externas interajam como modelo[/subtitulo]

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?