Gerenciamento de Projetos – Parte 1

Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Para efetuar o download você precisa estar logado. Clique aqui para efetuar o login
Confirmar voto
0
 (1)  (0)

Este artigo é a primeira parte de uma série que visa explicar o gerenciamento de projeto e os cinco grupos de processos abordados no guia PMBOK.

Artigo do tipo Tutorial
Recursos especiais neste artigo:
Contém nota Quickupdate, Conteúdo sobre Engenharia,
Artigo no estilo Curso Online.
Gerenciamento de Projetos com base no PMBOK
O termo gerenciamento de projetos significa aplicar conhecimentos, ferramentas, habilidades e técnicas às atividades do projeto com a finalidade de atingir seus objetivos. O gerenciamento de projetos é mencionado no guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projeto (PMBOK), o qual contém quarenta e dois processos agrupados em cinco grupos: iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle e encerramento. Diante disso, este artigo é a primeira parte de uma série que visa explanar o gerenciamento de projeto e os cinco grupos de processos abordados no guia PMBOK.


Em que situação o tema é útil
O tema é útil a todas as equipes de software que desejam aplicar práticas de gestão de projetos no seu dia-a-dia, auxilia estas equipes na aplicação das boas práticas contidas no Guia PMBOK.

O Gerenciamento de Projetos (GP) é uma área de atuação e conhecimento que vem ganhando cada vez mais importância nos últimos anos. Um dos principais responsáveis pela importância do gerenciamento de projetos e pela profissão de gerente de projeto é o Instituto de Gerenciamento de Projetos (PMI – Project Management Institute).

O PMI é uma instituição internacional sem fins lucrativos que visa formular padrões profissionais de gestão de projetos, gerar conhecimento por intermédio da investigação e propor a gestão de projetos como profissão através de seus programas de certificação. O PMI é responsável pelo Código de Ética e Conduta Profissional e pelo Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK).

O Código de Ética e Conduta Profissional orienta os praticantes de gerenciamento de projetos e descreve as suas expectativas. Ele exige que os profissionais demonstrem compromisso com a conduta ética e profissional. A aceitação do código é um requisito para a certificação Profissional de Gerenciamento de Projetos (PMP) do PMI.

O Guia PMBOK é uma norma reconhecida para a profissão de Gerenciamento de Projetos. O guia é um documento formal que descreve métodos, normas, processos e práticas estabelecidas, sendo distribuído por capítulos, onde nos dois primeiros capítulos temos a introdução aos principais conceitos de gerenciamento de projetos, no capítulo três temos o padrão para o gerenciamento de projetos e nos capítulos quatro a doze temos o guia para o conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos.

Objetivo de Guia PMBOK

A crescente aceitação do gerenciamento de projetos indica que aplicar habilidades, conhecimentos, ferramentas e técnicas de forma adequada pode trazer um impacto significativo para o sucesso do projeto. O Guia PMBOK identifica esse subconjunto do conjunto de conhecimento conhecido como boas práticas em gerenciamento de projetos.

Uma boa prática não significa que o conhecimento descrito precisa ser aplicado de maneira uniforme em todos os casos, mas sim, que existe um consenso geral de que a aplicação correta dessas habilidades, ferramentas e técnicas pode aumentar as chances de sucesso em projetos.

Como referência básica o PMBOK não é completo, é mais um guia que uma metodologia e em seu uso é possível aplicar metodologias e ferramentas distintas para implementar a estrutura do projeto.

Projeto

Define-se projeto como um esforço temporário para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. A sua natureza temporária informa que ele tem um início e término definidos. O término é alcançado quando seus objetivos são atingidos (sucesso), quando não podem ser atingidos (insucesso) ou quando a necessidade que originou o projeto deixa de existir (insucesso). O termo temporário não significa necessariamente de curta duração.

Projeto não é o mesmo que programas e portfólios. Um programa é um conjunto de projetos relacionados que não teria sentido se fossem gerenciados individualmente, já o portfólio é um conjunto de componentes que podem ser gerenciados individualmente dentro de um projeto.

Cada projeto cria um serviço, produto ou resultado exclusivo, por exemplo, prédios são construídos com materiais idênticos pela mesma equipe, mas cada prédio é exclusivo, já que estão em diferentes locais, diferentes projetos, com outros fornecedores e utilizam diferentes materiais.

Outros exemplos de projetos incluem, mas não se limitam a:

· Realizar uma mudança de estrutura, pessoal ou estilo de uma organização;

· Desenvolvimento ou aquisição de um software;

· Construção de prédios ou infraestrutura;

· Implementação de um novo procedimento dentro de uma organização.

Um projeto possui também outras características:

· Sequência lógica e clara de eventos;

"

A exibição deste artigo foi interrompida :(
Este post está disponível para assinantes MVP

 
Você precisa estar logado para dar um feedback. Clique aqui para efetuar o login
Receba nossas novidades
Ficou com alguma dúvida?